‹ voltar



Os benefícios espirituais do trabalho físico

A espiritualidade pode significar muitas coisas para muitas pessoas, mas em geral, alguém num caminho espiritual procura uma existência mais nobre ou significativa; desejando ser uma pessoa melhor e ter uma ligação mais próxima com as forças criativas do universo.

Estudos têm demonstrado que práticas espirituais tais como meditação, canto, estudo e oração podem ter muitos benefícios para a saúde física, mas o oposto também é verdadeiro. A atividade física, especialmente o trabalho ao ar livre, pode também ter um efeito positivo no crescimento espiritual.

O trabalho físico ao ar livre, quer se trate da manutenção de um jardim, da limpeza de neve, da construção, da pintura, da lavagem de janelas, ou do corte de madeira, tem resultados concretos que geram sentimentos de satisfação por um trabalho bem feito. Trabalhar o corpo envolve todo o ser e torna a experiência mais gratificante.

As pessoas sentem-se melhor sobre si próprias quando sabem que ganharam o que têm. O trabalho estimulante e desafiador é importante para um sentido de auto-valorização e dignidade. Estar envolvido numa atividade útil alimenta a alma e dá-nos um sentido de propósito. Tarefas que requerem algum esforço ou um esforço considerável podem exigir fé e perseverança para serem completadas, solidificando estas características importantes para o próprio crescimento espiritual.

O ar livre acrescenta valor

No interior (de casa), estamos frequentemente rodeados por milhares de objetos inanimados da nossa própria escolha, o que nos leva à absorção de si mesmo e à falta de concentração. Ao ar livre, entramos num ambiente fresco e muito vivo. Dá-nos um sentido de lugar no vasto universo, e podemos perceber e aceitar mais facilmente a maravilha do mundo em constante mudança que nos rodeia.

Os pesquisadores descobriram que a "maravilha" é uma parte importante da espiritualidade, uma vez que inspira admiração e reflexão. Na sua própria experiência, o Dr. Anthony T. DeBenedet descobre que "a maravilha faz-nos sentir mais pequenos. Não insignificante mas menor, no sentido de que faz parte de um todo maior. Dessa forma, a espiritualidade e a admiração têm funções semelhantes. Meditar, encontrar o divino ou experimentar o milagroso pode muitas vezes fazer-nos sentir mais pequenos dessa maneira maravilhosa. Compreendes que faz parte de uma grande sinfonia de coisas. Tens um lugar e um propósito maior no mundo.”

O valor espiritual da natureza é também reconhecido por Edward O. Wilson, naturalista de Harvard e vencedor do Prémio Pulitzer, que acredita que a natureza é essencial para a boa saúde. Ele argumenta que temos afinidade com a natureza, ou biofilia (amor aos seres vivos) porque fazemos parte da natureza; e que estamos ligados a ela e por ela restaurados.

Efeito purificador do trabalho físico

Tal como outros exercícios vigorosos, o trabalho físico ajuda a limpar o corpo e a limpar a mente. O suor ajuda a libertar toxinas através da pele; e o trabalho duro também fortalece o coração, o fígado e outros órgãos internos para lhes permitir eliminar melhor as toxinas. Um benefício adicional é um maior desejo de hidratação, o que irá alimentar ainda mais o sistema.

A maioria das pessoas já experimentou o efeito calmante que o exercício tem sobre a mente estressada. Estudos mostram que a atividade aeróbica aumenta o fluxo sanguíneo para o córtex frontal, onde se realizam importantes atividades mentais. O exercício não só aumenta a atividade neuronal, como também estimula o crescimento de novos neurônios, o que ajuda a memória e a aprendizagem. Foi demonstrado que o exercício vigoroso tem um efeito regulador significativo nas emoções negativas.

O trabalho gera força

O fortalecimento da mente e do corpo através do trabalho físico fortalece a resistência e solidifica o carácter moral. Uma pessoa que conhece o valor do trabalho árduo está mais disposta a lutar pelo crescimento espiritual. Um trabalho exigente requer força de carácter e disciplina. A integridade, a humildade e a determinação nascidas do trabalho árduo podem servir de base para o crescimento espiritual.

