‹ voltar



A mensagem de Fátima: Um grande sinal no céu que marca o início do fim dos tempos e uma previsão de apostasia na Igreja

Lúcia, Francisco e Jacinta de Fátima.Lúcia, Francisco e Jacinta de Fátima.

 

 

O P. Mario Luigi Ciappi, teólogo papal do Papa Pio XII: ‘No Terceiro Segredo [de Fátima] é predito, entre outras coisas, que a grande apostasia na Igreja começará pelo topo [1] .

A mensagem e o milagre de Nossa Senhora de Fátima, em 1917, é um dos maiores eventos da história da Igreja Católica. Desde o milagre de Fátima, que ocorreu em 13 de outubro de 1917, que estava previsto para acontecer no início e realizada na presença de cerca de 100.000 pessoas, é, provavelmente, depois da Ressurreição, o maior milagre na história da Igreja. O milagre de Fátima e sua mensagem também tem uma enorme importância para o nosso tema: a verdade do que realmente aconteceu com a Igreja Católica após o Concílio Vaticano II. Efetivo 13 de maio de 1917, a Mãe de Deus apareceu seis vezes para Jacinta (7 anos), Francisco (9) e Lucia (10 anos), em Fátima, Portugal. A Santíssima Virgem disse às crianças a rezar o terço todos os dias, mostrou-lhes o inferno, e também profetizou a Segunda Guerra Mundial e a expansão do comunismo (‘os erros da Rússia’), entre outras coisas.

A visão do inferno mostrado por Nossa Senhora de Fátima para as crianças: ‘Ao dizer estas palavras, Nossa Senhora abriu as mãos novamente como nos dois meses anteriores. Reflexão [eles irradiando luz] pareceu penetrar a terra, e viu como um grande mar de fogo e mergulhados nesse fogo, os demônios e as almas, como se fossem transparentes braças negras, ou bronzeadas, em forma humana, flutuando no fogo realizado pelas chamas que delas mesmas saíam juntamente com nuvens de fumo, caindo para todos os lados, como as faíscas que caem nos grandes incêndios, sem peso nem equilíbrio, entre gritos e gemidos de desespero que horrorizava e fazia estremecer de pavor (pessoas disseram que era durante a cena quando eu comecei a lamentar.) Os demônios distinguiam-se por suas formas horríveis e asquerosas de animais espantosos e desconhecidos, mas transparentes como negros carvões em brasa. Esta visão durou apenas um instante, e foi graças à nossa Mãe do céu, que tivemos a primeira aparição prometeu nos levar para o céu, você não morrer de terror e medo.‘ [2].

‘Você já viu o inferno onde vão as almas dos pobres pecadores. Para as salvar, Deus quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração’, disse Nossa Senhora.

13 de Julho de 1917, Nossa Senhora também disse às crianças que a 13 outubro, ela ia fazer um grande milagre para que todos possam acreditar:

‘Lucia disse, 'Eu queria pedir-lhe para nos dizer quem é e o que faz um milagre para que todos acreditem que Vossemecê nos aparece!'. ‘'Continue vindo aqui todos os meses’, disse a senhora. ’ Em outubro direi quem eu sou e o que eu quero, e vou fazer um milagre quando todos devem ver para crer ' ’ (Nossa Senhora de Fátima, Julho 13, 1917).

Porque as crianças haviam anunciado meses antes que a Senhora iria fazer um milagre no dia 13 de outubro daquele ano, cerca de 70.000 a 100.000 pessoas foram para Fátima para testemunhar o milagre profetizado. Também foram muitos incrédulos para zombar, acreditando que a profecia do milagre não aconteceria. No entanto, até a imprensa secular, de fato, confirmou que houve o Milagre do Sol, como predito pelas crianças e por Nossa Senhora. Este milagre surpreendeu a multidão presente, converteram-se incrédulos rígidos, incluindo ateus e maçons, e milhares foram confirmados na fé católica.

