‹ voltar



AVISADOS VÓS FOSTES - Mãe da Salvação: "Muitos serão despojados de seus títulos"

 

“Eu vo-lo disse agora antes que aconteça, para que, quando acontecer, vós acrediteis.” (João 14, 29)

“Não desprezeis as profecias.” (1Tess 5, 20)

 

Em 17-10-2014, Nossa Senhora, sob o título de Mãe da Salvação, nos alertou para algo muito serio: muitos seriam despojados de seus títulos dentro da Igreja. Vamos rever a mensagem: 

 

Mãe da Salvação: Muitos serão despojados de seus títulos.

Sexta-feira, 17 de outubro de 2014, 15:30

Meus queridos filhos, por favor, orai pelos fiéis servos sagrados de meu Filho, à medida que os eventos futuros ocorrerem. Muitos serão despojados de seus títulos e enviados para o deserto, em desgraça. Os tumultos e a confusão se espalharão dentro da Igreja de Meu Filho, mas os traidores se levantarão em grande número e muitos irão segui-los.

Outras Igrejas cristãs se tornarão próximas da nova igreja adaptada, e então tudo estará pronto para uma nova religião global se levantar. Esta nova forma de igreja, no princípio, parecerá ser uma lufada de ar fresco para muitos que desejam mudança. Então, se tornará claro que ela serve apenas àqueles que querem as Leis de Deus mudadas a fim de se adequar às suas vidas pecaminosas.

Esta igreja perderá toda a Fé. Ela terá todas as aparências de uma nova e renovada igreja de Deus, mas quaisquer símbolos que têm o objetivo de glorificar meu Filho, não serão nada disso.

Então, à medida que o tempo amadurece, a nova Igreja Mundial Única será anunciada e será vista como uma grande instituição humanitária. Ela estará intrinsecamente ligada ao mundo da política e dos negócios. Então, aqueles que nunca pertenceram a nenhum credo se unirão a ela.

Como eles se alegrarão, porque todo pecado será desculpado e, assim, muitas pessoas serão aliviadas, porque elas serão capazes de viver suas vidas como escolherem. Não terão mais que se preocupar em ofender a Deus, porque eles não considerarão o pecado como algo com o qual se preocupar.

A nova igreja, a fim de exalar um senso de merecimento, promoverá obras humanitárias e de caridade, e o mundo inteiro aplaudirá isso. Algum tempo depois, não haverá distinção entre ela e as alianças políticas globais e organizações empresariais dedicadas à filantropia.

Entretanto, a verdadeira Igreja de meu Filho, tal como foi construída por Ele, permanecerá viva, mas enfraquecida. Pequena em números, a igreja remanescente nunca desistirá mesmo quando o Anticristo assumir o controle.

Orai, orai, orai para que os servos sagrados de Meu filho superem seu medo e se levantem para proclamar a Verdade, mesmo quando as suas vozes forem abafadas por aqueles que traem meu Filho.

Vossa Amada Mãe, Mãe da Salvação.

 

Isto já está acontecendo, conforme vemos agora com o que ocorreu com o Arcebispo Carlo Maria Viganò, que foi excomungado. (Conheça algumas de suas posições em defesa da santa Doutrina e Tradição da Igreja, acessando AQUI )

Abaixo, a reportagem que vem comprovar que o que Nossa Senhora nos disse há quase 10 anos está acontecendo.

 

Arcebispo Carlo Maria Viganò é excomungado por cisma

5 Julho 2024
Fonte: https://noticias.cancaonova.com/igreja/arcebispo-carlo-maria-vigano-e-excomungado-por-cisma/

O ex-núncio apostólico nos Estados Unidos, arcebispo Carlo Maria Viganò, foi excomungado. A decisão foi divulgada pelo Dicastério para a Doutrina da Fé através de um comunicado. Os membros do departamento se reuniram no dia 4 de julho para concluir o processo penal extrajudicial ex can. 1720 CIC contra o arcebispo titular de Ulpiana, acusado do delito reservado de cisma (cânn. 751 e 1364 CIC; art. 2 SST).

“São conhecidas as suas declarações públicas, das quais resulta a sua recusa em reconhecer e sujeitar-se ao Sumo Pontífice, da comunhão com os membros da Igreja e da legitimidade e da autoridade magisterial do Concílio Ecumênico Vaticano II”, lê-se no texto.

No final do processo penal, Viganò foi considerado culpado do delito reservado de cisma. A secretaria declarou a excomunhão “latae sententiae” ex can. 1364 § 1 CIC. A remoção da censura nestes casos está reservada à Sé Apostólica. A decisão foi comunicada ao arcebispo nesta sexta-feira, 5.

Desdobramentos e proibições 

No passado dia 20 de junho, foi o próprio prelado quem divulgou o decreto que o convocava a Roma para responder às acusações, dando-lhe a possibilidade até 28 de junho de nomear um advogado de defesa ou enviar por escrito sua defesa. Como isso não aconteceu, foi-lhe designado um defensor público que executou a defesa de Viganò.

Em diversas ocasiões nos últimos anos, o ex-núncio nos EUA declarou que não reconhecia a legitimidade do Papa e do último Concílio. Incorre-se na excomunhão latae sententiae pelo próprio fato de ter cometido o delito.

O excomungado fica proibido de celebrar a Missa e os outros sacramentos; receber os sacramentos; administrar os sacramentais e celebrar outras cerimônias de culto litúrgico; tomar parte ativa nas celebrações acima mencionadas; exercer cargos ou deveres ou ministérios ou funções eclesiásticas; executar atos de governo.

