‹ voltar



O GRANDE SELO DE DEUS – Proteção revelada por Jesus para este final dos tempos

Revelações ao vidente Barnabé Nwoye.

Sobre o vidente:

Barnabé Nwoye, da remota aldeia de Olo, no estado de Enugu State, Nigéria, com uma longa história de devoção à Virgem Maria, recebeu mensagens de Cristo, da Virgem Maria e dos Anjos, sobre uma nova devoção ao Preciosíssimo Sangue de Jesus, como forma de suster o "castigo" que há de vir. As mensagens receberam o Nihil Obstat do reverendo Stephen Obiukwu, uma autoridade arquidiocesana, e um livro de orações, ditadas por Jesus a Barnabé, recebeu o Imprimatur do Bispo Ayo Maria Atoyebi de Illorin.

A Devoção ao Preciosíssimo Sangue - o centro da revelação - foi estabelecida na diocese e é recitada cada quinta-feira. A Devoção remonta a uma freira francesa chamada Marie Tyler, que morreu em odor de santidade em 1907, e tinha profetizado que a vitória final da Igreja sobre as forças das trevas seria apoiada pela devoção às cinco Chagas de Jesus e ao Seu Precioso Sangue. Esta profecia foi relacionada às revelações de Nwoye, cujas mensagens começaram em 1995, quando ele ouviu uma voz:

"Estava eu a preparar-me para um exame, quando ouvi uma voz que me chamava:
Barnabé, Barnabé... Eu virei-me para ver quem me estava a chamar e não via ninguém. Olhei para o relógio, eram as 3:01 pm. Fiquei intrigado com o chamamento, quando nesse instante eu comecei a ouvir uma canção: Sangue de Jesus. Depois de terminar a oração, a música repetiu-se. Então eu ouvi o segundo chamamento:

"Barnabé, consola-Me, adora o Meu Sangue... Eu sou Jesus Cristo Agonizante".

De acordo com Barnabé Nwoye, Jesus pediu a Devoção em reparação pelos pecados da humanidade. O vidente disse que foi-lhe dado um rosário do Preciosíssimo Sangue e que Jesus lhe disse que as orações e invocações que o acompanhava trazia 12 promessas incluindo a proteção contra a morte súbita, uma indulgência por quatro anos, e a libertação das almas do purgatório. O rosário possui 12 contas, ao invés da usual dezena, representando as 12 tribos de Israel.

"Quando se reze este rosário, o Meu Precioso Sangue converterá a todo o Israel, o que significa o mundo inteiro", disse Jesus. "Toda vez que se reze o Pai Nosso e Ave-Maria no Rosário, se honram as Místicas Chagas, as dores e o Preciosíssimo Sangue dos Corações Agonizantes do Filho e de Sua Mãe. Garanto-vos que muitas feridas serão curadas. A Misericórdia do Pai se multiplicará. O Espírito Santo descansará sobre vós, e o Meu Sangue Precioso fluirá."

Barnabé diz que Jesus se queixou especificamente sobre o aborto, a ganância, o materialismo, a injustiça social, o ocultismo, e, sobretudo, a luxúria, todas estas coisas existentes no mundo de hoje. O sangue dos não-nascidos "comove o Céus, mais até do que o sangue de Abel", relata o vidente dizendo que são palavras de Jesus. Jesus também se lamentou pelas práticas modernas na Igreja, tais como a Comunhão na mão, a distribuição da Eucaristia por leigos, a música alta e do bater ruidoso das palmas.
A comissão designada para estudar as aparições aprovou a Devoção e o Rosário, sobre os quais Jesus disse a Nwoye que através destes "realizaria grandes milagres." Um relatório britânico disse que uma mulher cujo bebê morreu no seu ventre, e que tinha programada uma cirurgia para remover o feto, depois de rezar o Rosário ao Preciosíssimo Sangue, os médicos descobriram que o bebê (uma menina) estava vivo, não apenas sobreviveu, mas que já tinha seis anos.
Outras orações que foram dadas a Nwoye, têm o foco na adoração de Jesus, que nos vai proteger contra tempestades, raios e outras coisas durante o que o vidente diz ser uma tribulação.
Esta Devoção também oferece proteção dos cinco sentidos corporais. Inclui também orações que Jesus orou enquanto estava suspenso na Cruz da sua agonia. No total, 11 orações místicas derivadas das visões, que diz serem efetivas para servir de Batismo aos bebês abortados, de proteger os fiéis das faltas na fé, dos pecados da carne, de maldições ancestrais, e de danos durante o "castigo final".
Algumas das orações são para ser recitadas durante o período chamado a Hora do Getsémani (uma hora destinada entre quinta-feira às 23:00h até 03:00h de sexta-feira) Esta devoção é a que é realizada na Diocese de Kwara.


"Estou sempre no Getsémani, por causa da hora que se aproxima, a hora terrível, tão terrível e assustadora, Meus filhos", diz Jesus. "Meus filhos... quantos irão sobreviver?. Permanecei comigo no Getsémani, para não fraquejarem quando chegar a hora."