 

Multidão testemunhando, em 13 de outubro de 1917, o milagre profetizado por Nossa Senhora.Multidão testemunhando, em 13 de outubro de 1917, o milagre profetizado por Nossa Senhora. n/d

Tal foi o Milagre do Sol, que surpreendeu e chocou um público de mais de 70.000 pessoas em Fátima em 13 de outubro de 1917. Um breve exame do milagre foi de fundamental importância para revelar: A verdade sobre o que realmente aconteceu com a Igreja Católica após o Concílio Vaticano II.

Crianças de Fátima, logo após a visão do inferno ... pode ser visto em seus rostos aterrorizados a verdade de suas palavras, que se não tivessem sido prometido o céu, eles teriam morrido de medo como o inferno.Crianças de Fátima, logo após a visão do inferno ... pode ser visto em seus rostos aterrorizados a verdade de suas palavras, que se não lhes fosse prometido o céu, eles teriam morrido de medo com a visão do inferno.

‘O sol estava fixo no auge claro como um grande sol bandeja de prata brilhando como qualquer que tinham visto, no entanto, eu poderia olhar para a direita, sem bloquear a vista, e uma satisfação única e encantadora. Isso durou apenas alguns instantes. Enquanto estavam a observá-lo, o sol começou a ‘dançar’: essa foi a palavra que todos os observadores aplicaram ao fenômeno. Primeiro você transformar rapidamente vi que a roda gigante de fogo. Depois de um tempo ele parou. Em seguida, virou-se com a velocidade da luz, assustador, sobre si mesmo. Finalmente, apareceu na borda uma franja carmesim que espalhou pelo céu, chamas vermelhas irradiando raios de sangue, como se de um turbilhão infernal, refletindo sobre a terra, as árvores e arbustos em seus rostos virados para cima e trajes, uma série de cores vivas: verde, vermelho, laranja, azul-violeta, em todo o espectro, em suma. Girando loucamente sob essa aparência, por três vezes, a esfera de fogo pareceu tremer, estremecer e depois jogado de cabeça em grande zig-zag no meio da multidão. ‘Um tremendo grito veio dos lábios de milhares de pessoas aterrorizadas, que se ajoelhavam acreditando que tinha chegado o fim do mundo. Alguns disseram que o ar estava mais quente naquele momento, não havia sido surpreendido se tivesse explodido em chamas, envolvendo e consumindo ‘ [4] .

‘Na verdade, em todo Portugal, a imprensa anticlerical foi forçada a testemunhar da mesma maneira. Houve um acordo global sobre o essencial do que aconteceu. Como o Dr. Domingos Pinto Coelho escreveu em O Ordem, 'O sol, às vezes cercado de chamas vermelhas, às vezes brilhantes com amarelo e vermelho, outras vezes parecia girar com rotações em movimento muito rápido, ainda mais, parecia saltar para fora do céu, e mais perto da terra ... '‘ [5] .

Durante o milagre do sol foi visto correndo sobre a terra e as pessoas pensavam que o fim do mundo havia chegado. O significado deveria ser óbvio: Fátima é um sinal apocalíptico, foi um sinal de que o fim estava próximo, eles iriam iniciar os eventos que antecederam a culminância do mundo e a segunda vinda de Jesus Cristo. Os homens devem alterar suas vidas antes que ele atinja o verdadeiro fim do mundo.

Com base em algumas dessas considerações, muitos concluíram que Nossa Senhora de Fátima é a Mulher Vestida de Sol, conforme descrito no Capítulo 12, Apocalipse 1:

 

‘E um grande sinal no céu: uma mulher vestida do sol, tendo a lua debaixo dos seus pés e na cabeça uma coroa de doze estrelas’ (Ap 12, 1).

 

Os videntes de Fátima também informaram que Nossa Senhora era feita toda de luz - que era mais brilhante que o sol. É uma prova muito forte de que Nossa Senhora de Fátima é a mulher vestida do sol profetizada em Apocalipse, capítulo 12. Na verdade, esta é uma confirmação impressionante que a aparição de Nossa Senhora de Fátima foi o cumprimento da profecia de Apocalipse sobre a mulher vestida com o sol.

