‹ voltar



Ora-pro-nobis: a planta comestível que tem 25% de proteína

 

Preparando-se para o que a de vir, neste caso, a fome que assolará o mundo inteiro, nunca é demais conhecermos plantas que poderão nos servir de alimento em tempos de escassez.

 

 

Artigo:

 

Na maioria dos casos, veganos e vegetarianos costumam associar proteína à soja, mas existem diversas outras formas de se obter proteína vegetal e até mais saudáveis, principalmente porque muitas pessoas têm alergia a este grão ou a soja que chega à nossa mesa é transgênica.

Desmistificando o consumo de carne

Todas as proteínas que precisamos são fabricadas pelo nosso organismo e que, portanto, a proteína da carne não é em si necessária. O que é necessário é o aminoácido que faz estas proteínas, ou seja, os tijolos que montam as proteínas. De fato, todos os animais usam diferentes tipos de aminoácidos (tijolos) para montar proteínas específicas a suas necessidades. Assim, quando um animal come proteína, ela é digerida e desmembrada em aminoácidos. Estes aminoácidos são absorvidos e depois usados para formar as proteínas específicas à necessidade do organismo. Deste modo, o organismo é ‘cego’ para a origem da proteína, pois o que ele consegue ler é o aminoácido. Se você comer proteína de planta ou proteína de animal, o que interessará ao seu organismo é o tipo de aminoácido que esta proteína poderá aportar.

Foto Andréia BohnerFoto Andréia Bohner

Conheça a ‘ora-pro-nobis’, um arbusto que cresce em qualquer lugar, sem adubo e sem muito cuidado, e que possibilita a obtenção de grande quantidade dos aminoácidos essenciais que o ser humano necessita.

Planta originária do continente americano, a ora-pro-nobis, de nome científico Pereskia aculeata, é um arbusto cactáceo encontrada em abundância na região Sudeste do Brasil e muito usada na culinária. Do latim, seu nome significa ‘rogai por nós’, e segundo tradições, esse nome foi dado por algumas pessoas que a colhiam no quintal de um padre enquanto ele rezava em latim.

Na idade adulta, sua estrutura em forma de arbusto torna-se uma excelente cerca viva, tanto para ser usada como quebra-vento quanto como barreira contra predadores. A existência de espinhos pontiagudos nos ramos inibe o avanço dos invasores. Sua floração ocorre por apenas um dia, podendo ocorrer de janeiro a abril com flores pequenas e perfumadas de coloração branca. A produção de seus frutos ocorre de junho a julho apenas, e são amarelos e redondos. A generosa e bela floração é um ornamento ao ambiente, ideal para decoração natural de propriedades rurais, como chácaras, sítios e fazendas. 

Suas folhas são comestíveis e como se trata de uma cactácea primitiva, ela ainda não acumula tanta água e as folhas são moderadamente suculentas. A ‘ora-pro-nobis’ é conhecida como uma Planta Alimentícia Não-Convencional, as quais são plantas nativas do Brasil e geralmente espontâneas, ou seja, crescem muito bem em qualquer lugar, sem necessidade de adubo e muito cuidado.

Antigamente a ‘Ora-pro-nobis’ era conhecida como ‘carne dos pobres’, pois propiciava aminoácidos essenciais, de maneira praticamente gratuita. Hoje em dia, seu consumo se perdeu, mas muitas feiras começam a comercializá-la e cada vez mais pessoas a estão plantando, até mesmo em apartamentos.

Mas, é importante você não se enganar - pereskias, ou ora-pro-nóbis, são várias porém, a que se pode comer é uma só destas, a Pereskia aculeata, que tem flores brancas com miolo alaranjado. 

O importante, de maneira geral, é que a ‘Ora-pro-nobis’ não deve ser comida como única fonte de proteína, pois para propiciar toda a proteína necessária, é preciso uma grande quantidade de folhas. O ideal é usar a folha como refogados, complementando com arroz e feijão. Além disso, ela pode ser usada em tortas e omeletes veganas (grão de bico no lugar do ovo), como recheio. Por fim, é possível secar a folha e fazer um pó, o qual pode ser acrescentado em bolos e no café da manhã, caso se deseje enriquecer a receita com proteína.

