‹ voltar



Nossa Senhora da Paz

 

(Toledo - Espanha)

(1085)

(Festa em 9 de julho)

 

Na cidade de Toledo, Espanha, em um templo consagrado a Maria Santíssima e muito venerado pelos fiéis, a Rainha do Céu tinha visitado e agraciado Santo Ildefonso diversas vezes.

Entretanto, mais tarde esse templo foi transformado pelos mouros em mesquita e profanado com os cultos e ritos de sua religião. Quando, em 1085, o Rei Afonso VI tomou a cidade, viram os cristãos, com grande mágoa, que nos tratados jurados por ele o templo ficava em poder dos mouros.

Partindo Afonso VI para Castela, deixou em Toledo sua esposa, a rainha dona Constança, e o arcebispo eleito, Dom Bernardo, os quais, compartilhando o desejo ardente dos cristãos, e levados também pelos próprios sentimentos, julgavam uma indignidade o templo principal estar em poder dos inimigos, e resolveram uma noite assaltá-lo, com pessoas armadas, apoderando-se dele. E assim o fizeram.

Indignado por não ter sido respeitado o seu juramento, o rei dirigiu-se à cidade resolvido a castigar severamente os principais autores daquela afronta. Grande foi o contentamento dos mouros em contraste com a tristeza dos cristãos. Vendo, estes, que o rei já se achava às portas da cidade, saíram em procissão pelas ruas, vestidos de luto e cilício, implorando clemência. Outros, no templo, de joelhos, imploravam a Maria Santíssima que tocasse o coração do monarca. E eis que realmente se opera o milagre: seu coração abranda-se inteiramente.

Os mouros, que antegozavam o castigo que cairia sobre os cristãos e a vingança de sua injúria, começaram a recear que o castigo se voltasse contra eles, tirando-lhes a liberdade e tornando-lhes a vida dura e insuportável. Rapidamente apresentaram-se, portanto, ao rei, e prostrados a seus pés, suplicaram que perdoasse à rainha e ao arcebispo, deixando o templo em poder dos cristãos.

Acedeu o rei com prazer ao pedido dos mouros, transformando sua ira em benevolência, e sua tristeza em alegria.

A procissão entrou triunfante na cidade, e, dirigindo-se ao templo da Virgem, renderam-lhe graças por haver outorgado a paz à cidade. E para que se perpetuasse na memória das gerações vindouras essa graça tão singular, foi instituída a festa de Nossa Senhora da Paz.  


Busca


Terça-feira, 26 de Outubro de 2021




Acessos








Mulher Vestida de Sol