‹ voltar



“AI DO MUNDO, POR CAUSA DOS TROPEÇOS!...” (Mt 18, 7) Professor universitário “não binário” em Virgínia pede a normalização da pedofilia

 

17 Novembro 2021
Fonte: https://tierrapura.org/2021/11/17/profesor-universitario-no-binario-en-virginia-pide-normalizar-la-pedofilia/

Um controverso professor universitário na Virgínia está promovendo a normalização da pedofilia. Ele é Allyn Walker, professor assistente na Universidade Old Dominion no Departamento de Sociologia e Justiça Criminal. Walker se identifica como uma pessoa "não-binária" e acredita que a sociedade não deve condenar aqueles que são atraídos por menores. n/d

Em uma entrevista com Prostasia, ele falou sobre seu livro A Long Dark Shadow: People Attracted to Minors and Their Quest for Dignity (Uma Longa Sombra Escura: Pessoas Atraídas por Menores e Sua Busca por Dignidade). Em sua publicação, ele usa o termo MAP, que significa Pessoa Atraída por Menores (MAP). Este é o nome de um movimento social recentemente conhecido, formado por pessoas que procuram se diferenciar dos pedófilos.

"Eu uso o termo pessoa atraída por menores ou MAP no título e em todo o livro por múltiplas razões. Primeiro, porque acredito que é importante utilizar a terminologia para grupos em que seus membros querem que outros usem para eles. Grupos de defesa do MAP, como o B4UAct, têm defendido o uso do termo, e o têm defendido principalmente porque é menos estigmatizante do que outros termos, como pedófilo. Muitas pessoas quando ouvem o termo pedófilo, assumem automaticamente que ele se refere a um agressor sexual. E isso não é verdade", disse Walker durante a entrevista.

 

O professor pede para não chamá-los de pedófilos

Walker explicou que o termo e o que ele significa - pessoas atraídas por crianças - não tem nada a ver com moralidade. "Da minha perspectiva, não há moralidade ou imoralidade ligadas à atração por ninguém, porque ninguém pode controlar por quem se sente atraído. Em outras palavras, não é o que nos atrai que está certo ou errado. São nossos comportamentos e a resposta a essa atração que estão certos ou errados."

Ele acrescentou: "Nós socialmente acreditamos que o estigma contra os MAPs serve para proteger as crianças porque não entendemos completamente as diferenças entre os MAPs e os agressores sexuais. Mais uma vez, temos esta confusão entre atração e comportamento criminoso".

Finalmente, ele ressaltou que submeter os pedófilos à ajuda profissional é o mesmo que forçá-los a se submeter à terapia de conversão. "Sabemos também que métodos como a terapia de conversão não são de modo algum eficazes. E ainda assim, isso tende a ser o que as pessoas pensam quando acreditam que os MAPs deveriam  tentar se livrar de suas atrações".

 

Reações e indignação pelas tentativas de normalizar a pedofilia

O senador Ted Cruz, do estado do Texas, falou após assistir à entrevista, mencionando a conta de Twitter da universidade e perguntando o que diabos havia de errado com ele.

Vários usuários das mídias sociais expressaram seu desconforto com as tentativas do professor universitário de normalizar a atração sexual de adultos por crianças.

 


 

“Mas qualquer que fizer tropeçar um destes pequeninos que crêem em mim,

melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma pedra de moinho, e se submergisse na profundeza do mar.

Ai do mundo, por causa dos tropeços! pois é inevitável que venham; mas ai do homem por quem o tropeço vier!

Se, pois, a tua mão ou o teu pé te fizer tropeçar, corta-o, lança-o de ti; melhor te é entrar na vida aleijado, ou coxo,

do que, tendo duas mãos ou dois pés, ser lançado no fogo eterno.” (Mt 18, 6-7)

 


Busca


Domingo, 28 de Novembro de 2021




Acessos








Mulher Vestida de Sol