‹ voltar

E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas. Homens desmaiando de terror, na expectação das coisas que sobrevirão ao mundo; porquanto as virtudes do céu serão abaladas. (Lc 21, 25-26) Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. (Mt 24, 7)


'E HAVERÁ SINAIS NO SOL, NA LUA E NAS ESTRELAS...' (Lc 21, 25) - Terra sofre a tempestade solar mais forte da última década

Chegou à Terra nesta sexta-feira, 08-09-2017, a segunda nuvem de partículas da tempestade magnética mais forte dos últimos 11 anos, que atingiu o planeta há dois dias. A tempestade solar foi de categoria G4, a segunda mais forte da escala de 1 a 5. O fenômeno causou blecautes nas comunicações de rádio e problemas com os sistemas de navegação GPS.

Em entrevista à ANSA, o físico solar Mauro Messerotti, do Observatório de Trieste, explicou os danos do fenômeno. 'A tempestade bateu no campo magnético da Terra algumas horas mais cedo do que a previsão inicial. Ela criou problemas nas comunicações de rádio em regiões polares, mesmo em latitudes mais baixas, e perturbou os sistemas de navegação GPS, porque a atmosfera estava cheia de partículas eletricamente carregadas e receptores não podiam captar os sinais enviados pelos satélites', informou.

O fenômeno também provocou auroras boreais com brilhos mais intensos do que o habitual, sendo possível vê-las claramente em todas as regiões polares, como também em latitudes mais baixas, como aconteceu no estado de Arkansas, nos Estados Unidos. Já nos países nórdicos, o brilho das auroras atrapalhou até o trânsito em algumas regiões.

 

Fonte: http://www.opovo.com.br/noticias/mundo/2017/09/terra-sofre-a-tempestade-solar-mais-forte-da-ultima-decada.html

 

Também, trazemos abaixo um vídeo com a reportagem de um ex-engenheiro da NASA que já teria alertado que a combinação de fatores, incluindo o máximo solar (pico da atividade do Sol, com tempestades solares), estaria causando, entre os meses de junho a setembro (2017), muitas tragédias, como enchentes, tsunamis, terremotos, que deixariam o mundo em alerta. Realmente! Estamos perplexos de ver 3 grandes furacões alinhados girando no Atlântico simultâneamente, algo nunca visto antes!   

 


Busca


Domingo, 19 de Novembro de 2017





Acessos

Curta nossa página no facebook



Rainha Maria

Glória de Deus

Mulher Vestida de Sol