n/d

Benefícios da Ora-pro-nobis

Seu alto teor de fibras ajuda no processo digestivo e intestinal, promovendo saciedade, facilitando o fluxo alimentar pelo interior das paredes intestinais, além de ajudar a recompor toda a flora intestinal. Isso evita os estados de constipação, prisão de ventre, formação de pólipos, hemorroidas e até tumores. Pessoas com anemia deverão passar a utilizá-la com mais frequência, pois os índices de ferro são essenciais para o tratamento desse quadro. O chá, feito a partir de suas folhas, tem excelente função depurativa, sendo indicado para processos inflamatórios, como cistite e úlceras. Esse poder depurativo associado ao chá também está ligado ao tratamento e prevenção de varizes. As grávidas deveriam consumir ora-pro-nobis nesse período, pois ela é rica em ácido fólico, essencial para evitar problemas para o bebê. A alta concentração de vitamina C ajudará a fortalecer o sistema imunológico, evitando uma série de doenças oportunistas. Ótima para a pele, devido à presença de vitamina A (retinol) em grande quantidade. O retinol também é fundamental para manter a integridade da visão em dia. Mantém ossos e dentes fortalecidos, pela boa quantidade de cálcio.

n/d
Composição nutricional da Ora-pro-nobis

COMPOSIÇÃO QUÍMICA EM 100 GRAMAS DE FOLHAS:

Energia - 26 kcal

Proteína - 2,00 g

Lipídios - 0,40 g

Carboidratos - 5,00 g

Fibras - 0,90 g

Cálcio - 79,00 mg

Fósforo - 32,00 mg

Ferro - 3,60 mg

Retinol - 250,00 mcg

Vitamina B1 - 0,02 mg

Vitamina B2 - 0,10 mg

Niacina - 0,50 mg

Vitamina C - 23,00 mg

n/d
É uma planta com alto teor de proteína (aproximadamente 25% de sua composição). Entre seus aminoácidos, teremos a lisina e o triptofano em maior quantidade. Seu elevado teor de vitamina C supera a laranja em 4 vezes. Além dos minerais e vitaminas, também é rica em fibras.

Como consumir Ora-pro-nobis?

A parte comestível da planta são suas folhas. Seu preparo é extremamente simples, como qualquer verdura que adquirimos. Obviamente, devemos lavá-las bem. É preciso que se utilize uma grande quantidade, pois, após o preparo, seu volume se reduz bastante. Seu sabor é neutro, ou seja, não é picante, nem ácido, nem amargo. Tem uma textura macia, fácil de mastigar. Ela poderá fazer parte de recheios, saladas, refogados, sopas, e onde mais sua imaginação de culinarista permitir. A Ora-pro-nobis pode dar ótimos recheios de pães e seu pó pode ser adicionado a bolos também.

 

Receitas com ‘Ora-pro-nobis’

Foto: La chica vegana.Foto: La chica vegana.

Suflê de ‘Ora-pro-nobis’ vegano (adaptado da receita de suflê de espinafre do blog ‘La chica vegana’)

Ingredientes

  • 500 gramas de folhas de ‘ora-pro-nobis’ lavadas (retire o talo das folhas)
  • 1 dente de alho amassado
  • ½ cebola picada
  • Temperos a gosto (manjericão, tomilho, orégano, salsinha, coentro)
  • 1 colher de sopa e meia de polvilho doce (não use maisena, pois é transgênica)
  • 2 copos de leite vegetal (se for de soja, não use transgênica)
  • 1 xícara de legumes (cenoura, abobrinha, a gosto)

Modo de fazer

Separado, misture o polvilho e o leite vegetal. Refogue a ‘ora-pro-nobis’ com um fio de óleo. A parte, refogue o alho e cebola, mais legumes e adicione o polvilho doce e o leite vegetal. Deixe engrossar. Quando engrossar, adicione a ‘ora-pro-nobis’, sal e as ervas aromáticas. Coloque a mistura em uma forma untada com azeite e farinha de rosca. Coloque no forno a 180ºC e aguarde 20 minutos ou até dourar. (Autora do texto: Camila Gomes Victorino)

 

Pão vegetariano de Ora-pro-nobis

Ingredientes:

  • 50 gramas de fermento para pão, aproximadamente 3 tabletes;
  • ½ copo de água morna;
  • ½ copo de água fria;
  • 2 colheres de sopa de manteiga ou margarina;
  • 2 ovos;
  • 1 colher de sopa de açúcar;
  • 1 colher de sobremesa rasa de sal;
  • Farinha de trigo até dar o ponto (que poderá ser substituída por farinha integral);
  • 100 gramas de folhas de ora-pro-nobis

Preparo:

