‹ voltar



OVNIs, alienígenas, sessões espíritas e tabuleiros Ouija

n/d
15 Dezembro 2021
Por Nick Redfern

 

Pode parecer estranho que possa haver uma conexão direta entre os tabuleiros Ouija, sessões, alienígenas e OVNIs. O fato é, porém, que existe um link fascinante, como você verá agora. Certamente, uma das mais visíveis conexões girava em torno de um dos primeiros dos chamados “Contatados”.

O homem em questão era George Hunt Williamson. Vamos dar uma olhada nessa pessoa extremamente controversa e seu passado. (Nick Redfern) Página do arquivo George Hunt Williamson do FBI, desclassificado em domínio público pela Lei de Liberdade de Informação dos Estados Unidos.(Nick Redfern) Página do arquivo George Hunt Williamson do FBI, desclassificado em domínio público pela Lei de Liberdade de Informação dos Estados Unidos.

Williamson era um personagem curioso, com certeza: ele usou vários nomes diferentes, incluindo Michael d’Obrenovic e Irmão Philip. Nascido em Chicago, Illinois, em 1926, ele ficou fascinado pelo mundo do inexplicável antes mesmo de ser adolescente. E, quando os discos voadores explodiram em cena no verão de 1947, era quase inevitável que Williamson mergulhasse na polêmica. Ele o fez, de cabeça primeiro e sem olhar para trás, de forma alguma.

Em 1954, Williamson e o ufólogo Al Bailey publicaram seu próprio volume: “The Saucers Speak” (“Os Discos Falam”, em tradução livre). Ele se concentrou nas tentativas de Williamson de entrar em contato com extraterrestres através de meios alternativos de rádio de ondas curtas e tabuleiros Ouija. Actar de Mercúrio; Adu de Hatonn em Andromeda; Agfa Affa das profundezas escuras de Urano; Ankar-22 de Júpiter; Artok de Plutão; e muitos outros estavam entre a heterogênea tripulação alienígena com quem Williamson afirmava ter se comunicado.

Na década de 1950, Williamson mudou seu nome, criou uma nova formação acadêmica fictícia para acompanhar seu então apelido mais recente, e – no que diz respeito à infame questão do Contatado – em grande parte desapareceu.

Williamson morreu em 1986, uma figura até então amplamente esquecida, ou completamente desconhecida, pela comunidade de pesquisadores de OVNIs da época. Mas, não antes de ele e o Contatado George Van Tassel – tarde da noite nos anos 1950 – pegarem um tabuleiro Ouija e usá-lo para tentar “puxar nossos amigos” de mundos distantes. Tudo aconteceu no lendário Giant Rock, Califórnia; um antro para contatados e para aqueles que olhavam para eles.

Vamos mais além: Dr. Nelson Pacheco – que serviu na Força Aérea dos EUA (USAF) por 21 anos e se aposentou em 1987 como tenente-coronel – e o analista de interceptação de rádio da USAF Tommy Blann declarou em seu livro com o tema OVNI, “Unmasking the Enemy” (“Desmascarando o Inimigo”, em tradução livre), que:

“… A CIA começou a se infiltrar em sessões espíritas e reuniões de ocultismo durante os anos 50 … Um memorando datado de 9 de abril de 1953 refere-se a uma operação doméstica – e, portanto, ilegal – que exigia a infiltração de um observador muito especializado em uma sessão espírita para obter uma ampla vigilância de todos indivíduos presentes nas reuniões.”

(Nick Redfern) Homens de Preto %u2013 Uma conexão com o tabuleiro Ouija.(Nick Redfern) Homens de Preto - Uma conexão com o tabuleiro Ouija.

Pacheco era um cientista principal com o Quartel-General Supremo, Poderes Aliados, Europa (de sigla em inglês, SHAPE), Centro Técnico. O livro de Pacheco-Blann foca em “Fim dos Tempos”, demonologia, OVNIs, “Decepção global” e muito mais de natureza muito controversa.

Mais adiante na linha de OVNIs, há a questão dos Homens de Preto (de sigla em inglês MIB) e sua conexão com os tabuleiros Ouija. Eu não estou falando sobre MIBs do tipo Tommy Lee Jones e Will Smith. Em vez disso, estou falando sobre os assustadores, pálidos, e de aparência esquisita Homens de Preto que caíram sobre o pobre entusiasta de discos voadores Albert Bender, cuja vida rapidamente virou de cabeça para baixo no início dos anos 1950.

Bender era um usuário do tabujeiro Ouija e participou de sessões espíritas por um longo tempo. Curiosamente, Brad Steiger suspeitou que foi o uso de tabuleiros Ouija por Bender que permitiu diretamente que Homens de Pretos (MIBs) entrassem no ambiente de Bender. Talvez você queira ter isso em mente.  Você sabe: apenas para o caso de, um dia, você decidir se envolver.

Certamente, tenha cuidado: o livro de Bender de 1962, “Flying Saucer and the Three Men” (“Disco Voador e os Três Homens”, em tradução livre), parece muito mais com uma história de ocultismo, magia negra e demonologia, do que com um livro típico de OVNIs.

Fonte: https://mysteriousuniverse.org/2021/12/ufos-aliens-seances-and-ouija-boards-the-strange-connections/

 

Alienígenas são demônios. Eles estão neste planeta; e ainda um maior número deles estará aqui entre nós, pois virão para lutarem na Batalha do Armagedon. O que um tabuleiro Ouija permite senão esta comunicação com estes seres das trevas? E as sessões espíritas, também frequentadas pelos contatados com os supostos “seres de outros planetas”? O que dizer de tudo isso? Na essência de tudo isto está a clara manifestação de demônios, fazendo a humanidade crer no terrível engano de que exista vida em outros planetas... Mas quando ela se defrontar com a verdade, e descobrir quem estava por trás deste engano o tempo inteiro... Um caminho sem volta para muitas almas, ao descobrirem, na eternidade, que foram enganadas pelo próprio diabo com suas falsas teorias, enganosos sinais e prodígios de mentira que tinham por finalidade, unicamente, afastar estas pobres almas, definitivamente, da presença de Deus e levá-las para o tormento eterno.  

Leia também:

10 razões pelas quais os ‘Alienígenas’ são anjos caídos ou demônios 

Prova de que os Mestres Ascensos são demônios disfarçados 

UFOS: Parte da grande decepção dos tempos finais

 


Busca


Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2022




Acessos








Mulher Vestida de Sol