‹ voltar



Deus Pai: O Rosário da Provisão que vos enviei através de Meu servo Enoc, deveis rezá-lo depois do Rosário da Misericórdia, para que, nos dias de escassez e fome que se aproximam, não vos falte o pão de cada dia (01-05-2021)

n/d

Chamado de Deus Pai à humanidade.

 

Povo Meu, Paz a vós.

Filhos Meus, se aproximam dias de fome em vosso mundo. A fome, desemprego, carestia, vírus, pestes e pragas, serão outras das tantas purificações pelas quais terá que passar a humanidade. O dinheiro não vai servir de nada, porque não haverá o que comer. É tempo, filhos Meus, em que deveis já ir aprovisionando alimentos não perecíveis, porque se aproxima um tempo de fome como nunca antes havia sido visto na Terra. Aqueles que puderem se aprovisionar de alimentos, façam-no imediatamente, mas os que não puderem, não temam; Eu, vosso Pai Celestial, multiplicarei o muito ou o pouco que tenhais, sempre e quando vós o compartilhardes.

O Rosário da Provisão que vos enviei através de Meu servo Enoc, deveis rezá-lo depois do Rosário da Misericórdia, para que, nos dias de escassez e fome que se aproximam, não vos falte o pão de cada dia. Através da reza deste Rosário, multiplicarei vossos alimentos. Começai, pois, filhos Meus, a rezar este Rosário para que a provisão de cada dia não vos falte em vossos lares.

As grandes tribulações estão para começar e a imensa maioria desta humanidade segue entorpecida pelo pecado. Insensatos! Não quereis acolher Minha Misericórdia? Conheçais, então, Minha Justiça, que é reta e inexorável, e dá a cada um segundo suas obras!

Meus cavaleiros da desolação já cavalgam pela Terra e começaram a derramar suas taças. Só falta que passe o tempo do Aviso e do Milagre para que Meu braço baixe com todo peso de Minha Justiça sobre a imensa maioria desta humanidade ingrata e pecadora. Ó, humanidade ímpia, seguis letárgica espiritualmente e quando despertardes já não ireis encontrar Misericórdia, mas sim Justiça! Meu tempo de Misericórdia está para se encerrar totalmente e por mais que vos exorte para que mudeis, o que recebo como mudança é mais maldade, rebeldia, ingratidão e pecado. Pobres de vós, os que continuam dando-Me as costas e não o rosto, porque quando for liberada Minha Justiça, por mais que vos lamenteis e supliqueis, já não ireis ser escutados!

Povo Meu, a tribulação que se aproxima jamais foi vivida neste mundo. Se soubésseis, humanidade pecadora, o que está para chegar, correríeis para por vossas contas em ordem e para buscar a Deus de todo coração! No tempo das grandes tribulações, se não estiverdes apegados a Mim, vosso Pai Celestial, correis o risco de vos perder eternamente.

Filhos pródigos, sou vosso Pai que está vos esperando com os braços abertos. Retomai o caminho da salvação e voltai a Mim com um coração contrito e humilhado; vos asseguro que se assim o fizerdes, vos perdoarei e não voltarei a lembrar de vossos pecados por maiores que eles sejam.

Correi, pois, porque a barca de Minha Misericórdia já está pronta para partir; não deixeis para o último momento o bilhete de vossa salvação; apressai-vos para pegá-lo para que não tenhais do que vos lamentar amanhã!

Ficai em Minha Paz, povo Meu, herança Minha.

Vosso Pai, Javé, Senhor das Nações.

Dai a conhecer Minhas mensagens de salvação a toda a humanidade, filhos Meus.

 

ROSÁRIO DA PROVISÃO

(Para tempos de escassez econômica)

 

Ó, Misericórdia infinita de Deus, que provedes aos homens de boa vontade,

aos necessitados, às viúvas e aos órfãos, cobrindo suas necessidades materiais e espirituais,

abrais as dispensas do Céu e (sinal da cruz) em Nome do Pai, (sinal da cruz) em Nome do Filho,

e (sinal da cruz) em Nome do Espírito Santo,

enviai-Me a provisão que necessito para atender minhas necessidades deste dia (fazer o pedido).

(Rezar 1 Creio e 1 Pai Nosso)

Nas contas grandes: Possa eu ter graça e misericórdia, ainda que em tempos de necessidade. (Hebreus 4, 16)

Nas contas pequenas: Em Nome de Deus Uno e Trino, Misericórdia Divina, provede-me. (10 vezes)

Ao fim de cada dezena se reza um Pai Nosso e se começa do início:

“Possa eu ter graça e misericórdia...” e assim sucessivamente até terminar as cinco dezenas. Ao terminar o rosário se reza o Salmo 136.

A todo aquele que fizer com fé e devoção este Rosário não lhe faltará o pão de cada dia. É uma promessa de Jesus da Misericórdia. 

Salmo 136

(Em algumas Bíblias: 135(136) )

Louvai ao SENHOR, porque ele é bom; porque a sua benignidade dura para sempre.
Louvai ao Deus dos deuses; porque a sua benignidade dura para sempre.
Louvai ao Senhor dos senhores; porque a sua benignidade dura para sempre.
Aquele que só faz maravilhas; porque a sua benignidade dura para sempre.
Aquele que por entendimento fez os céus; porque a sua benignidade dura para sempre.
Aquele que estendeu a terra sobre as águas; porque a sua benignidade dura para sempre.
Aquele que fez os grandes luminares; porque a sua benignidade dura para sempre;
O sol para governar de dia; porque a sua benignidade dura para sempre;
A lua e as estrelas para presidirem à noite; porque a sua benignidade dura para sempre;
O que feriu o Egito nos seus primogênitos; porque a sua benignidade dura para sempre;
E tirou a Israel do meio deles; porque a sua benignidade dura para sempre;
Com mão forte, e com braço estendido; porque a sua benignidade dura para sempre;
Aquele que dividiu o Mar Vermelho em duas partes; porque a sua benignidade dura para sempre;
E fez passar Israel pelo meio dele; porque a sua benignidade dura para sempre;
Mas derrubou a Faraó com o seu exército no Mar Vermelho; porque a sua benignidade dura para sempre.
Aquele que guiou o seu povo pelo deserto; porque a sua benignidade dura para sempre;
Aquele que feriu os grandes reis; porque a sua benignidade dura para sempre;
E matou reis famosos; porque a sua benignidade dura para sempre;
Siom, rei dos amorreus; porque a sua benignidade dura para sempre;
E Ogue, rei de Basã; porque a sua benignidade dura para sempre;
E deu a terra deles em herança; porque a sua benignidade dura para sempre;
E mesmo em herança a Israel, seu servo; porque a sua benignidade dura para sempre;
Que se lembrou da nossa baixeza; porque a sua benignidade dura para sempre;
E nos remiu dos nossos inimigos; porque a sua benignidade dura para sempre;
O que dá mantimento a toda a carne; porque a sua benignidade dura para sempre.
Louvai ao Deus dos Céus; porque a sua benignidade dura para sempre.

 

 

 

Extraído da Obra ‘Mensagens de Jesus, o Bom Pastor, ao confidente ENOC – Colômbia

Fonte: http://www.mensajesdelbuenpastorenoc.org/mensajesrecientes.html

 


Busca


Domingo, 24 de Outubro de 2021




Acessos








Mulher Vestida de Sol