‹ voltar



Rússia pede contenção após ofensiva de Israel na Síria

A Rússia pediu este sábado a todas as partes ‘contenção’ na Síria.

 

A reação de Moscou chega depois de Israel ter lançado um ataque em larga escala contra alvos iranianos na Síria depois de alegadamente ter sido enviado um drone para espaço aéreo de Israel. As defesas antimísseis sírias dispararam contra um caça F16 que acabou por despenhar-se.

‘Apelamos com insistência a todas as partes envolvidas para se conterem e evitarem qualquer ato que possa complicar ainda a situação’, declarou o ministro dos Negócios Estrangeiros russo num comunicado. No comunicado, Moscou sublinha que recebeu ‘com grande preocupação os ataques à Síria’ e que está sobretudo preocupado com ‘uma escalada tanto dentro como em torno das zonas de baixa de tensão na Síria, que foram um fator importante para a diminuição da violência em território sírio’.
Por outro lado, no comunicado, Moscou indica a necessidade de respeitar de maneira incondicional a soberania e a integridade territorial da Síria e de outros países da região. ‘É absolutamente inaceitável criar ameaças contra a vida e a segurança dos soldados russos’ que estão na Síria, adiantou.


O ataque de Israel

Segundo Israel, o confronto começou com a entrada de um drone em espaço aéreo de Telavive, o que motivou a intervenção de um F16 israelita que acabou por ser derrubado.
Em comunicado, o Exército de Israel confirmou que foi lançada uma ofensiva de grande envergadura contra o que diz serem alvos iranianos em território sírio. ‘Doze objetivos, incluindo três baterias de defesa aérea e quatro objetivos iranianos que fazem parte do estabelecimento militar do Irão na Síria, foram atacados’, informou o Exército.

Durante o ataque, as baterias antimísseis dispararam contra a aviação israelita levando à ativação dos alarmes antiaéreos nos ocupados Montes Golan, a norte de Israel, pela segunda vez este sábado.

O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu reiterou a sua preocupação com o aumento das forças pró-iranianas na Síria que combatem conjuntamente com o Presidente sírio e assegura que não permitirá que se posicionem perto da linha divisória.

Depois dos ataques de hoje, Israel afirmou que ‘está preparado para todos os cenários’ e que ‘continuará a atacar quando for necessário’.
Esta é a primeira vez desde o início da guerra na Síria que a defesa israelita confirma ter atacado alvos iranianos em território sírio. O Irã – percecionado com um grande inimigo por Israel – tem ajudado militarmente o regime de Bashar al-Assad.
Em Damasco, a agência oficial Sana divulgou que bases militares do centro do país tinham sido atacadas por ‘mais do que um avião israelita’. Através de um comunicado conjunto, o Hezbollah, o Irã e a Rússia - aliados do regime sírio - negam qualquer violação do espaço aéreo israelita por um drone.

 

Fonte: https://www.rtp.pt/noticias/mundo/russia-pede-contencao-apos-ofensiva-de-israel-na-siria_n1057358

 

 

Gog e Magog movem-se com destreza. A Síria será motivo de grande conflito internacional. Orai por Israel, que cairá em mãos inimigas.’ 

(Jesus Cristo para Luz de Maria de Bonilla, em 23 de setembro de 2015.)


Busca


Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018





Acessos

Curta nossa página no facebook



Rainha Maria

Glória de Deus

Mulher Vestida de Sol