‹ voltar

'E da tua semente não darás para a fazer passar pelo fogo perante Moloque; e não profanarás o nome de teu Deus. Eu o Senhor'. (Levítico 18:21)


Moloque, o demônio do sacrifício infantil - Duas crianças foram esquartejadas em ritual ao demônio Moloque, no Brasil

 

QUEM ERA MOLOQUE

Ele era um ídolo horrendo. Às vezes, davam-lhe a aparência de um ser híbrido (meio homem, meio boi), e estendiam-lhe desmesuradamente as mãos a fim de que nos grandes festivais e cultos, viesse a acolher pomposa e vorazmente os filhinhos de seus tolos adoradores para serem queimados num ritual desumano e abominável.

Uma das formas representadas do demônio Moloque possuía na altura do seu ventre uma fornalha onde eram lançadas vivas as crianças ofertadas. Uma das formas representadas do demônio Moloque possuía na altura do seu ventre uma fornalha onde eram lançadas vivas as crianças ofertadas.

Esculpido todo em Bronze, seus sacerdotes recheavam-no de produtos inflamáveis. Em seguida, aqueciam-no até que se fizesse infernalmente rubro. Com o deus já todo esbraseado, e sob o sádico olhar de seus sacerdotes, vinham os adoradores como que hipnotizados por todos os demônios para lhe oferecer o que de mais precioso haviam recebido do Único e Verdadeiro Deus. E, agora, sob o rufar dos tambores, colocavam seus filhinhos nas mãos incandescentes de Moloque.

Covarde e barbaramente! Assim eram assassinadas milhares de crianças amonitas.

Moloque era representado de diversas maneiras. Às vezes, suas mãos encontravam-se bem rentes ao chão para facilitar o acolhimento de suas vítimas. Noutras, achavam-se elas de tal forma postadas que, tão logo recebiam as oferendas, em sua maioria crianças recém-nascidas, deixavam-nas cair numa fornalha onde eram cabornizadas. Ou, ainda, possuía em seu ventre uma fornalha onde eram lançadas vivas as crianças.

Era conhecido por:

1.      O deus dos amonitas: Moloque era o deus dos filhos de Amom. No Hebraico, o seu nome significa rei. Era conhecido também como Moleque, Malcã e Milcon. Os amonitas que, como se sabe, descendiam de Bem-Ami, filho de Ló (Gn 19.38), dedicavam a essa abominação todas as suas reservas morais, sociais e nacionais. Seus sacerdotes eram reputados como mais nobres do que os próprios príncipes (Jr 49.3).

2.      O deus da vergonha: Era Moloque um ídolo de tal forma detestável, que os israelitas piedosos o chamavam de bosete: vergonha e opróbrio.

3.      O deus do fogo: Assim também era conhecido, pois no fogo consumia Moloque as suas vítimas.

 

Desde a antiguidade, Satanás tem o interesse pelo derramamento de sangue inocente. Pensa você que isso ficou no passado? Infelizmente, neste exato momento, há muitos satanistas oferecendo crianças ao abominável Moloque. E a prova disso são notícias como esta abaixo:

 

ARTIGO:

 

Esquartejamento de duas crianças em ritual ao demônio Moloque

Templo que teria sido usado para ritual satânico com crianças tem pentagrama no portão e fica em local afastado da cidade.Templo que teria sido usado para ritual satânico com crianças tem pentagrama no portão e fica em local afastado da cidade.

A Polícia Civil divulgou nesta quarta-feira (03-01-2017) a prisão do líder de um templo satânico e de dois seguidores em um sítio no bairro Morungava, na cidade de Gravataí (Rio Grande do Sul-Brasil). Eles são investigados por envolvimento na morte de duas crianças que tiveram os corpos encontrados esquartejados no bairro Lomba Grande, em Novo Hamburgo, no Vale do Sinos (RS). A investigação é da 2ª Delegacia de Polícia e da Delegacia de Homicídios do município. O diretor regional do Vale do Sinos, delegado Rosalino Seara, diz que havia pelo menos duas grandes linhas de investigação, uma sobre tráfico de pessoas e outra sobre ritual macabro. Em relação à última, foram encontrados vários indícios e a polícia ainda conseguiu confirmar a existência do templo. Após obter mandados judiciais, na quarta-feira da semana passada (27), três suspeitos foram presos na residência – outros três ainda são procurados. Várias buscas foram realizadas, inclusive na terça-feira (2), na tentativa de encontrar os crânios das vítimas.