O jornal maçônico, O Século, sensacionalmente confirmado, mesmo sem saber que Nossa Senhora era a mulher vestida com o sol que descreve o Apocalipse 12: 1.

n/d

O Milagre do Sol, feito por Nossa Senhora de Fátima teve sua ocorrência relatada por jornais anticatólicos em todo Portugal. O liberal, anticlerical e maçônico de Lisboa, O Século mandou seu editor-chefe, Avelino de Almeida, para informar sobre o evento. Para seu crédito, ele relatou honestamente sobre o prodígio solar. Chamamos a atenção para o título do artigo [Avelino] que foi publicado em O Século em 15 outubro de 1917. Dando contas de evento extraordinário em Fátima 13 de outubro, seu artigo, em O Século de 15 outubro, foi intitulado:

‘Como já dançou o sol ao meio-dia em Fátima. As aparições da Virgem. - O sinal do céu. - Milhares de pessoas declará-lo um milagre. - Guerra e Paz ‘ [6] .

Por favor, note que o jornal maçônico anticlerical descreveu o evento de Lisboa e Fátima Milagre do Sol como ‘um sinal do céu.’ Isso soa familiar?

Rev. 12, 1: ‘E um grande sinal no céu : uma mulher vestida do sol , tendo a lua debaixo dos seus pés e na cabeça uma coroa de doze estrelas'.

Devemos acreditar que o jornal maçônico de Lisboa tinha em mente Apocalipse 12, 1 quando este artigo foi publicado logo após o prodígio solar de 1917? Será que estes anticlericais estavam considerando a possibilidade de que o aparecimento de Nossa Senhora era uma mulher vestida com o sol e o ‘sinal do céu’ descrito na Bíblia? Claro que não, nem mesmo os católicos naquela época havia relacionado o caso de Fátima com a mulher vestida com o sol, muito menos o anticlerical nem mesmo acreditava na Sagrada Escritura ou provavelmente nem sabia sobre a profecia do Apocalipse. 12 1! Então, esse título é a confirmação, a partir de uma fonte pública e anticatólica, de que Nossa Senhora de Fátima e seu milagre de 13 de Outubro foi, de fato, o sinal profetizado em Apocalipse 12, 1!

É quase como se fosse perguntar a Deus: Senhor, como vamos saber quando será o grande ‘sinal do céu’ que profetizastes em Apocalipse 12: 1? E o Senhor respondeu: Basta ler o título maçônico, pois quando ocorre este sinal, ele será relatado até lá.

Este fato surpreendente, não só serve para confirmar que Nossa Senhora de Fátima é a mulher vestida do sol do Apocalipse. 12.1, mas também confirma a autenticidade da fé católica e da Sagrada Escritura.

Assim, para finalmente completar o nosso ponto sobre Fátima e sua ligação com o que aconteceu na Igreja Católica após o Concílio Vaticano II, podemos dizer, uma vez que o sinal de Fátima foi profetizado no Apocalipse. 12, 1, isso significa que estamos na era apocalíptica, nos últimos dias do mundo.

Fátima, sinal Rev.. 12, 1, e o grande dragão vermelho (comunismo), o sinal Rev.. 12, 3, ambos foram feitas em 1917.

Proporcionar mais apoio para a ideia de que Fátima foi o ‘sinal’ de Apocalipse 12, 1, é o fato de que o Apocalipse fala do ‘grande dragão vermelho’ apenas dois versos depois. A Escritura parece indicar que ambos aparecem na cena ao mesmo tempo.

Apocalipse 12, 3-4: ‘E viu-se outro sinal no céu, e vi um grande dragão vermelho, que tinha sete cabeças e dez chifres, e sobre as suas cabeças sete coroas. Com sua cauda arrastava a terça parte das estrelas do céu e as lançou para a terra’.

