‹ voltar



Nossa Senhora das Mercês

 

(Espanha)

(1218)

(Festa em 24 de setembro)

 

Estando os pobres cristãos escravizados pelos mouros, na maior e mais rica parte da Espanha, compadeceu-se Deus daqueles desgraçados expostos a perder a fé e a inocência, e sujeitos a toda espécie de maus-tratos. Na noite de 1º de agosto de 1218, Nossa Senhora apareceu, em sonho, a três homens dedicados, convidando-os para fundar uma ordem religiosa destinada a resgatar os cristãos cativos dos infiéis. Depois que Pedro (São Pedro Nolasco), Raimundo (São Raimundo Penhaforte) e Jaime, rei de Aragão, verificaram que cada um tinha tido a mesma visão, não duvidaram mais e resolveram fundar a ordem a que deram o nome de Ordem de Nossa Senhora das Mercês para o resgate dos cativos. 

São Pedro Nolasco foi nomeado mestre-geral do novo Instituto.

Cheio de reconhecimento e admiração pelos grandes serviços que prestava essa ordem heróica, o Santo Padre a aprovou e instituiu a festa de Nossa Senhora das Mercês, celebrada em 24 de setembro.

 

Oração a Nossa Senhora das Mercês

Virgem Maria, Mãe das Mercês, com humildade acorremos a Vós, certos de que não nos abandonais por causa de nossas limitações e faltas.

Animados pelo vosso amor de Mãe, vos oferecemos nosso corpo para que o purifiqueis, nossa alma para que a santifiqueis, o que somos e o que temos, consagrando tudo a Vós.

Amparai, protegei, bendizei e guardai sob a vossa maternal bondade a todos e a cada um dos membros desta família que se consagra totalmente a Vós.

Ó Maria, Mãe e Senhora nossa das Mercês, apresentai-nos ao vosso Filho Jesus, para que, por vosso intermédio alcancemos, na terra, a sua Graça e depois a vida eterna. Amém!


Busca


Terça-feira, 26 de Outubro de 2021




Acessos








Mulher Vestida de Sol