‹ voltar



Nossa Senhora de Celles (Celles - França)

 

No dia 28 de maio de 1686, em Celles, França, o jovem Jean Courdil, andando pelo campo, ficou surpreendido com uma pombinha que parecia acompanhá-lo deliberadamente, precedendo-o, como que a indicar-lhe o caminho.

O moço, continuando seu caminho, viu de repente a pomba transformar-se em uma jovenzinha de vestido branco, pelo que ficou assombrado, mas a aparição lhe disse que se tranquilizasse, porque ela era a Virgem Maria. E então pediu: “Penitência! Penitência!...” Em particular, pediu que quatro mulheres que haviam combatido contra o padre deveriam fazer penitência.n/d

Ela abençoou a primavera (árvore) que ele estava cultivando por volta daquele dia. Rapidamente se tornou evidente que a primavera tinha poderes especiais de cura e uma igreja foi construída na encosta da montanha ao lado da primavera. A Virgem deixou um sinal na pá de Jean: três folhas de carvalho em forma de cruz.

Em julho, a Virgem aparece uma segunda vez a Jean em seu quarto. "Você fez bem o que eu lhe ordenei, e a fonte será boa; o mundo foi corrigido", diz-lhe ela.

Uma comissão de inquérito registrou vinte e oito "curas" graças à água da fonte. Em outubro de 1686, um segundo inquérito mencionou sete novos casos.

Uma capela foi construída e abençoada em 8 de setembro de 1695. Organizaram-se procissões e operaram-se prodígios. Nossa Senhora derramava graças em profusão e curava principalmente as moléstias dos olhos. O santuário atraiu fiéis de toda a região e até mesmo da Espanha.

Visitantes são sempre bem-vindos para visitar o local e recolher a água bendita e curativa, deixada por Nossa Senhora, que ainda corre no local.  


Busca


Domingo, 03 de Julho de 2022




Acessos








Mulher Vestida de Sol