Muitos comentaristas acreditam que o ‘grande dragão vermelho’ é o comunismo, porque o comunismo é, sem dúvida, associado com a cor vermelha, e foi responsável pelo assassinato de mais de 20 milhões de pessoas só na Rússia. De acordo com Vladimir Lenin, os bolcheviques tomaram a Rússia ao comunismo, obtendo uma vitória significativa do comunismo faria um mundo de poder em 7 de novembro 1917 , logo após as aparições de Nossa Senhora de Fátima, que havia alertado sobre a propagação do ‘ os erros da Rússia ‘ [7] . Ainda hoje falamos da China comunista como ‘China Vermelha’. A revolução comunista na China foi realizada pela primeira vez por homens carregando ‘bandeiras vermelhas enormes, dezenas de milhares de bandeiras vermelhas, e um monte de balões vermelhos voando sobre eles’[8] . A evidência de que o ‘grande dragão vermelho’, descreve o império comunista é suficientemente forte.

n/d  

Também é muito interessante que o grande dragão vermelho chamou a terça parte das estrelas do céu:

Apocalipse 12, 3-4: ‘E viu-se outro sinal no céu, e vi um grande dragão vermelho, ... com sua cauda arrastava a terça parte das estrelas do céu e lançou-as sobre a terra'.

É apenas uma coincidência que o comunismo em seu auge, apresentou um terço do mundo em suas garras?

Warren H. Carroll, The Rise and Fall of a Revolução Comunista, p. 418: ‘Quando Joseph Stalin entrou no vale da sombra da morte o movimento comunista internacional levou, passou um terço do mundo em suas garras ’ [9] .

Irmã Lúcia de Fátima disse ao Padre Fuentes, em 1957, estamos nos últimos tempos

Irmã Lúcia.Irmã Lúcia.

Um dos três videntes de Fátima, a Irmã Lúcia disse ao Padre Fuentes em 1957:

‘Pai, a Virgem me disse que estávamos nos últimos tempos do mundo, mas ela me deu a entender, por três razões. A primeira razão é porque ela me disse que o demônio está travando uma batalha decisiva contra a Virgem. E uma batalha decisiva é a batalha final, onde você vai saber qual partido é vitorioso, e que o partido é a derrota. Então, agora, ou de Deus, ou do diabo, não há meio-termo. 
‘A segunda razão é porque ela disse aos meus primos e eu: foram os dois últimos remédios que Deus deu ao mundo, o Santo Rosário e devoção ao Imaculado Coração de Maria. E, sendo os últimos remédios, isso significa que eles são os últimos, e que não vai haver mais.  
‘A terceira razão é porque sempre nos planos da Divina Providência, quando Deus para castigar o mundo, esgota todos os outros remédios, e quando viu que o mundo não ouviu nenhum deles, então, como se a dizer em nossa maneira imperfeita de falar, ele nos presenteia com um certo receio o último meio de salvação, Sua Mãe Santíssima. É com alguma apreensão, pois se você desprezar e repelir este último significa que não terá perdão do Céu, porque cometemos um pecado que o Evangelho chama pecado contra o Espírito Santo, que é rejeitar abertamente, com pleno conhecimento e consentimento, a salvação que Ele oferece. Lembre-se que Jesus Cristo é o filho muito bom e não permite que ofendam e menosprezem Sua Mãe Santíssima, com o claro testemunho da história de vários séculos da Igreja, com o terrível castigo sobre aqueles que atacaram a honra de sua Mãe Santíssima, nos indica como o nosso Senhor sempre sai em defesa da honra de Sua Mãe Santíssima ‘ [10] .

Como já foi discutido, a principal característica dos últimos tempos é uma apostasia da fé católica. Em ‘o lugar santo’ (Roma), será ‘a abominação da desolação’ (Mt 24, 15), e haverá uma decepção tão profunda que, se possível, até os escolhidos serão enganados (Mt 24, 24). O Novo Testamento nos diz que a enganação vai acontecer no coração das estruturas físicas [instituições] visíveis da Igreja, no ‘templo de Deus’ (2 Ts. 2, 4). Isso acontece porque as pessoas não receberam o amor da verdade (2 Ts. 2) (11). Esta é precisamente a razão pela qual as últimas palavras que Nossa Senhora de Fátima nos deu no grande segredo de 13 julho de 1917 são:

‘Em Portugal se conservará sempre o dogma da fé, etc’

Estas são as últimas palavras dadas antes de iniciar o não revelado Terceiro Segredo de Fátima. A partir disso, os estudiosos de Fátima concluíram que o terceiro segredo, sem dúvida, refere-se a uma crise espiritual e apostasia em massa da fé católica entre aqueles que buscam posições de autoridade na Igreja.