A "última misericórdia", assegura o vidente, é um "grande selo" do Preciosíssimo Sangue, que protegerá do "anticristo"- o Selo do Sangue contra o selo do mal. Nosso Senhor, explicou que neste tempo do mal, Ele desejava criar um tabernáculo vivo nas nossas almas, para vencer a secura espiritual que virá. "Durante o Grande Castigo, muitos serão testados quanto à sua fidelidade a Deus, e aqueles que não tiverem a graça suficiente, cairão".
O Céu deseja unir esta Devoção ao Preciosíssimo Sangue de Jesus às devoções mais antigas, tais como a do Sagrado Coração de Jesus, a Divina Misericórdia, e da Medalha Milagrosa, em preparação para as potenciais calamidades. Barnabé também argumenta que através do Crucifixo de Jesus Agonizante com o sangue jorrando das suas feridas, também seremos protegidos... Ele afirma que esse Crucifixo tem um especial poder contra o mal...

A Sma. Virgem Maria disse ao vidente que durante a tribulação, é importante fazer: "reparação, reparação, reparação", repetindo a mensagem de Fátima.
Através desta grande Devoção, Deus deu a Seu resto fiel uma arma para derrotar os poderes do inferno. Todos os dons celestes, tais como a Santa Missa, a confissão, o Rosário da Virgem Maria, e o Preciosíssimo Sangue, devem ser usados nestes tempos de tribulação.

 


O GRANDE SELO DE DEUS

Um tabernáculo vivo nos nossos Corações

(Revelação recebida no dia 11 de Dezembro de 1998)

Através da história, Deus usou o selo para marcar os seus escolhidos ou o seu povo remanescente. Na antiguidade, antes dos Israelitas saírem do Egito, foram instruídos pelo Senhor através de Moisés, para que aspergissem os umbrais das suas casas com o sangue dos cordeiros. Este sangue servia como um “Selo” para os proteger do Anjo da Morte, enviado para castigar os Egípcios (Êxodo 12, 21-28). Um selo no sentido espiritual, é a proteção de uma alma contra os ataques diabólicos de Satanás e os seus agentes, dando-lhe a força para permanecer fiel na fé.

Através desta devoção, o plano de Nosso Senhor foi o de salvar a toda a humanidade do grande castigo que se aproxima (Mateus 24). As mensagens dadas a Barnabé Nwoye deixam claro que o homem já chegou à hora esperada, quando vai estar ou com Deus ou contra Deus. Agora o Céu concedeu uma nova mensagem de esperança e de proteção. A mensagem é simples: Todos os devotos do Preciosíssimo Sangue podem receber o dom do Selo de Deus Vivo, como uma proteção contra o Anticristo. Este é o mesmo selo que é mencionado no livro do Apocalipse, capítulos 7 e 14.

No dia 11 de Dezembro de 1998, Barnabé teve uma visão de Jesus descendo e segurando um cálice com uma língua de fogo na parte superior do cálice. Raios divinos saiam do cálice. Nosso Senhor disse: “Meus filhos, recebam isto; isto é o meu sangue, o sangue da vossa redenção. Abram os vossos corações para o meu Grande Selo.”

Barnabé viu, em seguida, o santo Cálice multiplicar-se e mover-se dentro dos corações de um grande número de pessoas reunidas aos pés de Jesus. Nosso Senhor continuou: “Meus filhos, a hora que chegará em breve, é muito terrível e aterradora. Quem sobreviverá a ela? Isto é o que Me motivou a vir até vós e construir o tabernáculo do meu amor. Para que, quando chegar a hora, os vossos corações não estejam secos. O gozo da minha glória continuará florescendo dentro de todos os corações nos quais Eu construirei o meu tabernáculo de amor. Eu deixarei o oceano do meu Precioso sangue fluir constantemente dentro de vossos corações, até mesmo na hora de maior aridez, que breve acontecerá à humanidade.”

A Barnabé foi-lhe dado entender então que, Nosso Senhor ao fazer isto estava a selar os seus seguidores. Ele viria e verdadeiramente viveria nos seus corações para os consolar e fortalecer nos dias malignos que viriam. O Senhor continuou a dizer: “Meus filhos, tragam as criancinhas até Mim durante estas horas do Grande Selo; Eu as amo. Eu as salvarei. Ouçam, filhos meus, temos três grandes meses de Selos, em breve chegará a hora…”

A Barnabé foi-lhe dado três períodos especiais, durante os quais os anjos de Deus viajariam pela terra para renovar o Selo nos devotos entre as 12h e as 15h, as horas que o Senhor sofreu durante a sua paixão.

Todas as sextas feiras do mês de DEZEMBRO e a 1.ª sexta-feira de Janeiro. 

Todas as sextas feiras do mês de ABRIL e a 1.ª sexta-feira de Maio.

