‹ voltar



Experiências de Quase Morte (EQMs) e as visitas ao Inferno

Experiências de quase morte não são tão agradáveis ​​para todos: talvez alguns visitem o inferno.

 

Você já se perguntou o que há do outro lado? Houve muitos casos de experiências de quase morte (EQMs) que relatam ter visitado o “céu”, mas nem todos experimentam uma vida após a morte tão agradável. De fato, alguns relatam visitar o inferno durante suas EQMs.

As experiências de quase morte têm sido relatadas desde o início dos anos 70, capturando a atenção de cientistas, psiquiatras e psicólogos. Eventualmente, estudos foram realizados e verificaram que, embora alguns digam que visitaram o céu, muitos visitaram o que pode ser conhecido como inferno. n/d

De acordo com um livro de 1978 escrito por George Ritchie, “Return From Tomorrow” (“Retorno do Amanhã” – título em tradução livre) sua EQM não foi uma visita agradável ao céu. Richie serviu na Segunda Guerra Mundial, quando de repente pegou pneumonia. Ele foi levado para um hospital do Exército e foi declarado morto. Quando ele foi ressuscitado nove minutos depois, Richie descreveu sua experiência de quase morte.

Richie disse que sua experiência foi horrível. Quando morreu, ele vagou pela cidade até conhecer uma ‘figura misteriosa’ que o guiou por lugares bastante perturbadores. Eles foram a um bar onde as pessoas estavam tentando comer, beber e fumar, mas não conseguiam.

A figura também o levou a um terreno baldio. Todos estavam lutando entre si como se estivessem em uma batalha. Richie descreveu a cena em seu livro:

Ainda mais hediondos do que as mordidas e chutes que eles trocavam eram os abusos sexuais que muitos estavam realizando em pantomima febril. Perversões com as quais eu nunca sonhei estavam sendo tentadas em vão ao nosso redor.

Segundo uma pesquisadora e escritora de “Dancing Past the Dark” (Dançando Além da Escuridão” – título em tradução livre), Nancy Evans Bush, uma em cada cinco experiências de quase morte é traumática.

Algumas são quentes, outras são frias, algumas são como desertos, outras são como um pântano. Algumas são brilhantes demais, em termos de fogo, e outras estão cheias de coisas molhadas, viscosas e desagradáveis. Ouvi descrições de poços com criaturas viscosas neles, mas também ouvi sobre [regiões] estéreis, sem nada.

Veronika Barthel foi atingida por um raio enquanto estava em seu carro em 1981. Ela descreveu sua EQM terrível e aterrorizante:

As criaturas que vi lá eram mais aterrorizantes do que qualquer coisa que vi em um filme de terror. Hoje eu sei que eles eram demônios. Como soldados, eles passavam por mim e no meio deles havia pessoas que gritavam de dor. Era muito difícil respirar lá embaixo, por causa do cheiro terrível desse lugar. Vi um lago, que parecia a parte interna de um vulcão, onde as pessoas estavam xingando por causa de muita dor.

Todas essas experiências de quase morte são semelhantes de uma maneira: são aterrorizantes. Infelizmente, não houve conexão com aqueles que tiveram experiências terríveis de quase morte e seu destino esperado na vida após a morte. A maioria das pessoas estudadas não pareciam merecer uma vida após a morte no inferno.

As experiências de quase morte sempre foram um assunto discutível. Alguns acreditam que são simplesmente alucinações devido à falta de oxigênio no cérebro. Outros acreditam que são sonhos, ou, em alguns casos, pesadelos, que alguém pode ter criado na mente antes de morrerem.

Certamente não há respostas fáceis, pois a maioria das pessoas que passam por uma EQM estava além da capacidade de alucinar porque a atividade cerebral havia desaparecido completamente.

 

Fonte: https://planetaabsurdo.com.br/2019/10/experiencias-de-quase-morte-nao-sao-tao-agradaveis-%e2%80%8b%e2%80%8bpara-todos-talvez-alguns-visitem-o-inferno/

Busca


Segunda-feira, 18 de Novembro de 2019







Acessos

Curta nossa página no facebook



Rainha Maria

Glória de Deus

Mulher Vestida de Sol