Como não sabemos a frase completa das últimas palavras de Nossa Senhora na mensagem que ela deu em julho de 1917, não podemos dizer com certeza o que eles querem dizer, mas a frase poderia ser: ‘Em Portugal, o dogma sempre manter a fé em um remanescente fiel ... ‘, ou  ‘Em Portugal, o dogma sempre manter a fé até a Grande Apostasia ... ‘, ou  ‘Em Portugal, o dogma sempre manter a fé entre aqueles que atenderam minhas advertências... ‘   O terceiro segredo, sem dúvida, é a apostasia atual da seita do Vaticano II. Neste livro, esta documentado com grande detalhe essa apostasia.

Como já foi mencionado no início desta secção, a P. Mario Luigi Ciappi, teólogo papal do Papa Pio XII, disse:

‘No Terceiro Segredo [de Fátima] é predito, entre outras coisas, que a grande apostasia na Igreja começará no topo’.

Outro ‘cardeal’ da Igreja do Concílio Vaticano II incrivelmente admitiu que o Terceiro Segredo é a II apostasia pós-Vaticano II.

‘O Cardeal’ Silvio Oddi: ‘... o Terceiro Segredo [de Fátima] ... há uma suposta conversão da Rússia ... mas refere-se à ‘revolução’ na Igreja Católica’ [12] .

Testemunhos do céu chamado Terceiro Segredo de Fátima foi revelado o mais tardar em 1960 [13]

O cânon Galamba: ’Quando o bispo se recusou a abrir a carta, Lucia o fez prometer que iria abrir e ler ao mundo, seja na sua morte ou em 1960, o que deve ser o mais antigo ‘(A Verdade sobre o segredo de Fátima, Padre Joaquin Alonso, p. 46-47).

John Haffert: ’Na casa do Bispo (Leiria), sentei-me à mesa para a direita, com os quatro cânones. Durante esse primeiro jantar, Canon José Galamba de Oliveira virou para mim quando o bispo saiu da sala por um momento e perguntou: 'Por que você não diz ao bispo para abrir o segredo?'. Cuidado para não mostrar a minha ignorância de Fátima, que na época estava quase completamente apenas olhou para ele sem expressão. Ele continuou: ‘O bispo pode abrir o segredo. Ele não precisa esperar até 1960 ‘ (Querido Bispo! John Haffer, AMI 1981, p. 3-4).

Cardeal Carejeira: Em fevereiro de 1960, o Cardeal Patriarca de Lisboa relatou as instruções que o Bispo de Leiria ‘tinha dado’ sobre o assunto do Terceiro Segredo: ‘Bispo da Silva fechados (o envelope selado por Lucia) em outro envelope o que indica que a carta tem de ser aberta em 1960 pelo próprio Dom José Correia da Silva, se ele ainda estiver vivo, ou se não, pelo Cardeal Patriarca de Lisboa ‘(O que há de novo, 24 de fevereiro de 1960, citado por La Documentation catholique , 19 de junho de 1960, col. 751).

O cânon Barthas: Durante sua conversa com a Irmã Lúcia entre 17-18 outubro de 1946, tive a oportunidade de perguntar sobre o Terceiro Segredo. Ele escreve: ‘Quando será revelado a terceira parte do segredo?’. De volta em 1946, eu respondi uniformemente-Lucia e do Bispo de Leiria-a esta pergunta, sem hesitação e sem qualquer comentário: ’Em 1960.’ E quando eu levei a minha audácia ao ponto de perguntar por que é necessário esperar até lá, a única resposta que recebi de um dos dois foi: ‘Porque a Santíssima Virgem assim o quer’ (Barthas, Fátima, Merveille du XXe siècle, p 83, Fatima, as edições de 1952..).

