‹ voltar



"Eu tenho a Bíblia; para que preciso de profecias???"

(Este artigo refere-se à rejeição para com as profecias atuais dadas por Deus à humanidade.)

 

Eu tenho a Bíblia, para que precisarei de profecias? A Bíblia me basta. A Bíblia é a única coisa que preciso conhecer para ser salvo. Ali está tudo o que eu preciso saber. Ali está tudo o que Deus e Jesus deixaram registrado para servir para a minha salvação pessoal. O resto é o resto. Tenho a Santa Palavra da Bíblia e ela me basta. Dispenso o resto. (etc, etc, etc...)

E você? Também é alguém que pensa da forma acima?

Ou já viu alguém afirmando algo como o que está acima?

Imagine o seguinte quadro: você está perdido em uma densa e extensa selva, desconhecida e cheia de perigos, da qual você sequer imagina como poderá sair, ou mesmo para que lado deve se dirigir, se não lhe tiver sido dado algum recurso que lhe oriente para o caminho correto que lhe fará chegar vivo ao seu destino seguro e final. n/d

Na clareira onde você está, indeciso sobre para qual lado deverá iniciar sua caminhada, você encontra uma BÚSSOLA. Que maravilha! Alguém a teria deixado ali. Que alegria por este achado! Era tudo o que você precisava, não é mesmo? Agora você já tem a direção certa. Você já sabe para que lado deve ir, e este item vai lhe garantir que você esteja indo na direção certa. Ótimo. Ponha-se a caminho.

Então, você, animadamente, começa a empreender uma caminhada, ainda que sem previsão de data de chegada no destino, e mesmo sem conhecer o que poderá encontrar na densa e perigosíssima selva que está adentrando.

Por uma grande ajuda externa, “alguém” antes de você passou pelo mesmo caminho que você está iniciando agora. E esta pessoa, pensando em beneficiar todos aqueles que viessem após ela e dessa forma garantir que chegassem ao destino esperado, preparou UM MAPA de toda a selva. Um mapa para avisar aqueles que viessem após ela sobre os perigos e as armadilhas que estariam no caminho, um detalhamento do que as pessoas iriam encontrar quando estivessem trilhando por aquela selva assustadora e sombria. Você é mesmo de sorte! Primeiro achou uma bússola... Agora, acha um mapa cheio de informação valiosa, sem a qual, talvez, você ficasse pelo caminho, afundado em um buraco, ao cair na primeira armadilha de captura que estivesse no solo, camuflada, para pegar animais. Ou, ainda, se não tivesse informação de qualidade a respeito do terreno, vinda deste maravilhoso e detalhado mapa, não iria se desviar de uma região de animais peçonhentos, e acabaria atacado por estes animais, cujas mordidas lhe teriam sido fatais. n/d

Mas você é realmente alguém de sorte! Soube escolher os melhores caminhos e desviar das armadilhas, e tem tudo para chegar ao destino final. Você está muito contente. Você está muito grato para com aquela pessoa que lhe deixou a bússola, e também para com aquela pessoa que preparou e deixou aquele mapa do caminho, que foi tão importante para lhe conduzir em segurança e preservar a sua vida.

Depois de muitos e muitos dias de caminhada, com todas as dificuldades pelas quais você passou no trajeto, finalmente, você chega ao final daquela selva e encontra uma vasta planície, com núcleos de comunidades, onde moram pessoas que também tiveram êxito e venceram as limitações e provas daquela horrível selva.  

Que felicidade poder chegar ao destino final! Você está cheio de gratidão por aquela pessoa que deixou aqueles itens que foram fundamentais para que você ali chegasse, e quer agradecê-las pessoalmente. Então, entre todas as pessoas que vieram ali lhe receber, de repente, entre elas, abre-se uma clareira e caminha até você aquela pessoa que foi o responsável por deixar a BÚSSOLA. E então, você descobre também que essa mesma pessoa LHE PREPAROU O MAPA para que você pudesse chegar aonde chegou. Sim, as duas coisas se completaram em seu propósito. As duas coisas vieram da mesma fonte, ou seja, quem as produziu foi a mesma pessoa. E você agradece enormemente a este benfeitor pelos itens sem os quais seria impossível ter chegado vivo até ali.

Nessa altura da nossa estória ilustrativa, você já deve estar entendendo que estamos falando, por analogia, da BÍBLIA e das PROFECIAS.

