‹ voltar



Dom Henrique Soares da Costa, atual bispo da Diocese de Palmares (PE) entrou na campanha pelo cancelamento de assinaturas da Netflix

 

Abaixo, o texto que o Bispo Dom Henrique Soares da Costa (Palmares-PE) escreveu em seu facebook.

“Sem Netflix:
um simples e belo presente para o Deus nascido da Virgem

Eu era assinante da Netflix. Nesta semana, desfiz a minha assinatura. Tinha que desfazê-la! Era o mínimo que poderia fazer! Desfi-la e senti-me feliz, contente, como quem presta uma homenagem a Alguém muito amado!

Em pleno tempo de preparação para o Natal do Senhor, a Netflix deu um bofetão no rosto de todos os cristãos; cuspiu na nossa cara, zombando da nossa fé. Certamente, instigada pela força demoníaca que tem inspirado tantos e tantos corações e mentes nestes tempos de neo-paganismo, esta empresa ofereceu na sua programação como “Especial de Natal”(!!!!!) um filme blasfemo, vulgar e desrespeitoso para com o nosso Deus e Senhor Jesus Cristo e sarcástico com a fé de todos os cristãos...

Imaginem um filme debochado e desrespeitoso ao extremo com alguém a quem você ama – com o seu pai, com a sua mãe, com coisas que lhe são muito caras e definem e alicerçam a sua vida... Como reagir? O ideal seria uma ação judicial. Mas, com a desculpa de liberdade de expressão, todo lixo é permitido, todo sarcasmo para com a fé alheia e louvado, tudo quanto trinca e corrói os alicerces da nossa cultura e da nossa sociedade é reputado como avanço e progresso...

O que nos resta fazer, se realmente cremos no Senhor Jesus Cristo, se O amamos, se O confessamos com Deus verdadeiro feito verdadeiro homem? Uma só coisa: atingir essa gente naquilo que realmente lhe importa: o bolso! Sim, porque o deus dessa turma é o dinheiro.

Então, como Bispo da Igreja, eu exorto vivamente aos cristãos: neste Natal, proclame seu amor, sua fé, seu respeito em relação a Nosso Senhor Jesus Cristo; mostre que seu amor por Ele é real e ativo: cancele a assinatura da Netflix e lá, no menu apropriado, explique o motivo: “desrespeito por Jesus Cristo”, “desrespeito pelo cristianismo”, etc. Se você realmente crê e ama ao Senhor, não há outra atitude a tomar... É só se perguntar: E se fosse comigo? Se fosse com alguém a quem eu amo? Você ama realmente o Senhor? Nele crê?
Este cancelamento é uma interessante prova do quanto Cristo é ou não Alguém realmente significativo na sua vida!

Se você não acredita que Jesus seja o Cristo de Deus, mas é um cidadão sensato, uma pessoa de bem, de visão ampla, reflita um pouco: para onde vai uma sociedade que desrespeita a religião e a sensibilidade das pessoas? Como construiremos um espaço de tolerância e respeito deste modo? É positivo zombar dos valores religiosos caros à grande maioria de uma sociedade, divertir-se fazendo chacota com realidades que são sagradas para muitos? A Netflix tinha o direito moral de fazê-lo? Se você acha isto um erro grave, peço-lhe que, mesmo não sendo crente, também cancele sua assinatura, em nome da saúde da nossa sociedade e da boa convivência entre os brasileiros! Cancele e diga o motivo: “falta de respeito pela religião dos demais”...

Não devemos nunca permitir que se desrespeite os valores e legítimos sentimentos religiosos ou morais das pessoas, sejam a que religião pertençam... Vivemos num mundo de intolerância; somente o respeito gera compreensão e tolerância.

Era isto que desejava partilhar. E também minha alegria imensa de, num um pequeno gesto, ter dado um humilde sinal de amor pelo meu querido Jesus Cristo, como um presente a Nosso Senhor. Nunca esqueça: “Deus amou tanto o mundo que entregou o Seu Filho único”... (Jo 3,16) Escarnecê-Lo deveria sempre tocar profundamente todo cristão que preze este nome de discípulo do Salvador...

n/d

Dom Henrique Soares da Costa

bispo da Diocese de Palmares, em Pernambuco

Fonte: https://www.facebook.com/DomHenriqueSoaresDaCosta/posts/2449406698448304

 

"Portanto, quem der testemunho de mim diante dos homens, também eu darei testemunho dele diante de meu Pai que está nos céus.

Aquele, porém, que me negar diante dos homens, também eu o negarei diante de meu Pai que está nos céus."
(Mateus 10, 32-33)

 


 

Sobre o filme Especial de Natal, do Porta dos Fundos:

 

O filme que estreou em 3 de dezembro no Netflix é ultrajante e desrespeitoso à fé cristã. Com a máscara de “paródia religiosa” e “crítica sociocultural”, o filme “A Primeira Tentação de Cristo” na verdade é repleto de acidez e ofensas à fé cristã, e culturalmente, sem méritos.

Em síntese, o filme conta que ao regressar de uma viagem de 40 dias pelo deserto, Jesus é surpreendido com uma festa de aniversário para celebrar os seus 30 anos. A certa altura, seus pais, Maria e José, revelam que ele foi adotado e que seu verdadeiro pai é Deus. Um dos convidados para a festa é uma prostituta chamada Telma, provavelmente fazendo menção à Maria Magdalena. No filme, os pais de Jesus (Gregório Duvivier), José (Rafael Portugal) e Maria (Evelying Castro), são retratados como corno e maconheira. Jesus tem o estereótipo de um estudante universitário militante gay de esquerda e fã de boy bands, que tem um relacionamento amoroso com Orlando (Fábio Porchat). Durante o desenrolar do filme, Deus Pai (Antonio Tabet) é apresentado como um “tarado”. Deus dá a missão à Jesus para espalhar sua palavra pelo mundo. No entanto, o Jesus do filme escolhe a vida de um típico jovem esquerdista, longe de responsabilidades e do trabalho.

No ano passado, o grupo Porta dos Fundos também mostrou sua acidez profana contra os cristãos em seu especial de Natal “Se Beber, Não Ceie”. A sátira copiou o enredo de “Se Beber, Não Case!”, mostrando os apóstolos de Cristo depois de uma ressaca pós-a Última Ceia da Páscoa, percebendo que Jesus havia desaparecido.

Há um abaixo-assinado pela proibição da veiculação do filme de Natal do "Porta dos fundos", que tem como título "A primeira tentação de Cristo". Pela remoção do filme do catálogo da Netflix e para que o Porta dos fundos seja responsabilizado pelo crime de vilipêndio à fé. Também desejamos uma retratação pública, pois ofenderam gravemente os cristãos. 

 

Para ser direcionado ao abaixo-assinado, clique AQUI.

 

 


Busca


Quarta-feira, 08 de Julho de 2020







Acessos



Rainha Maria

Mulher Vestida de Sol