O fermento deverá ser dissolvido juntamente com o açúcar, até formar uma pastinha. A seguir, adicione a água morna, mas tenha cuidado para que não esteja quente, pois fará com que o fermento não se desenvolva. Faça um teste no dorso da mão. Aguarde alguns minutos e verá que a fermentação se inicia, levantando pequenas bolhas. Essa etapa é importante para saber se o fermento está bom. Caso isso não aconteça, descarte e reinicie. A seguir, junte os ovos, a manteiga e o sal. Deixe aguardando enquanto bate as folhas de Ora-pro-nobis com a água fria no liquidificador. Agora, junte à massa. Deixe a farinha para o final, onde deverá ser adicionada aos poucos, até começar a soltar das mãos. Nesse momento, cubra com um guardanapo e deixe essa massa descansar até notar que dobrou de volume. Divida em duas partes, modele os pães no formato que preferir. Pincele com gema e leve ao forno para assar, em forno pré-aquecido, até dourar.

A Ora-pro-nobis pode dar ótimos recheios de pães e seu pó pode ser adicionado a bolos também.A Ora-pro-nobis pode dar ótimos recheios de pães e seu pó pode ser adicionado a bolos também.  

Farinha enriquecida com Ora-pro-nobis

Essa farinha irá enriquecer suas receitas. É feita a partir das folhas desidratadas. Para isso, será preciso colher muitas folhas. Deixá-las em local seco e fresco, até que estejam totalmente desidratadas. Nesse momento, basta triturá-las e adicioná-las a seus pratos culinários. Essa farinha é rica em proteínas, aminoácidos, vitaminas, sais minerais, e fibras. Guarde num vidro com tampa e utilize nos pães, bolos, tortas, panquecas, etc.

 


Patê verde de ora-pro-nobis

Ingredientes

  • 2 cebolas médias picadas
  • 1 dente de alho picado
  • 4 colheres de sopa de óleo
  • 1 colher de sopa rasa de sal
  • 50 g de queijo ricota
  • 300g de folhas de ora-pro-nobis
  • 3/4 de copo normal de água fervente

Modo de preparo

Coloque a cebola para dourar junto com o sal e o alho. Em seguida, adicione as 4 colheres de óleo, quantidade que pode ser reduzida, se preferir. Adicione as folhas do ora-pro-nobis picadas grosseiramente e refogue. Enquanto refoga o ora-pro-nobis, corte a ricota em pedaços pequenos. Transfira o refogado aos poucos para o liquidificador e vá adicionando a ricota partida. Se houver necessidade, acrescente um pouco de água fervente para deixar a pasta macia. Armazene em recipiente de boca larga para facilitar a retirada e sirva sobre biscoitos ou pães. Também pode ser utilizado como recheio de pastéis e de massas em geral.

 

 

Fontes: http://www.culturaveg.com.br/dica-vegana-ora-pro-nobis-proteina-em-um-pedaco-de-mato/

http://www.mundoboaforma.com.br/ora-pro-nobis-o-superalimento-proteico-pouco-conhecido/

https://www.greenme.com.br/usos-beneficios/5306-pereskia-aculeata

 

‘Não vos oculto a carestia que se fará sentir em todo o mundo: ricos e pobres passarão fome, o dinheiro não será meio para adquirir alimentos, nem roupas, nem medicamentos.’ (Virgem Maria à Luz de Maria, em 02-05-2016)

A fome cavalga sobre a Terra, o clima mudará em todos os lugares até que as colheitas murchem devido ao calor, à chuva e às pragas, a fome generalizar-se-á, devido à proximidade do Grande Cometa que, a cada instante, se aproxima cada vez mais da Terra. As nações de grande opulência cairão na miséria. A proximidade do Grande Cometa fará com que algumas cidades costeiras sejam inundadas como nunca antes visto. A miséria assumirá o seu lugar dentro da Humanidade. (Virgem Maria à Luz de Maria, em 11-10-2016)

‘Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.’ (Mateus 24, 7)

‘E olhei, e eis um cavalo amarelo, e o que estava assentado sobre ele tinha por nome Morte; e o inferno o seguia; e foi-lhes dado poder para matar a quarta parte da terra, com espada, e com fome, e com peste, e com as feras da terra.’ (Apocalipse 6, 8)

 

 


Busca


Quarta-feira, 15 de Agosto de 2018





Acessos

Curta nossa página no facebook



Rainha Maria

Glória de Deus

Mulher Vestida de Sol