‹ voltar



Jesus: Durante toda Minha infância, Eu sabia quem Eu era (12-12-2013)

 

Recebido quinta-feira, 12 de dezembro de 2013, 23:15, Mensagem 994 do Livro da Verdade. Jesus a Maria da Divina Misericordia:



Minha muito amada filha, como o momento do Meu Aniversário se aproxima, Eu desejo que todos os Cristãos em todos os lugares reflitam sobre o motivo do Meu Nascimento.

Meu Nascimento foi planejado por Meu Pai, da Sua Grande Misericórdia e do Seu Amor extraordinário para com Seus filhos. Seu maior sacrifício foi enviar Seu único Filho, nascido Dele, em um mundo ingrato, cheio de pecadores, que não queriam conhecê-Lo em Seus Termos. Cada Intervenção foi feita, através dos profetas, para tentar transformar seus corações endurecidos para buscar a Sua Glória. Mas eles se voltaram contra Ele e mataram os profetas, que os alimentaram com o Alimento para suas almas.

Através do envio de uma criança inocente, Seu único Filho, para o mundo, Ele colocou-se como um servo humilde de carne humana, diante daqueles que foram feitos para servir ao seu Mestre. O Mestre, por isso, tornou-se o Servo, que foi a maior forma de Humildade. No entanto, Ele amou muito os Seus filhos, Ele estava preparado para fazer qualquer coisa para conquistá-los de volta do engano e da tentação de Satanás.

Durante toda Minha infância, Eu sabia quem Eu era e o que era esperado de Mim. Eu também estava muito assustado e oprimido pelo conhecimento de Quem Eu era e o que era esperado de Mim. Porque Eu era humano, Eu sofria de medo. Eu era facilmente ferido. Eu amei todos que entraram em contato Comigo e Eu confiei em todos, porque Eu os amava. Eu não sabia que eles iriam matar-Me, porque Eu pensava que Meu Reino havia chegado. Havia certas coisas escondidas de Mim por Meu Pai, Que não se comunicava Comigo, como vocês acreditariam. Em vez disso, Eu recebi um conhecimento infundido, quando desejado por Meu Pai, na tarefa atribuída a Mim, a fim de levar a salvação a todos.

Todo tipo de Intervenção Divina foi feito, para conquistar as almas daqueles, que pensavam que sabiam as Leis do Meu Pai, mas que as torceram, de acordo com seus próprios desejos e egos.

Passei muitos anos vivendo com Minha amada Mãe e pai, São José, assim como qualquer família. Eu os amava muito e Eu estava feliz. Ficamos muito perto e Minha Mãe era dotada de Graças especiais, dadas a Ela pelo Poder do Espírito Santo. Isso significava que Ela sabia exatamente o que Minha Missão implicava. Ela sabia das dificuldades, que Eu teria de enfrentar. A rejeição. O ridículo. Mas nem Ela sabia que Eu seria assassinado.

Foi após os dois primeiros anos da Minha Missão, depois de passar 20 horas por dia pregando a Verdade, que Eu percebi que a oposição foi montada. Todos aqueles, que ouviram a Minha Palavra, estavam alertas a esta, mesmo quando não conseguiram entender exatamente o que Eu estava tentando dizer a eles. Muitos, que aceitaram que o que Eu disse a eles era a Verdade, achavam difícil de Me seguir, por causa do ridículo que eles enfrentariam. De qualquer maneira, Meus inimigos não podiam ignorar-Me. Eu era o assunto de muito debate, muita discussão e muito atrito.

Eles espalharam mentiras terríveis sobre Mim, incluindo a Minha Moral, Meu equilíbrio mental e Minhas intenções - e, ainda assim, eles não poderiam ignorar o que Eu fiz, o que Eu falei e o que Eu lhes disse sobre o Reino do Meu Pai.

Eu fui traído por aqueles que Me amavam, mas que não tinham a coragem de seguir-Me.

Pela Graça do Meu Pai, Eu suportei toda essa Dor, até a realização final ficar clara para Mim. Eu sabia, então, que eles não Me aceitariam. Eu sabia a Verdade, até o final, mas Eu também sabia que Eu não podia desistir. E assim, através do maior ato de humildade, Deus, através de Seu Único Filho, tornou-se uma Vítima e permitiu assim que o homem Lhe infligisse um terrível sofrimento, flagelação e morte violenta. Isto foi, aparentemente um ato de covardia por Mim, como visto através dos olhos de Satanás, e fez com que ele duvidasse que Eu era, de fato, o Filho do homem. E assim ele foi enganado. Satanás, portanto, não poderia contrariar este Grande Ato de Humildade, pois não havia mais ninguém para tentar. Quando Eu fui para a Minha morte, uma vítima voluntária e silenciosa, cheio de amor pela Humanidade, ele, Satanás, não poderia competir com esta ação, pois ele não possui qualquer forma de humildade. Então, Eu fui de bom grado e com um desejo ardente de salvar almas, e deixei para o mundo o legado da Vida Eterna. No entanto Meu Reino permaneceu, para a maior parte, sob o domínio de Satanás. As almas, no entanto, sabem a Verdade.

Agora, para garantir que a Humanidade compreenda a Verdade, Eu venho para recuperar o Meu Reino. Ao fazer isso, Eu tenho provocado a ira de Satanás. Seus planos, para esconder a Verdade, são elaborados e sofisticados. Astuciosamente, ele se infiltrou na Minha Igreja, nesta sua última tentativa para negar-Me as almas, para as quais Eu vim. As almas, que têm um direito natural ao Reino Glorioso, que Eu prometi a elas. Desta vez, ele não vai ganhar. Mas, muitas almas serão enganadas e, como tais, serão enganadas para não receber o Grande Presente, dado à Humanidade pelo Meu amado Pai. O direito para viver uma vida na Glória de Deus, com um corpo perfeito e uma alma perfeita para a eternidade, é sua. Para todos vocês. Não desperdicem isso, permitindo-se serem cegos para a Verdadeira Palavra de Deus!

Seu Jesus.

Fonte: http://jesusfala.org/index.php/mensagens-2013/1026-0994-13-12-12-23-15-durante-toda-minha-infancia-eu-sabia-quem-eu-era

Busca


Domingo, 28 de Novembro de 2021




Acessos








Mulher Vestida de Sol