Os Armstrong: Em 14 de maio de 1953, Lucia recebeu a visita dos Armstrong, que foram capazes de fazer perguntas sobre o Terceiro Segredo. Em seu relato publicado em 1955, eles confirmaram que o Terceiro Segredo ‘deve ser aberto e publicado em 1960’ (AO Armstrong, Fátima, a peregrinação para a paz, o trabalho do Mundial, Kingswood, Surrey, 1955).

Cardeal Ottaviani: Em 17 de maio de 1955, o Cardeal Ottaviani, Pro-Prefeito do Santo Ofício, visitou as Carmelitas de Santa Teresa em Coimbra. Ele questionou a irmã. Lucia sobre o Terceiro Segredo, e em sua palestra 1.967 lembrou: ‘A mensagem não era para ser aberta antes de 1960. Perguntei a Irmã Lúcia, ‘ Por que essa data? ‘Ela respondeu:’ Porque, então será mais clara (Mais Claro) ‘(La Documentation Catholique, 19 de março de 1967 col. 542).

O P. Joaquin Alonso, arquivista oficial de Fátima: ’Outros bispos também falaram, e com autoridade sobre o ano de 1960 como a data indicada para abrir a famosa carta. Assim, quando na época o Bispo titular de Tiava, e o bispo auxiliar de Lisboa perguntou a Lucia quando abrir o Segredo, sempre recebeu a mesma resposta: em 1960’(A Verdade sobre o segredo de Fátima , P. Joaquin Alonso, p. 46).

O P. Joaquin Alonso: ’Quando Don José, o primeiro bispo de Leiria, e Irmã Lúcia concordou que a carta deve ser aberta em 1960, obviamente, significava que o seu conteúdo deve ser tornado público, para o bem da Igreja e da mundo ‘( ibid ., p. 54).

Bispo Venâncio’Eu acho que esta carta não será aberta antes de 1960. A Irmã Lúcia foi convidada para não abrir antes de sua morte, ou antes de 1960. Estamos agora em 1959 e a Irmã Lúcia está de boa saúde ‘(A Verdade sobre o segredo de Fátima , Padre Joaquin Alonso, p. 46).

O P. Fontes: Padre Fuentes entrevistou a Irmã Lúcia em 26 de dezembro de 1957, que lhe disse: ‘Padre, a Santíssima Virgem está muito triste porque ninguém presta atenção a sua mensagem, nem os bons nem os maus. O bom continuar em seu caminho, mas sem dar qualquer importância à sua mensagem... Eu ainda não sou capaz de dar quaisquer outros detalhes, porque ainda é um segredo. De acordo com a vontade da Santíssima Virgem, só o Santo Padre e o Bispo de Fátima têm permissão para saber o segredo, mas optaram por não saber para não serem influenciados. Esta é a terceira parte [do Terceiro Segredo] da Mensagem da Virgem, que ficará em segredo até 1960 ‘ (A Verdade sobre o segredo de Fátima , Padre Joaquin Alonso, p. 103-104).

F. Stein: ’Os testemunhos que temos anunciado a revelação do Segredo para 1960 são de tal peso e tão numerosos que, em nossa opinião, mesmo que as autoridades eclesiásticas de Fátima [em 1959, os próprios peritos ainda não tinham conhecimento de que Roma tinha tomado o segredo para Bispo de Leiria ao longo de dois anos] ainda não tinha decidido publicar o secreto em 1960, agora eles são forçados a fazê-lo pelas circunstâncias ‘(NBS de Fátima , julho-agosto de 1959).

O P. Dias Coelho: ’... nós podemos usá-lo como um fato indiscutível, esta declaração do Dr. Galamba de Oliveira (1953), em Fátima, Altar do Mundo: ‘A terceira parte do Segredo foi selada nas mãos de Sua Excelência o Bispo de Leiria, e vai ser aberto, ou após a morte da vidente, ou o mais tardar em 1960 ‘(L'Homme Nouveau, n º 269, 22 de novembro, 1959).

Todos estes testemunhos e declarações revelam claramente que o céu queria que o Terceiro Segredo de Fátima fosse revelado ao mundo o mais tardar até 1960, seria mais claro então.

