‹ voltar



Fotografo registra raro eclipse solar em formato de ‘chifres’ no Catar

n/d

O fotógrafo entusiasta grego Elias Chasiotis clicou a imagem no Catar nos últimos dias de 2019. Uma fotografia impactante feita durante o eclipse solar que acabou resultando em um efeito visual inusitado. A imagem bombou nos primeiros dias de 2020.

Chasiotis fez uma sequência e disse para a imprensa internacional que buscava justamente aquela cena. Apaixonado por astronomia desde pequeno, ele começou a fotografar fenômenos como o da foto faz 15 anos. Chasiotis estava na costa da cidade de Al Wakrah e a sequência de cliques foi feita no dia 26 de dezembro logo ao amanhecer.

“Eu me posicionei propositalmente em um ponto com horizonte aberto e esperava algum efeito visual” disse. Por estudar o assunto, ele sabia da distorção de tamanho ocasionada pelo nascer do Sol no oceano. Algo que em conjunto com o eclipse poderia gerar uma foto única. E mesmo com a indicação que as condições climáticas poderiam não ser favoráveis ele foi lá e esperou o momento certo. Mesmo com nuvens, na hora certa o que ele imaginava aconteceu. O efeito dos chifres ocorreu no que é conhecido como vaso etrusco, mas o nascer do Sol com o eclipse foi batizado de “amanhecer diabólico”.

O site Tilt do UOL explicou o fenômeno raro. “Para um nascer do sol ou pôr do sol normal, este raro fenômeno de ótica atmosférica é conhecido como ‘efeito do vaso etrusco’. Alguns observadores no Egito puderam ver um eclipse solar total, no qual a lua é completamente cercada pelo sol, que está ao fundo e forma um anel de fogo. O próximo eclipse solar ocorrerá em junho de 2020”.

Chasiotis fotografou com uma mirrorless da Sony. O modelo a7 II usando lente Sigma 150-600mm F/5-6.3 DG OS HSM. “Optei por ISO alto, velocidade baixa e sequência em modo rápido. Pois queria capturar os aviões e gaivotas na cena também”.

n/d

n/d

n/d


Busca


Quinta-feira, 09 de Abril de 2020







Acessos

Curta nossa página no facebook



Rainha Maria

Glória de Deus

Mulher Vestida de Sol