Todas as sextas feiras do grande mês de JULHO (O mês dedicado ao Preciosíssimo Sangue)

Aos devotos que receberem o Selo, será dada fortaleza e graça para que não se apressem em obter a marca da besta (666) sem o qual ninguém poderá operar no mundo ímpio (Ap. 13, 16-17). Estes devotos com o Selo do Preciosíssimo Sangue resistirão ao ensinamento do anticristo e serão resgatados do poder da besta (Ap. 13, 13-14), para serem os remanescentes de Deus (Sofonias 3, 12-13). Nenhum mal pode atacar um filho de Deus selado, porque Cristo vive nele. Uma alma selada goza da distintiva proteção divina. Isto é o cumprimento da profecia de Ezequiel sobre o SELO PROTETOR DE DEUS (Ezequiel 9, 1-7).

Vale a pena notar que há diferentes tipos de Selo. Algumas almas são seladas para resistirem à Grande Tribulação, com grandes variantes de perseguição. Outras são seladas para passar através dela com praticamente nenhuma perseguição, especialmente se elas estão a viver uma vida rígida de mortificação. Outras são seladas para morrer heroicamente, para a glória de Deus Pai, da mesma maneira que os grandes mártires da Igreja primitiva. Estas manifestações do Selo serão evidentes durante a purificação ou castigo.

Nosso Senhor explicou a Barnabé, no dia 9 de Julho de 1999, como as Hostes Celestes rodeiam uma alma selada. “Regozija-te, ó Jerusalém, porque em ti o tabernáculo do meu amor foi edificado. O oceano do meu Preciosíssimo Sangue fluirá e renovará o mundo. Vós estais rodeados por hostes de anjos celestes, os quais vos cuidarão dia e noite. Ninguém tem o poder para vos destruir outra vez.”

Para receber o Selo de Deus Vivo um devoto deve: Tratar de fazer durante cinco meses consecutivos a HORA DO GETSÉ- MANI, e as orações diárias da devoção em espírito de mortificação, ser um devoto fiel e dedicado à devoção.

Fazer uma novena, nove dias antes de receber o Selo. A novena pode ser feita rezando o rosário do Preciosíssimo Sangue e a ladainha, ou outras orações. Fazer uma boa confissão e um retiro se possível. Ser consagrado, na terceira sexta-feira de qualquer mês e nos períodos especificados nas “HORAS DO SELO”, então numa missa votiva do Precioso Sangue, os devotos fazem a sua consagração e total dedicação ao Precioso Sangue de Jesus Cristo, na qual o sacerdote confirma com a sua bênção suplicando ao Senhor o selo do seu Precioso Sangue para os consagrados. Se por alguma razão a consagração não puder ter lugar nas horas específicas, então poderá estabelecer outra hora. Qualquer sacerdote pode fazer esta consagração. Aqui o devoto apresenta-lhe o Crucifixo Agonizante e o crachá.

É também uma boa prática renovar o Selo de Deus vivo frequentemente, para recordar ao devoto o que Nosso Senhor requer dele com esta chamada à santidade. A renovação consiste em observar as horas do Selo, permanecendo em atitude de silêncio e oração durante estas horas do selo, das 12h às 15h, sempre que os seus deveres o permitirem, em qualquer sexta-feira do ano. Quando um devoto cai no pecado, devem primeiro confessar-se e comungar para voltar ao estado de graça, antes de procurar renovar o selo. Os anjos renovam o Selo onde estiver, em casa, no trabalho, na escola, etc. O que importa é que esteja consciente e com uma atitude piedosa – tudo o que fizer nestas horas deverá fazê-lo em perfeito amor a Deus, esforçando-se para recordar a Sagrada Paixão de Cristo.

Nosso Senhor disse a Barnabé no dia 6 de Julho de 2000: “Rezem e observem a HORA DO SELO que vos dei. Confessem os vossos pecados a um sacerdote com o coração sincero e arrependido. E fareis uma verdadeira renovação do Selo. Eu visitarei as vossas almas com a minha graça santificante durante a Hora do Selo. Eu deixarei que a minha luz divina tire a escuridão das vossas almas. Eu as purificarei. Eu viverei ali em plenitude. Quando o inimigo de minha santa morte vier, Eu o protegerei. Ele não destruirá o meu templo, porque a glória de Deus vive ali em plenitude.”

Agora é o momento para ti e para todos os que tu amas de receberem o Selo de Deus Vivo como proteção contra o anticristo e a marca da besta! A renovação da consagração e total dedicação ao Precioso Sangue de um grupo de oração ou pessoa individual e obtenção da rosa da perfeita pureza é o próximo nível para a Santidade que é concedido aos devotos consagrados, fiéis às orações diárias do Precioso Sangue e GETSÊMANI de quinta-feira durante três anos sem interrupção. Deve ser realizada na terceira sexta-feira do mês entre as 12 e as 15 horas se possível, ou noutro dia conveniente, é importante renovar este ato periodicamente dado que é um verdadeiro ato penitencial que muito pode contribuir para a verdadeira pureza e santidade a que somos chamados.

 

Fonte: http://preciosissimo-sangue-de-jesus.simplesite.com/446687293

Busca


Domingo, 20 de Setembro de 2020







Acessos



Rainha Maria

Mulher Vestida de Sol