O significado da excomunhão, no entanto, é o de ser uma pena medicinal que convida ao arrependimento, por isso se permanece à espera de um retorno da pessoa à comunhão.

 

"A Igreja de Bergoglio não é a Igreja Católica. Se é por essa Igreja que sou acusado de cisma, então é um motivo de honra", afirmou Viganò no mês passado."

( Fonte: https://www.terra.com.br/noticias/mundo/vaticano-excomunga-arcebispo-desafeto-do-papa-por-cisma,862077f015a7450d16d2405027f926d0h75xtmc9.html?utm_source=clipboard )

O pequeno resto que o Céu se refere nas mensagens celestes trata-se daqueles poucos que, vendo o erro praticado dentro da Igreja, denunciando-o, e se mantendo fieis ao verdadeiro Evangelho pregado por Nosso Senhor Jesus Cristo serão perseguidos, rejeitados, humilhados e expulsos do seio da Igreja.

Leia a importante mensagem de Nossa Senhora ao Clero católico em 21-11-2014.

Mãe da Salvação: Eu tenho uma mensagem para o Clero Católico Romano.

Sexta-feira, 21 de novembro de 2014, 16:15

Eu sou a Imaculada Virgem Maria, Mãe de Deus – a Mãe da Salvação. Hoje, eu tenho uma mensagem para o Clero Católico Romano e venho a vós em Nome do meu amado Filho, Jesus Cristo. Eu chamo todos os servos sagrados do meu Filho, que O servem nestes tempos de grandes provações na Igreja. Vós sois a vanguarda dos Seus Santíssimos Sacramentos e fostes chamados pelo meu Filho para O servir na salvação de todas as almas, e, por causa disso, vós tendes uma grande responsabilidade para com Ele.

O vosso dever é servir sempre o meu Filho e O Seu Corpo – a Sua Igreja – e garantir que a Sua Santíssima Palavra seja respeitada em todos os momentos. Haverá, pela frente, momentos de grande dor e perseguição e deveis preparar-vos agora para isso.

No futuro, a vossa fé será testada ao limite e vós sereis forçados a concordar em fazer um novo voto, onde vós tereis que mostrar lealdade a uma nova doutrina que não será a do meu Filho.

Aqueles dentre vós que reconhecerdes a falsa doutrina quando ela vos for apresentada, não deveis sucumbir a ela.

Quando fordes instruídos a adaptar e modificar os Santos Sacramentos, vós deveis fugir. A Igreja do meu Filho será testada para além da sua resistência. Aqueles de vós que rejeitardes a Verdade em favor de uma nova doutrina alterada – que, dirão eles, é necessária para atender às conveniências dos homens –, sabei que essa será uma grande traição à Palavra de Deus.

Por causa dos Santos votos que vós fizestes para servir o meu Filho, vós tendes, para com os filhos de Deus, o dever de alimentá-los com o Corpo e Sangue do meu Filho, Jesus Cristo. Virá um tempo, contudo, em que vós sereis forçados a modificar o Santo Sacrifício da Missa. Haverá, entre vós, aqueles que saberão instantaneamente que um grande erro está sendo cometido e por isso vós deveis virar as costas. Vós deveis continuar a alimentar as almas daqueles que dependem de vós para alimentá-los com a Santíssima Eucaristia. Se vós permanecerdes leais ao meu Filho e continuardes a servir os filhos de Deus, como é vosso dever, vós O servireis com grande dignidade.

Eu peço-vos que rezeis diariamente o Meu Santíssimo Rosário para vos dar a força que precisareis e para proteger-vos contra Satanás, porque os tempos que se avizinham, que estão quase sobre vós, se tornarão insuportáveis. Ao manter o Selo do Deus Vivo sempre perto de vós, vós recebereis proteção extra contra o maligno.

Haverá, entre vós, muitos sacerdotes que não terão coragem de defender a Palavra de Deus, mas vós nunca deveis ter medo de mostrar lealdade a meu Filho. Se vós trairdes meu Filho, vós levareis convosco almas inocentes, que se encontrarão, involuntariamente, sendo levadas ao erro e a uma terrível escuridão. Satanás penetrou na Igreja de meu Filho por algum tempo, mas toda vez que o caos e a confusão que ele causou se tornaram insuportáveis, isto foi desvanecido por causa da fé dos amados servos sagrados de meu Filho.

Agora, que a fé de muitos sacerdotes foi enfraquecida e, em alguns casos, completamente destruída, as portas do inferno se abriram e um grande perigo está por vir.

Vós nunca deveis ser tentados a renunciar a tudo o que meu Filho ensinou. Meu Filho nunca mudou. Sua Palavra permanece enraizada na Rocha sobre a qual Sua Igreja foi construída. Os Seus Sacramentos trazem às almas a Luz que elas precisam para sustentar a vida. Se vós trairdes meu Filho, vós destruireis a própria vida, porque sem a Presença de meu Filho o mundo não existiria hoje.

Abençoados sejam aqueles que verdadeiramente amam o meu Filho, porque serão eles que liderarão o caminho através do exemplo.

A Vossa Amada Mãe, Mãe de Salvação.

 

CONFIAI MAIS NAS PALAVRAS DE DEUS DO QUE NAS PALAVRAS DOS HOMENS.

“Para que a vossa fé não se apoiasse em sabedoria dos homens, mas no poder de Deus.”

(1 Coríntios 2, 5)

Busca


Domingo, 21 de Julho de 2024










Mulher Vestida de Sol