Por outro lado, muito pouca atividade física útil pode convidar alguém a ficar mais relaxado e até a procurar formas menos virtuosas de gastar o seu tempo. Como diz o provérbio, "O diabo encontra trabalho para mãos ociosas". Manter a mente e o corpo envolvidos num trabalho honesto ajuda-nos a resistir à tentação de nos desviarmos do nosso caminho espiritual.

Do mesmo modo, quando o trabalho requer pouco esforço, sente-se igualmente pouca satisfação. A confiança, autosuficiência e a dignidade sofrem quando se toma o caminho mais fácil. Frank Sonnenberg, autor de Listen to Your Conscience (Escuta tua consciência), escreve, "...quando alguma parte do corpo humano não se exercita adequadamente, se atrofia. O mesmo ocorre com o espírito.”

O Jardim de Deus  /  O beijo do sol por perdão,  /  O canto dos pássaros para se regozijar,
Um está mais próximo do Coração de Deus em um jardim  /  do que em qualquer outra parte do mundo.
(Dorothy Frances Gurney, linhas 13-16 de seu poema O Jardim de Deus)

Todo o jardineiro sabe que o prazer de observar e trabalhar com a natureza não pode ser substituído por qualquer recompensa material. Um jardim nos proporciona o trabalho sagrado de nutrir a vida, assim como o ambiente humilde de um mundo mágico. Quando trabalhamos de todo o coração em um jardim, unimo-nos à natureza e abandonamos o nosso complicado sentido de eu.

Clare Cooper Marcus, MA, MCP, professora emérita na Universidade da Califórnia em Berkeley e uma das fundadoras do campo da psicologia ambiental, acredita que estar na natureza "coloca a mente num estado semelhante à meditação". Porque deixamos de nos preocupar com as nossas preocupações pessoais, os nossos sentidos despertam e experimentamos a vida no momento, o que Marcus considera "muito eficaz na redução do estresse".

A opinião de Ralph Waldo Emerson sobre o trabalho duro

Ralph Waldo Emerson, o poeta e filósofo americano que defendeu o transcendentalismo, escreveu sobre a Lei da Compensação, pelo que acabamos por ser compensados em conformidade por qualquer esforço que façamos.

Ralph Waldo Emerson, um escritor espiritual do século XIX, foi um grande defensor do trabalho árduo. Escreveu extensivamente sobre autossuficiência e independência de pensamento, influenciando outros escritores como Walt Whitman e Henry David Thoreau, que viveram na propriedade arborizada de Emerson em Walden Pond durante dois anos, numa pequena cabana que ele próprio construiu.

"As bases de uma pessoa não estão na matéria, mas no espírito" Ralph Waldo Emerson, poeta americano.

Como um importante transcendentalista americano, Emerson acreditava numa continuidade fundamental entre o homem, a natureza e o divino.

Embarcar num caminho espiritual

A espiritualidade pode ajudar-nos a levar uma vida mais satisfatória. Pode aprofundar a sua compreensão do seu lugar no mundo, encher o seu coração de gratidão e compaixão, e abrir canais para se conectar com os outros. O trabalho físico pode desempenhar um papel importante na realização dos seus objetivos espirituais.

Há inúmeras formas de trabalhar o corpo para valorizar o espírito. Mesmo que não tenha um jardim ou propriedade própria para trabalhar, se tiver a capacidade, pode ajudar outros que tenham menos capacidade. Cortar alegremente a relva de um vizinho, pintar a vedação de outro e lavar as janelas de um familiar não só lhe trará grande satisfação, como também espalhará boa vontade, fortalecerá as ligações sociais e melhorará o seu ambiente coletivo.

Visto em: https://tierrapura.org/2022/01/06/los-beneficios-espirituales-del-trabajo-fisico/

Busca


Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2022




Acessos








Mulher Vestida de Sol