 

Em relação às crianças, que ainda não foram identificadas, exames de DNA confirmaram que se trata de um casal de irmãos, filhos de pais diferentes — um menino com idade entre oito e 10 anos de idade, e uma menina, de 10 a 12 anos. O exame também apontou que uma das crianças estava alcoolizada. Das três pessoas que foram presas, entre elas está o suposto líder do grupo, identificado como ‘mestre e bruxo’. Conforme o delegado, que prefere preservar o nome do suspeito para não atrapalhar as investigações, o preso é uma referência no país e na América Latina em termos de magia negra. Ele seria adorador do deus Moloque, nome de um demônio na tradição cristã e cabalística, cujos fiéis, desde a Antiguidade, realizam sacrifícios com crianças. Uma das imagens que representam Moloque (figura abaixo) mostra um deus com chifres que recebe um recém-nascido em seus braços, tendo diversas pessoas o reverenciando ao redor.

n/d

Esse tipo de ritual, que envolve abusos sexuais, sangue, morte e até aprisionamento em concreto, é muito comum nos Estados Unidos, em Uganda, na Europa e em outros lugares. No templo desse bruxo que prendemos, encontramos várias imagens de demônios, livros de bruxaria, magia negra e maçonaria — contou o delegado Moacir Fermino, coordenador da investigação, acrescentando que o líder do grupo também é maçom.

O investigador confirmou que o ritual em que os corpos dos irmãos foram usados foi contratado por pessoas em busca de ‘prosperidade imobiliária’. Esse ritual de prosperidade exigia duas crianças do mesmo sangue, irmãos. Por isso as duas vítimas foram escolhidas e trazidas, ao que tudo indica, da Argentina, especialmente para a magia — afirmou Fermino. O ritual de prosperidade foi encomendado por dois homens que moram na cidade do Vale do Sinos. Eles teriam pago R$ 25 mil, à vista, pela magia negra realizada no templo, em Gravataí (RS).

Um argentino teria trazido os dois irmãos do país vizinho para serem sacrificados no ritual. Esse estrangeiro, casado com uma brasileira e, portanto, com livre trânsito pelo país, teria antecedentes criminais e já seria um foragido no país vizinho.  Conforme a polícia, ele é discípulo do bruxo e estava morando no bairro Lomba Grande, mas já passou até por outros Estados antes de se instalar em Novo Hamburgo.

Ele (o bruxo suspeito de liderar o crime) já matou outras pessoas e animais também ao longo da carreira. Por mais que ele diga que é da ‘linha branca’ do satanismo, temos fotos, provas, testemunhos que nos levam a acreditar que ele já cometeu muitos sacrifícios, de crianças, adultos, cabritos, galinhas... — apontou Fermino.

 

Fontes:

https://gauchazh.clicrbs.com.br/seguranca/noticia/2018/01/criancas-esquartejadas-em-possivel-ritual-satanico-eram-argentinas-acredita-policia-cjc0lurcj00d601psspi83idn.html  

http://diariogaucho.clicrbs.com.br/rs/policia/noticia/2018/01/dois-homens-de-novo-hamburgo-pagaram-r-25-mil-em-ritual-satanico-com-duas-criancas-diz-policia-10111564.html   

https://gauchazh.clicrbs.com.br/seguranca/noticia/2018/01/lider-de-templo-satanico-e-preso-suspeito-de-matar-duas-criancas-em-novo-hamburgo-cjbz1ya4m009001ll7gnobr16.html    

 

‘Também dirás aos filhos de Israel: Qualquer que, dos filhos de Israel, ou dos estrangeiros que peregrinam em Israel, der da sua descendência a Moloque, certamente morrerá; o povo da terra o apedrejará. E eu porei a minha face contra esse homem, e o extirparei do meio do seu povo, porquanto deu da sua descendência a Moloque, para contaminar o meu santuário e profanar o meu santo nome. E, se o povo da terra de alguma maneira esconder os seus olhos daquele homem, quando der, da sua descendência a Moloque, para não o matar, Então eu porei a minha face contra aquele homem, e contra a sua família, e o extirparei do meio do seu povo, bem como a todos que forem após ele, prostituindo-se com Moloque.’ (Levítico 20:2-5)

Tal culto satânico foi, é, e sempre será condenado de forma enérgica pela Palavra de Deus. O Único e Verdadeiro Deus jamais admitiu, em seu culto, o envolvimento de vítimas humanas. Não se pode tomar o caso de Isaque, ou de Jefté, como argumento em favor de tais sacrifícios. No primeiro caso, tratava-se de uma prova, cuja finalidade era levar Abraão a reconhecer o absoluto senhorio de Deus sobre a sua vida (Gn 22.1-13). E no segundo, vemos a demonstração de um zelo extremado por parte de um homem, embora piedoso, não tinha um perfeito conhecimento das ordenanças divinas (Jz 11.29,31).