A BÍBLIA É A NOSSA “BÚSSOLA”. AS PROFECIAS SÃO O NOSSO “MAPA”.

A Bíblia é a nossa bússola porque sem ela não vamos a lugar nenhum, ou, eu diria, sem ela vamos aos caminhos da perdição. Os nossos passos devem ser guiados pela BÍBLIA, que é a Palavra de Deus.   

As Profecias são o nosso mapa porque sem elas estamos sem a informação detalhada necessária para vivermos estes tempos finais, cheios de enganos e armadilhas.

 

DEUS FALOU NO PASSADO E DEUS FALA NO PRESENTE

O que as pessoas não percebem é que o mesmo Deus que transmitiu Sua Palavra no passado (Bíblia) é o Deus que transmite aos profetas hoje em dia. Houve profetas no Antigo Testamento, mas na atualidade também há. Deus não deixou sua Igreja órfã. O Espírito de Profecia existe. E Ele não deve ser desprezado.

“Não extingais o Espírito. Não desprezeis as profecias. Examinai tudo: abraçai o que é bom.” (I Tess 5, 19-21)

Quando alguém diz alguma destas coisas abaixo, há uma resposta esclarecedora para cada uma delas:

- Eu tenho a Bíblia, para que precisarei de profecias?

Se não fossem necessárias as palavras de Deus através dos profetas atuais, Deus não as estaria enviando à humanidade. Simples assim. Porque Deus não faz nada desnecessário. Talvez, você que diz não precisar saber mais nada além do que aquilo que lê na Bíblia, seja alguém que, aos Olhos de Deus, mais necessita ser alertado, lembrado, acionado para o que, em seu conhecimento adquirido, ainda não conseguiu captar. Talvez seja o que mais precise. Ainda que não admita.

- A Bíblia me basta. A Bíblia é a única coisa que preciso conhecer para ser salvo.

Se você pensa que a Bíblia é a única leitura que você precisa conhecer para ser salvo, revise seus conceitos. Os demônios conhecem infinitamente melhor do que você a Palavra de Deus, entretanto todos eles foram parar no inferno - devido a seu orgulho, desobediência, traição e outras antivirtudes. Como disse antes, se as Palavras atuais que Deus dispensa ao mundo não fossem necessárias para todos os homens, para evitar que eles decaiam, como decaíram os demônios, elas não estariam sendo dadas. Desprezar tão grande Graça não seria um pouco de orgulho seu, lá no fundo do seu ser? O mesmo orgulho que agiu nos anjos decaídos, que se encheram de presunção?

“Semelhantemente vós jovens, sede sujeitos aos anciãos; e sede todos sujeitos uns aos outros, e revesti-vos de humildade, porque Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.” (1 Pedro 5:5)

- Ali (na Bíblia) está tudo o que eu preciso saber.

Não, meu amigo, ali NÃO ESTÁ TUDO O QUE VOCÊ PRECISA SABER. Ali está tudo o que, à época, foi possível Jesus informar à humanidade, porque ela não tinha condições naquele momento de absorver tudo. Não tinha condições de saber mais.

O próprio Jesus declarou que ainda tinha muito mais para nos dizer...

“Ainda tenho muito que vos dizer, mas vós não o podeis suportar agora. Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir.” (João 16, 12-13)

Então, agora, quando Ele envia Sua Palavra à humanidade, para falar das coisas do Espírito, para nos guiar, e para anunciar as coisas que estão por vir, nos preparando para vivermos os tempos do Apocalipse e da Segunda Vinda de Jesus, conforme declarou que faria em João 16, 12-13, a mesma humanidade que garante que acredita na Bíblia descrê que Sua promessa está sendo cumprida???

Você diz que acredita na Bíblia. Ok.

Você diz que acredita nas palavras de Jesus que estão no Evangelho de João 16, 12-13. Ok.

MAS... não crê que a Palavra que anunciaria as coisas que estão por vir JÁ ESTÁ AQUI, por meio das mensagens recebidas pelos profetas cristãos católicos da atualidade? Aqui há um ponto de inflexão.

As “coisas que estão por vir” foram/estão sendo detalhadamente expostas, através de revelações particulares vindas de Deus para toda a humanidade.

Mas muitos não estão vendo isso.  

“Por isso lhes falo por parábolas; porque eles, vendo, não veem; e, ouvindo, não ouvem nem compreendem. E neles se cumpre a profecia de Isaías, que diz: Ouvindo, ouvireis, mas não compreendereis, e, vendo, vereis, mas não percebereis.” (Mateus 13, 13-14)

- Ali (na Bíblia) está tudo o que Deus e Jesus deixaram registrado para servir para a minha salvação pessoal.

