‹ voltar



Jesus Sacramentado: Reconsiderai, pastores de Meu Rebanho, porque se continuardes distribuindo-Me indignamente para Meu Povo, Meu Santo Espírito afastarei de vossas consagrações; então, o pão que distribuireis já não será mais Meu Corpo e Meu Sangue

n/d

Chamado angustioso de Jesus Sacramentado aos pastores de Sua Igreja.

 

Pastores de Meu Rebanho, Minha Paz esteja convosco.

Filhos prediletos, Me sinto muito triste e aflito pelo desprezo e pela ingratidão que venho recebendo da parte de muitos de vós, que dizeis ser Meus familiares. Quanto Me dói ver Meu Rebanho disperso como ovelhas sem pastor devido à negligência e apatia de muitos de vós, que andais mais preocupados pelo pastoreio de si próprios do que por guiar e pastorear Meu Rebanho!

O pretexto da pandemia, que já é mais um ataque direto à Minha Igreja, está fazendo com que muitos de Meus pastores Me profanem, dando-Me a Meu Rebanho na mão como se se tratasse de um pedaço de pão qualquer. Meus olhos derramam lágrimas de sangue ao ver como Sou ultrajado e pisoteado em cada partícula de Minha Divindade que cai ao solo, pelo vil sacrilégio que vem sendo cometido em muitas de Minhas Casas por Meus pastores ao darem-Me na mão.

Milhões de partículas de Minha Sagrada Hóstia diariamente caem ao chão, quando Sou recebido na mão por Meus filhos. Que sacrilégio tão grande está sendo cometido contra Minha Divindade, sob o pretexto de uma pandemia que já é mais uma conspiração e um ataque a Meu Santo Sacrifício! 

Muitos de Meus pastores estão esquecendo que em cada hóstia consagrada estou Eu, Vivo e Real, fazendo-Me Vida no meio de Meu Povo e dando-Me como Cordeiro Imolado. Pastores infiéis! Por que Me flagelais, dando-Me a Meu Rebanho tão indignamente? Não sabeis que Sou Eu em Espírito quem se encontra na simplicidade e humildade de cada hóstia consagrada? 

Ontem foram os Sumos Sacerdotes e os Escribas os que Me condenaram à morte, e hoje sois vós, Maiorais e Pastores de Meu Rebanho, aqueles que novamente Me crucificam quando, tão indignamente, Me distribuís a Meu Rebanho dando-Me na mão.

Eu ungi vosso Ministério Sacerdotal com o fogo de Meu Espírito Santo para que sejais vós os Meus representantes aqui na Terra. Em cada Consagração que fazeis dignamente e com fervor, Eu, Jesus Sacramentado, desço do Céu para fazer-Me Vida no meio de vós. É tão Grande o Ministério Sacerdotal que vos confiei que, através de vossas mãos ungidas, desço  em Espírito para dar-Me como alimento a Meu Povo. Em cada Consagração que por Amor fazeis, se revive incruentamente Meu sacrifício e Eu Me dou como Pão da Vida, para alimentar Meu Rebanho.

Então, vos pergunto, Pastores de Meu Rebanho, se mereço tão vil ultraje à Minha Divindade de vossa parte quando Me dais a Meu Povo, não como Jesus Sacramentado, mas como um pedaço de pão qualquer?

Sou Eu, vosso Deus, o que distribuís a Meu Povo, e mereço Adoração, Louvor e Respeito de vossa parte e de Meu Rebanho. Meu Sagrado Corpo e Sangue deveis distribuí-lo a Meu Rebanho de joelhos e na boca, com o devido Respeito e Adoração que merece o Rei dos reis e Senhor dos senhores. Pastores infiéis, se não mudardes vossa atitude e corrigirdes vosso proceder para Comigo, vos asseguro que sereis tratados como Réus de Culpa quando vos apresentardes amanhã diante de Mim!

Milhares de Sacerdotes, Bispos, Cardeais e inclusive Papas jazem hoje, uns nas profundezas do abismo, e outros, no fogo purificador do Terceiro Purgatório, por tratarem-Me indignamente ao repartirem-Me na mão quando exerceram seu ministério sacerdotal neste mundo. Outros milhares se perderam porque se deixaram seduzir pelos prazeres deste mundo e descuidaram do pastoreio de Meu Rebanho, e uma grande maioria se perdeu e jaz hoje no inferno pelos pecados da carne.

Reconsiderai, pastores de Meu Rebanho, porque se continuardes distribuindo-Me indignamente para Meu Povo, Meu Santo Espírito afastarei de vossas consagrações; então, o pão que distribuireis já não será mais Meu Corpo e Meu Sangue.

Lembrai-vos que da mesma forma com que Me tratais, assim também sereis vós tratados quando vos apresentardes perante Mim.

Minha Paz vos deixo, Minha Paz vos dou.

Arrependei-vos e convertei-vos, porque o Reino de Deus está próximo.

Vosso Mestre, Jesus Sacramentado, o Amado que não é amado.

Dai a conhecer Minhas mensagens de salvação a toda a humanidade, Rebanho Meu. 

 

27-09-2020.

 

Extraído da Obra ‘Mensagens de Jesus, o Bom Pastor, ao confidente ENOCH – Colômbia
Fonte: http://www.mensajesdelbuenpastorenoc.org/mensajesrecientes.html

 


Busca


Sábado, 22 de Junho de 2024










Mulher Vestida de Sol