O Senhor não aceita vítimas humanas; sua ordem é clara e não admite dúvidas: ‘E da tua semente não darás para a fazer passar pelo fogo perante Moloque; e não profanas o nome de teu Deus. Eu sou o Senhor’ (Lv 18.21). Mas, vindo a apostasia, homens como Salomão e Manassés desafiaram a Deus e incensaram a Moloque. O primeiro rei, buscando globalizar o mundo de então, levanta um altar ao ídolo em plena Cidade Santa (1 Rs 11.17). O segundo foi mais além; chegou a oferecer um de seus filhos à abominável imagem (1 Rs 21.6). Através de Jeremias, o Senhor reprende duramente os filhos de Judá por causa dessa sua sanguinária devoção: ‘E edificaram os altos de Baal, que estão no vale do filho de Hinom, para fazerem passar seus filhos e suas filhas pelo fogo a Moloque, o que nunca lhes ordenei, nem subiu ao meu coração que fizessem tal abominação para fazerem pecar a Judá’ (Jr 32.35).

Esta abominação acontece nos dias de hoje, e a escolha preferencial recai sobre crianças indefesas, muitas simplesmente somem, desaparecem, são dadas como perdidas, mas na verdade muitas são capturadas por grupos a mando daqueles que têm interesse em sacrificar ao demônio. Só no Brasil, cerca de 50 mil menores desaparecem todos os anos.

Diante de tanta barbárie, não podemos evitar a pergunta: Por que os amonitas ofereciam seus filhos a um tão abominável ídolo e por que há homens que continuam realizando este inominável ato com crianças em nossos dias? A resposta é simples: o mesmo demônio continua na Terra e continua exigindo o mesmo sacrifício que exigia há milhares de anos atrás de seus seguidores.

Algumas seitas que chegaram até nós conservaram ligações com os ritos pagãos e muitas sociedades secretas mantêm estreitos laços com o satanismo, e, portanto, continuam praticando culto a seus deuses (demônios!) oferecendo-lhes sacrifício infantil.

Mas...

'Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo'. (I João 3, 8)

VEJAM...

Não por acaso a estátua de Baphomet (demônio), inaugurada no ano 2015 na cidade de Detroit (EUA) aparece rodeada por DUAS CRIANÇAS...

Estátua de Baphomet na cidade de Detroit (EUA). Estátua de Baphomet na cidade de Detroit (EUA).  

Não por acaso a doutrinação da ideologia de gênero em escolas primárias visando a que CRIANÇAS possam aprender precocemente sobre sexualidade... e sejam estimuladas a adotarem as práticas contidas nos livros ‘de estudo’...

Não por acaso a elaboração de leis (como este Projeto de Lei aqui no Brasil - PL 5002/2013, cuja Ementa é Dispõe sobre o direito à identidade de gênero e altera o art. 58 da Lei nº 6.015 de 31 de dezembro de 1973) visando garantir a menores de dezoito anos (veja: TODAS as pessoas com menos de 18 anos, e aí CRIANÇAS também...) o exercício do direito à identidade de gênero, o qual pode envolver a modificação da aparência ou da função corporal através de meios farmacológicos, cirúrgicos ou de outra índole, desde que isso seja livremente escolhido, e outras expressões de gênero, inclusive vestimenta, modo de fala e maneirismos.

Não por acaso, AS CRIANÇAS são o alvo... Tudo isto se encaminha para moldar a futura SOCIEDADE PEDÓFILA que interessa muito aos seguidores do diabo, uma vez que hoje seus adeptos já praticam ocultamente este tipo de perversão...

 

Leia também:

Ritos diabólicos envolvendo, especialmente, o sacrifício de crianças, precedem o aparecimento do Anticristo

Abuso de crianças em rituais satânicos

Virgem Maria: Protegei as crianças com o Amor do Meu Filho, orai aos seus companheiros de caminho para que os protejam do mal, as crianças são a raiva de Satanás, que deseja uma Terra sem crianças (09-04-2016)

 

 


Busca


Sábado, 22 de Setembro de 2018





Acessos

Curta nossa página no facebook



Rainha Maria

Glória de Deus

Mulher Vestida de Sol