‹ voltar



Rios estão desaparecendo misteriosamente no México

 

‘Neste momento, os desastres naturais aumentam, anunciando ao homem que o rumo que deve tomar é outro diferente do que leva.’ (Jesus Cristo a Luz de Maria, em 17-04-2016)

 

O México vem sendo conhecido pelos rios que desaparecem na clandestinidade.

Buracos gigantes repentinamente drenaram grande lagoa no México matando peixes e crocodilos e assustando a população local

Lagoa de Chakanbacán, antes e depois.Lagoa de Chakanbacán, antes e depois.

Desde domingo à noite (19-08-2018), a Lagoa de Chakanbacán, localizada em Quintana Roo, México, está sendo drenada por grandes buracos, matando um grande número de peixes, tartarugas, crocodilos do pântano e enguias, entre outras espécies. Os buracos têm cerca de seis metros de profundidade e até 10 metros de largura, e já tinham drenado praticamente 80% da água contida nos 200 hectares e até 10 metros de profundidade da lagoa de Chakanbacán.

De acordo com relatos locais, um rugido alto foi ouvido no domingo. Logo depois, a lagoa começou a drenar no subsolo. Na manhã de quarta-feira, quase 3/4 da lagoa havia secado. E esta não é a primeira vez que tal fenômeno inesperado e surpreendente ocorreu na área.

Ontem, as autoridades da Agência de Proteção Ambiental (APA), Instituto de Biodiversidade e Áreas Protegidas Naturais em Quintana Roo (Ibanqroo), Comissão Nacional Florestal (CONAFOR) Comissão Nacional da Água (Conagua), Agência Federal de Proteção Ambiental (Profepa), Cocodrilia e Autoridades Ejido, começaram a investigar a causa do problema.

 

 

O México está tendo vários casos de rios que vem desaparecendo na clandestinidade: Rio Atoyac e dois outros rios em Veracruz, uma cachoeira em Chiapas e uma seção do canal em Xochimilco, Cidade do México. A maioria dessas regiões e aquela onde a lagoa se encontra são propensas a buracos ou outras crateras, já que são principalmente cársicas (1), uma rocha que se desgasta rapidamente na água.

Quando os sumidouros se formaram no último domingo, um forte estrondo sacudiu uma grande área ao redor da lagoa. Os moradores lembram exatamente o mesmo fenômeno geológico ocorrido há 6 anos. Agora, funcionários e moradores estão com medo de serem engolidos pelos próprios buracos. No momento, esse fenômeno não representa um risco para a vida humana das populações vizinhas.

Esta catástrofe natural não só terá consequências muito negativas no ecossistema natural da lagoa, mas afetará as atividades agrícolas, pecuárias e turísticas, uma vez que os aldeões dependem dessa massa de água para abastecer seus campos e animais.

Então, o que está acontecendo em Laguna de Chakanbacán? Está tudo no chão. Cavernas se acumulam no subsolo no solo cárstico. Quando o solo no topo da caverna é muito pesado, ele colapsa. E se o sumidouro está situado em um corpo de água, ele literalmente engole tudo: água, peixe e outros animais raros.

 

Fonte: http://strangesounds.org/2018/08/sinkholes-drain-lagoon-mexico-laguna-de-chakanbacan-video-pictures.html

 

(1) Nota do tradutor: Carste, carso ou karst, também conhecido como relevo cárstico ou cársico ou sistema cárstico ou cársico, é um tipo de relevo geológico caracterizado pela dissolução química (corrosão) das rochas, que leva ao aparecimento de uma série de características físicas, tais como cavernas, dolinas, vale seco vale cegos, cones.  

 

‘Os países são açoitados pelo inesperado, a natureza, alterada pelo homem, se extravasa com força descomunal.’ (Virgem Maria a Luz de Maria, em 03-02-2018)

 


Busca


Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018





Acessos

Curta nossa página no facebook



Rainha Maria

Glória de Deus

Mulher Vestida de Sol