‹ voltar



21 razões para ir morar no campo

 

Ei, você! Se ainda não tinha pensado em ir morar no campo, longe de uma grande cidade, vou te dar algumas boas razões para fazer esta mudança de vida!

Imagem: http://www.youagro.com/Imagem: http://www.youagro.com/

  1. Respirar um ar mais limpo e saudável, devido a menor poluição existente no campo (ou nenhuma!) e maior nível de oxigênio;

  2. Menos poluição sonora (ou talvez nenhuma!) apenas os sons da natureza;

  3. Redução nos níveis de stress, angústia e ansiedade;

  4. Contato direto com a natureza que Deus criou e o bem estar que isto proporciona;

  5. Plantar seus próprios alimentos e assim conhecer a qualidade do que se está consumindo;

  6. Beber de seu próprio manancial de água, de forma gratuita, sem as químicas que são adicionadas pelos sistemas de abastecimento de água das grandes cidades;  

  7. Ter mais chance de receber a luz do sol no corpo, o que favorece a produção da vitamina D;

  8. Ter sua própria produção de ovos, frutas, verduras, legumes, sem precisar adquiri-los nos mercados;

  9. Viver longe das antenas de torres de celular, que transmitem radiação nociva ao homem (poluição eletromagnética);

  10. Praticar esportes ao ar livre gerando mais qualidade de vida;

  11. Maior privacidade;

  12. Possibilidade de troca de produtos da agricultura familiar com vizinhos que também sejam produtores;

  13. Simplicidade na escolha do vestir (o que por sua vez gera economia), uma vez que no campo não se tem o mesmo apelo pelo vestir o que é “moda” nem usar da variação de roupas conforme ocorre com quem mora nas cidades;

  14. Possibilidade de colher frutas maduras direto do pé, pois ao comê-las depois de terem amadurecido completamente na própria árvore, aproveita-se por completo suas propriedades nutricionais, de acordo com cada espécie (e nunca mais consumir frutas que são colhidas ainda verdes, e que amadurecem forçosamente durante o percurso até chegar ao consumidor final);

  15. Menos stress, ao não precisar estar em engarrafamentos ou em meio a um trânsito movimentado no deslocamento casa-trabalho-casa;

  16. Também, menor risco de sofrer ou de causar acidentes de trânsito, devido a pouca ou nenhuma movimentação de veículos nas estradas do campo;

  17. Economizar com as despesas de supermercado, uma vez que frutas, verduras, legumes, chás, temperos, poderão ser plantados em seu quintal, e ovos e carne poderão vir de animais criados por você;

  18. Abandonar o consumismo desnecessário a que estamos expostos quando vivemos nas cidades e que geralmente nos faz gastar com itens muitas vezes desnecessários;

  19. Fugir da crescente violência das grandes cidades e do medo de assaltos, sequestros, latrocínios, estupros, etc, uma vez que a incidência destes nas cidades é terrivelmente maior;

  20. Reduzir significativamente o risco de contaminação por contágio no caso de epidemias e pandemias, uma vez que grandes centros urbanos oferecem maiores chances de se contrair doenças, vírus e bactérias devido à superpopulação destes lugares;

  21. E, por fim, atender à orientação da Palavra de Deus para estes tempos de purificação, em que as cidades se tornaram antros de pecado e, se permanecermos nelas, estaremos sujeitos também a recebermos os castigos que estão previstos por Deus para estes locais.    

 

"E ouvi outra voz do céu, que dizia: Sai dela, povo meu, para que não sejas participante dos seus pecados, e para que não incorras nas suas pragas. Porque já os seus pecados se acumularam até ao céu, e Deus se lembrou das iniqüidades dela." (Apocalipse 18, 4-5)

"Então, os que estiverem na Judéia, fujam para os montes; os que estiverem no meio da cidade, saiam; e os que estiverem nos campos não entrem nela." (Lucas 21, 21)


Busca


Domingo, 20 de Setembro de 2020







Acessos



Rainha Maria

Mulher Vestida de Sol