‹ voltar



"E SEREIS ODIADOS DE TODOS POR CAUSA DO MEU NOME..." (Mt 10, 22) "Hostilidade anticristã" está varrendo a Europa Ocidental

Artigo:

3.000 locais cristãos na Europa atacados em 2019

'Ano recorde' para 'sacrilégio anticristão no continente'

Por WND Staff - Publicado 4 de janeiro de 2020 às 13:46


Houve cerca de 3.000 igrejas cristãs e outros locais ligados à fé atacados durante 2019 em toda a Europa, incluindo um enorme aumento de incidentes na França e na Alemanha que coincidem com a "recente imigração em massa do mundo muçulmano”, segundo um novo relatório.

A documentação é de Soeren Kern, pesquisador sênior do Gatestone Institute de Nova York.

É a "hostilidade anticristã" que está varrendo a Europa Ocidental, onde ataques foram relatados várias vezes ao dia, explicou.

"O Gatestone Institute analisou milhares de reportagens de jornais, registros policiais, consultas parlamentares, postagens de mídia social e blogs especializados da Grã-Bretanha, França, Alemanha, Irlanda, Itália e Espanha. A pesquisa mostra... que cerca de 3.000 igrejas, escolas, cemitérios e monumentos cristãos foram vandalizados, saqueados ou desfigurados na Europa durante 2019 - que está a caminho de se tornar um ano recorde de sacrilégio anticristão no continente", afirmou o relatório.

Foi na França e na Alemanha que "o aumento dos ataques anticristãos se encaixa na recente imigração em massa do mundo muçulmano", informou ele.

Mas o relatório apontou: "A falta de estatísticas oficiais sobre autores e motivos torna impossível saber com precisão quantos ataques podem ser atribuídos ao anticristianismo muçulmano ou à causa jihadista".

Na França, igrejas, escolas, cemitérios e monumentos foram "vandalizados, profanados e queimados a uma taxa média de três por dia". Para a Alemanha, eram duas por dia.

"Ataques a igrejas e símbolos cristãos também são comuns na Bélgica, Grã-Bretanha, Dinamarca, Irlanda, Itália e Espanha. Os ataques envolvem predominantemente locais e símbolos católicos romanos, embora na Alemanha as igrejas protestantes também estejam sendo alvo", relatou Kern.

Os ataques envolvem "incêndio criminoso, defecação, profanação, pilhagem, zombaria, profanação, satanismo, roubo, micção e vandalismo", mas os autores raramente são pegos, informou Kern.

O relatório dizia: "A questão do vandalismo anticristão raramente foi relatada pela mídia europeia até fevereiro de 2019, quando os vândalos atacaram nove igrejas no espaço de duas semanas. A questão voltou às manchetes em abril de 2019, quando um incêndio suspeito destruiu a icônica Catedral de Notre Dame em Paris. Desde então, porém, a mídia européia está mais uma vez ocultando fatos em silêncio ".

"Estamos testemunhando a convergência do laicismo - concebida como secularismo, que relega os fiéis apenas à esfera privada e onde todas as denominações religiosas são banais ou estigmatizadas - com a esmagadora emergência do Islã, que ataca os infiéis e aqueles que rejeitam o Alcorão”, Dominique Rey, bispo de Fréjus-Toulon, em entrevista à revista italiana Il Timone, 5 de agosto de 2019, de acordo com o relatório da Gatestone.

O relatório disse que a maioria dos ataques são atos de vandalismo, visando objetos e símbolos considerados sagrados pelos cristãos.

"De uma perspectiva estritamente legal, esses crimes são difíceis de processar como crimes de ódio: de acordo com as leis da maioria dos países europeus, os promotores devem provar que o vandalismo foi especificamente motivado por uma animosidade em relação aos cristãos ou ao cristianismo", afirmou o relatório.

Outros envolvem roubo, onde sinos de igrejas, objetos sagrados de metal e outros itens foram atingidos.

"Na Grã-Bretanha, quase metade de todas as igrejas da Lista Histórica Nacional da Inglaterra foram saqueadas. Muitos dos crimes estão sendo atribuídos a gangues altamente organizadas que usam drones, mapas on-line e sistemas de posicionamento global primeiro para identificar seus alvos através de imagens aéreas e depois tramam suas próprias rotas de fuga ", afirma o relatório.

Depois, há política.

"Tais ataques incluem desfigurar igrejas e símbolos religiosos com pichações políticas, muitas delas de natureza anarquista ou feminista. Em Genebra, na Suíça, por exemplo, o icônico Monumento Internacional à Reforma Protestante, também conhecido como Muro da Reforma, foi vandalizado com várias tintas coloridas formando um arco-íris, um símbolo dos grupos LGBT ", disse o relatório.

E obviamente existe "uma hostilidade profunda em relação ao cristianismo".

"Tais ataques incluem borrar fezes nas representações de Jesus Cristo ou nas estátuas de Maria, a mãe de Jesus. Outros ataques envolvem a contaminação ou roubo de partículas de comunhão, que os católicos romanos acreditam que são transformadas na presença real de Cristo quando consagradas. Alguns desses ataques podem ser obra de satanistas, que usam a hóstia consagrada em um ritual chamado missa negra", afirmou.

Fonte: https://www.wnd.com/2020/01/3000-christian-sites-europe-attacked-2019/

 

“Deveis compreender que o demônio, neste exato momento, deseja afastar-vos de Minha Verdade, não deseja ser descoberto, já que a destruição a que se propõe não chegou ao nível desejado por ele. Minhas imagens são condenadas, destruídas, obrigando aqueles que professam obediência a Meus Mandamentos a destruirem tudo quanto exista de Mim. Esta geração continua caminhando sozinha consigo mesma e com quem mantém em curso seu plano destrutivo: Satanás.” (Jesus Cristo a Luz de Maria, em 04-01-2018)

 

“Invadir os templos e destruí-los vai ser um acontecimento de cada instante para amedrontar Meus filhos e fazer com que eles renunciem à fé.” (Virgem Maria a Luz de Maria, em 21-06-2017)

 

“Lembrai-vos da palavra que vos disse: Não é o servo maior do que o seu senhor. Se a mim me perseguiram, também vos perseguirão a vós; se guardaram a minha palavra, também guardarão a vossa. Mas tudo isto vos farão por causa do meu nome, porque não conhecem aquele que me enviou.” (João 15, 20-21)

 


Busca


Quarta-feira, 22 de Janeiro de 2020







Acessos

Curta nossa página no facebook



Rainha Maria

Glória de Deus

Mulher Vestida de Sol