‹ voltar



Maria Santificadora: Filhinhos, a Eutanásia é assassinato, vós não podeis tirar a vida de outro ser humano, alegando que o fazeis por intensa dor ou para dar-lhe uma morte digna (11-09-2019)

n/d

Chamado de Maria Santificadora à humanidade.

Filhinhos de meu Coração, a Paz de meu Senhor esteja convosco e minha proteção maternal vos assista sempre.

Minhas amadas crianças, o Céu está muito triste pelo mau comportamento da imensa maioria da humanidade, o pecado e a maldade estão aumentando, o castigo é inevitável para cortar pela raiz a cizânia que está invadindo a boa colheita. Filhinhos rebeldes, continuais vos omitindo a nossos chamados à conversão. Vossa apatia será vossa perdição. Se não modificardes vossa conduta e vos arrependerdes de vosso pecado antes do Aviso, correis o risco de vossa alma se perder quando passar pela eternidade.

Não continueis tapando vossos ouvidos à Verdade de Deus, não continueis em vossa louca corrida de devassidão e pecado para que amanhã não tenhais do que vos lamentar. Despertai, despertai, porque vossa alma, filhinhos rebeldes, está em perigo de se perder. Apressai-vos, meus pequenos, porque o Aviso está chegando e se continuardes adormecidos pelo pecado, correis o risco de que vossa alma não regresse mais a este mundo!

Filhinhos, a Eutanásia é assassinato, vós não podeis tirar a vida de outro ser humano, alegando que o fazeis por intensa dor ou para dar-lhe uma morte digna. Nenhum ser humano pode decidir quem vive ou quem morre, isso só corresponde a Deus que é o criador da vida. Nem por morte cerebral, nem por enfermidade degenerativa, nem por enfermidade terminal, nem por nenhum motivo se pode suspender a vida. Nenhum ser humano pode dar ordem de que lhe retirem a vida se estiver sofrendo, nem nenhum doente pode autorizar a eutanásia, nem o profissional da medicina pode praticá-la, porque se o fizer se converterão em Réus de Culpa e por este pecado poderão perder a alma.

Quando se leva a cabo a eutanásia sobre uma pessoa se está interrompendo o processo de purificação que Deus tem destinado para aquela alma. Somente o Criador na Divina Vontade pode decidir quem vive ou quem morre. As almas em agonia ou em estado vegetativo necessitam desta purificação para poderem partir em paz para a eternidade, outras necessitam purificar-se para não se condenar, e outras tantas se purificam para voltar à vida. Que sabeis vós, mortais, dos desígnios de Deus? Não sejais insensatos e não julgueis ser deuses! Só Deus pode dar ou pode tirar a vida. A eutanásia é um delito contra a vida que procede do Criador. Tende, pois, muito presente tudo isto, meus pequenos, para que não continueis cometendo este assassinato.

Filhinhos, todo ser humano, quando morre, se deve celebrar, de corpo presente, a última Eucaristia; essa alma necessita ser entregue a Deus em corpo, alma e espírito. Ninguém doente pode interromper a vontade de Deus, não sejais insensatos! Não sabeis que muitas almas por esta última Eucaristia se salvaram de morrer eternamente? Não deveis celebrar a última Eucaristia com as cinzas do defunto, porque estas não têm o mesmo mérito e são perdidas as graças que Deus concede à alma para seu descanso eterno. Não continueis, pois, ofendendo a Deus, fazendo vossa vontade ficar acima de Sua Santa e Divina Vontade, para que não tenhais do que vos lamentar amanhã.

Que a Paz de meu Senhor permaneça convosco.

Vossa Mãe, Maria Santificadora.

Dai a conhecer minhas mensagens e minha advocação a toda a humanidade, minhas crianças.

 

11-09-2019

 

Extraído da Obra ‘Mensagens de Jesus, o Bom Pastor, ao confidente ENOCH – Colômbia
Fonte: http://www.mensajesdelbuenpastorenoc.org/mensajesrecientes.html

 


Busca


Segunda-feira, 17 de Junho de 2024










Mulher Vestida de Sol