 

Por que esclarecer o Terceiro Segredo de Fátima, em 1960?

Foi em 25 de janeiro de 1959, quando João XXIII anunciou que ele teve uma inspiração especial para anunciar de repente um novo concílio ecumênico.  (Aliás, em 25 de janeiro foi o mesmo dia em que uma luz desconhecida iluminou o mundo antes da Segunda Guerra Mundial sobre os céus da Europa. Essa luz desconhecida que apareceu no dia 25 de janeiro de 1938 foi prevista por Nossa Senhora de Fátima como um aviso de que Deus iria punir o mundo com os eventos que foram revelados na segunda parte do segredo? Será que o fato de que João XXIII convocou o Concílio Vaticano II, em 25 de janeiro um aviso do castigo que estava por vir, reportados no terceiro segredo?).

Este conselho convocado pelo Papa João XXIII, em 1959 seria o Vaticano II, cujos resultados desastrosos são o assunto deste livro. Será que a convocação deste conselho em 1959 seria a razão pela qual nossa Mãe Santíssima pediu que o Terceiro Segredo de Fátima fosse revelado em 1960? Será que foi nos alertando diretamente da apostasia que resultaria deste conselho, que realmente deu à luz a uma nova falsa anti-Igreja Católica, como veremos neste livro? Na verdade, o único sinal de que ocorreu em 1960, sobre a tremenda apostasia que estamos vivendo, que as coisas foram feitas ‘mais clara’, foi que João XXIII tinha anunciado a sua intenção de convocar um novo concílio, em 1959. Do nosso ponto de vista, é muito óbvio que o Terceiro Segredo de Fátima é o resultado de uma apostasia e um falso conselho, caso contrário o Terceiro Segredo não faria sentido, em 1960, como disse a nossa Mãe Santíssima.

Fonte:http://www.vaticanocatolico.com

 

(1) Comunicação pessoal de Ciappi Professor Baumgartner, em Salzburgo, citado em libo Batalha do Diabo Final, edição Inglês, compilado por Paul Kramer, bom conselho Publications, 2002, também citado por P. Gerardo Mura, O Terceiro Segredo de Fátima: foi completamente revelado?Também na publicação católica (publicada pelos Redentoristas Transalpinos, Ilhas Orkney, na Escócia, Reino Unido), Março de 2002.
(2) William Thomas Walsh, Nossa Senhora de Fátima, edição em Inglês, Doubleday reimpressão, 1990, p. 81.
(3) William Thomas Walsh, Nossa Senhora de Fátima, p. 80.
(4) William Thomas Walsh, Nossa Senhora de Fátima, p. 145-146.
(5) William Thomas Walsh, Nossa Senhora de Fátima, p. 148.
(6) jornal Português, O Século, 15 de outubro de 1917.
(7) H. Warren Carroll, The Rise and Fall of a Revolução Comunista , edição Inglês, Front Royal, Virginia: cristandade Press, p. 93.
(8)] H. Warren Carroll, The Rise and Fall of a Revolução Comunista, p. 538
(9) H. Warren Carroll, The Rise and Fall of a Revolução Comunista, p. 418
(10) Entrevista com a Irmã Lúcia pelo Padre Fuentes, citado na edição de Inglês de The Whole Truth About Fatima por Frère Michel de la Sainte Trinité, edição Inglês, Buffalo, NY: Coração Imaculado de Publicações, vol. 3, p. Nf 503 [nota].
(11) Comunicação pessoal de Ciappi Professor Baumgartner, em Salzburgo, supra.
(12) Silvio Oddi, The Guardian Humble de Deus, em Roma: Museali Progetto Editore, 1995, pp 217-218.
(13) Citações a partir deste ponto compilado pelo Inglês website edição: http://www.tldm.org/news/in_1960.htm

 

 

Fonte: http://rainhaddosmartires.blogspot.com/2013/08/a-mensagem-de-fatima-um-grande-sinal-no.html

Busca


Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2018





Acessos

Curta nossa página no facebook



Rainha Maria

Glória de Deus

Mulher Vestida de Sol