Sim, meu amigo, isto é verdade. TUDO que está na Bíblia está registrado para servir, em primeira ou última análise, à nossa salvação pessoal. MAS NÃO É APENAS ALI que se encontra a Palavra de Deus, porque Ela vem sendo distribuída fartamente para muitas línguas, nações e povos, nas revelações proféticas dos últimos tempos. Para que dê frutos ao espírito. Frutos de Salvação.

 

PROFECIAS E AÇÃO DE DEUS NA TERRA E NO UNIVERSO

“Porque o Senhor Javé nada faz sem revelar seu segredo aos profetas, seus servos.” (Amós 3, 7)

A profecia sempre antecede um evento ou uma realização vinda da parte de Deus. Deus primeiro revela Seu segredo ao profeta; depois executa a ação.

A história humana está prestes a fechar o seu ciclo ao encerrarem-se os eventos descritos no Livro do Apocalipse. Entretanto, antes do final desse ciclo, chegará um tempo em que Deus parará de falar aos profetas, parará de transmitir Sua Palavra. Nesse momento, as pessoas se sentirão como que abandonadas, porque não terão a preciosa condução de Deus.

“Andarão errantes de um mar a outro, vaguearão do Norte ao Oriente; correrão por toda parte buscando a palavra do Senhor, e não a encontrarão.” (Amós 8, 12)

Portanto, esta é a hora de conhecer e aprender tudo o que Deus está nos dizendo.

 

SE PROFECIAS NÃO FOSSEM NECESSÁRIAS, DEUS NÃO AS ESTARIA TRANSMITINDO

Alguém crê que Deus faria algo desnecessário? Alguma coisa que Deus faz é em vão, é desnecessária? Pois bem: quando alguém despreza a informação que Deus manda é como se esta pessoa estivesse dizendo: “não preciso disto”, “posso perfeitamente viver a minha vida sem me ater a isto”, “pouco caso faço destas palavras, não estou interessado nelas”...  

Este não é um descaso para com um homem, MAS É UM DESCASO PARA COM DEUS. E isto é muito serio e grave.

Rejeitar a Palavra de Deus seria um pecado contra o Espírito Santo? Fica aí a pergunta... Não queiramos descobrir que sim, que foi um pecado, depois de chegarmos diante de Deus, no Dia do Juízo, quando nada mais poderemos fazer para reverter o descaso e o desprezo com que tratamos as palavras proféticas que Deus nos enviou...

“O céu e a terra passarão, mas as minhas palavras não hão de passar.” (Mateus 24:35)

“Ouvi a minha instrução, e sede sábios, não a rejeiteis.” (Provérbios 8, 33)

“Atentai para a minha repreensão; pois eis que vos derramarei abundantemente do meu espírito e vos farei saber as minhas palavras. Entretanto, porque eu clamei e recusastes; e estendi a minha mão e não houve quem desse atenção, Antes rejeitastes todo o meu conselho, e não quisestes a minha repreensão, também de minha parte eu me rirei na vossa perdição e zombarei, em vindo o vosso temor. Vindo o vosso temor como a assolação, e vindo a vossa perdição como uma tormenta, sobrevirá a vós aperto e angústia. Então clamarão a mim, mas eu não responderei; de madrugada me buscarão, porém não me acharão. Porquanto odiaram o conhecimento; e não preferiram o temor do Senhor: Não aceitaram o meu conselho, e desprezaram toda a minha repreensão. Portanto comerão do fruto do seu caminho, e fartar-se-ão dos seus próprios conselhos. Porque o erro dos simples os matará, e o desvario dos insensatos os destruirá. Mas o que me der ouvidos habitará em segurança, e estará livre do temor do mal." (Provérbios 1, 23-33)

 

A RESPONSABILIDADE É DE CADA UM

Cabe às pessoas discernirem o que é profecia verdadeira dos embustes. Deus quer que cada um discirna. É da responsabilidade de cada um filtrar o que é bom, o que é verdadeiro, daquilo que é uma falsa profecia.

“Não extingais o Espírito. Não desprezeis as profecias. Examinai tudo: abraçai o que é bom.” (I Tess 5, 19-21)


Busca


Sexta-feira, 01 de Março de 2024










Mulher Vestida de Sol