‹ voltar



Autoridades dos EUA relatam mais reações alérgicas graves às vacinas COVID-19

 

06-01-2021

 

(Reuters) - O Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA (CDC) disse na quarta-feira que está monitorando cuidadosamente as reações alérgicas às vacinas contra o coronavírus da Pfizer Inc e da Moderna Inc e exortou os indivíduos que tiveram uma reação séria a não tomarem a segunda dose.

Em uma conferência telefônica com repórteres, a agência de saúde pública dos Estados Unidos disse que as reações alérgicas estão ocorrendo a uma taxa de 11,1 por 1 milhão de vacinas. Isso em comparação com as vacinas contra gripe, nas quais tais reações ocorrem a uma taxa de 1,3 por 1 milhão de doses.

Os funcionários do CDC disseram que 28 pessoas que receberam a vacina contra o coronavírus desenvolvida pela Pfizer e pela BioNTech tiveram reações alérgicas graves. Eles também notaram um caso de anafilaxia, que pode causar inchaço da garganta e dificuldade respiratória, após um indivíduo ter recebido a vacina de Moderna.

As autoridades atribuíram a diferença em grande parte ao fato de que a vacina Pfizer/BioNTech foi autorizada antes da vacina Moderna, e disseram que as precauções se aplicam a ambas.

Um estudo publicado na quarta-feira no relatório semanal do CDC sobre morte e doença, analisando os casos entre 14 e 23 de dezembro, identificou 21 casos de anafilaxia após a administração de 1.893.360 doses da vacina Pfizer/BioNTech. Destes, 71% ocorreram nos primeiros 15 minutos após a administração da vacina.

O regulador médico britânico disse que qualquer pessoa com histórico de anafilaxia, ou reações alérgicas graves a um medicamento ou alimento, não deveria receber a vacina Pfizer/BioNTech.

 

Fonte: https://www.reuters.com/article/us-health-coronavirus-vaccines-allergy-idUSKBN29B2GS

 

Jesus disse: "Meu povo, os vossos médicos estão usando vários meios para reduzir o número de mortes por este vírus. O vírus atual não está matando muitas pessoas, mas as novas nanovacinas serão mais mortais do que essa doençaEssas nanovacinas vão atacar o seu DNA e o seu sistema imunológico. Recusem-se a tomar essas vacinas, mesmo que ameacem matá-los ou perderem os seus empregos. As vacinas e o vírus da China são um meio para o Estado profundo reduzir a população do mundo. Bill Gates e os líderes do Estado profundo estão por trás dessas vacinas, e elas matarão muitas pessoas. Também haverá um vírus mais mortal, e o estado profundo irá desenvolver uma vacina mais mortal que irá continuar a causar mais cadáveres à vossa volta, como vos mostrei em visões anteriores. Quando esse vírus mortal estiver para se espalhar, Eu avisarei o Meu povo, e chamarei o Meu povo para sair rapidamente para a proteção dos Meus refúgios." (Jesus ao profeta John Leary, em 03-12-2020)


Busca


Domingo, 24 de Janeiro de 2021







Acessos




Mulher Vestida de Sol