‹ voltar



Satélites cairão do céu se houver uma inversão dos polos, dizem cientistas

 

‘Queridos filhos, a humanidade carregará pesada cruz. O deslocamento dos pólos mudará a vida sobre a terra e os Meus pobres filhos viverão momentos de angústia. Chegará o dia em que os sofisticados meios e comunicação irão desabar. Os homens estarão surdos e cegos. Rezai. Suplicai a Misericórdia do Senhor para vós. Eu vos amo e vim do céu para socorrer-vos. Escutai-Me. Não permitais que o demônio vos afaste da verdade. Abri vossos corações ao Senhor.’ (Nossa Senhora Rainha da Paz - Anguera/Bahia/Brasil – ao confidente Pedro Régis, em 26-01-2007 – site: www.apelosurgentes.com.br)

n/d

Artigo:

 

Cientistas novamente alertam para a possibilidade de uma inversão magnética dos polos da Terra, e desta vez descreveram algumas das consequências deste possível evento:

Dados publicados por geofísicos chineses mostram que os polos podem mudar quase 30 vezes mais rápido do que se pensava anteriormente. Os pesquisadores disseram que tinham várias razões para acreditar que outra inversão polar poderia acontecer em breve. O campo magnético da Terra está aproximadamente 10% mais fraco, quando comparado a registros que começaram há 175 anos, o que significa que os polos estão mais propensos a mudar. E, crucialmente, uma inversão está bem atrasada, geralmente ocorrendo a cada 200.000 a 300.000 anos – a último foi há 780.000 anos.

Jürgen Matzka, do Instituto da Ciência Ambiental e da Terra, em Potsdam, na Alemanha, disse: 'As incursões que afetam os polos da Terra estão acontecendo com frequência cada vez maior. Embora não representem uma ameaça imediata à humanidade, poderíamos ver uma falha em massa nos satélites.

O meta líquido que agita o núcleo da Terra dá ao planeta seu campo magnético. Mas quando esse líquido flui em uma direção diferente, ele pode ter um efeito importante em nosso campo magnético. Dados de satélite da Agência Espacial Europeia mostram que o campo magnético está enfraquecendo devido a 'atividade agitada' no centro da Terra.

Alguns alegam que as redes elétricas iriam falhar, o clima mudará, a radiação seria mais alta e os ventos solares perfurariam a camada de ozônio se a inversão ocorresse.  Alanna Mitchell, premiada jornalista científica, escreveu no início deste ano:  'Os perigos: fluxos devastadores de partículas do Sol, raios cósmicos galácticos e raios B ultravioleta aprimorados de uma camada de ozônio danificada pela radiação, para citar apenas poucas das forças invisíveis que poderiam prejudicar ou matar criaturas vivas.'

Milhões de pessoas morreriam no caos que se seguiria, e pelo menos 100.000 morreriam todos os anos devido ao aumento da radiação, disseram os cientistas.

 
Fonte: http://ovnihoje.com/2018/08/23/satelites-cairao-do-ceu-se-houver-uma-inversao-dos-polos/

 

 

Veja também:

(clique no texto para ler na íntegra)

‘Meus pequenos, a tecnologia deste mundo está por cair, aproveitai e desde agora armazenai toda informação do Céu, porque se aproximam os dias em que vossa tecnologia desaparecerá’ (Jesus à ENOCH, em 02-07-2018) 

 

 

 

 


Busca


Domingo, 18 de Novembro de 2018





Acessos

Curta nossa página no facebook



Rainha Maria

Glória de Deus

Mulher Vestida de Sol