‹ voltar

"E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver O SINAL, OU O NOME DA BESTA, OU O NÚMERO DO SEU NOME." (Apocalipse 13, 16-17)


"(...) SENÃO AQUELE QUE TIVER O SINAL, OU O NOME DA BESTA, OU O NÚMERO DO SEU NOME" (Ap 13, 17) Haverá três marcadores diferentes para a população mundial? Sim, é isto o que a Bíblia informa

 

A Palavra de Deus é bem clara ao dar a conhecer três tipos (e não apenas um!) de diferentes identificadores que serão usados com a mesma finalidade: marcar a população mundial. Serão o Sinal, o Nome e o Número. Tendo um destes 3 identificadores em seu corpo, considere-se ‘marcado’, e estará apto a receber o aval do sistema para que possa comprar, vender, além, certamente, de poder realizar outras coisas, tais como, por exemplo, praticar os atos da vida civil, ter acesso aos serviços do sistema de saúde, ao sistema de educação, ter livre trânsito para viajar, passando livremente pelos embarques de rodoviárias, aeroportos ou pedágios de estradas, entre outros.

Antes de mais nada, é importante que se diga que a Ciência, quando bem utilizada, é sumamente importante para o homem.

Mas, também, é importante que se diga que há pesquisas direcionadas para resultados maléficos, os quais buscam limitar, contaminar, alterar e escravizar a natureza e a humanidade.

E, por fim, há o trabalho bem intencionado feito por pesquisadores e cientistas éticos e honestos, visando o benefício da humanidade, mas que veem o resultado de suas pesquisas, na maioria das vezes, ser utilizado para fins nefastos e distorcidos, bem diferentes daqueles para os quais seus inventos foram criados.

Esta distorção de finalidade é aplicada por uma simples razão: o mundo está dominado pelo maligno. E o será ainda mais, a partir de agora, pois, como sabemos, ao anticristo todo poder lhe será dado sobre todos os povos.

“E foi-lhe permitido fazer guerra aos santos, e vencê-los; e deu-se-lhe poder sobre toda a tribo, e língua, e nação.”  (Apocalipse 13,7)

 

TODAS as tecnologias existentes, portanto, e todos os inventos biotecnológicos, conhecidos e muitos deles desconhecidos, porque não estão sendo (e nem todos serão!) divulgados, estarão completamente a serviço do anticristo, que poderá dispor deles da maneira que lhe aprouver, assim que ele chegar ao poder mundial.n/d

Assim nós, sabedores das reais intenções que pairam acima das cabeças executantes das pesquisas e descobertas científicas, intenções estas emanadas da cúpula de poder que, às escuras, governa este mundo, tenhamos em vista que, mesmo criados originariamente para uma finalidade benéfica e altruísta (ou alardeado que para este fim tivessem sido criados, para nos fazerem crer na ‘causa humanitária’ do processo...) como por exemplo, sua utilização na área da saúde, deve-se levar em conta que estes dispositivos biotecnológicos possuem a capacidade de servir como instrumentos de identificação, monitoramento e controle das massas. E essa capacidade, sem dúvida alguma, será muito bem aproveitada...

 

Quais seriam estas tecnologias que estamos falando?

A primeira e mais conhecida é o microchip RFID. Radio Frequency Identification (RFID) refere-se a um sistema sem fio composto por dois componentes: etiquetas (ou tags) e leitores. O leitor é um dispositivo que tem uma ou mais antenas que emitem ondas de rádio e recebem de volta sinais da etiqueta RFID. As etiquetas, que usam ondas de rádio para comunicar a sua identidade e outras informações para os leitores próximos, podem ser passivas ou ativas. As etiquetas RFID passivas são alimentadas pelo leitor e não têm uma bateria. As etiquetas RFID ativas são alimentadas por baterias.

 

Leia:  Coronavírus: novidade no Brasil, implante de chips é aposta da Medicina

n/d

O segundo invento biotecnológico que desponta para ser utilizado massivamente é a “tatuagem quântica”, os QDs NIR (near-infrared quantum dots - NIR QDs), ou pontos quânticos luminescentes (QDs) no infra-vermelho próximo (NIR). A luz NIR possui pequena interferência de fundo e grande profundidade de penetração, o que torna os QDs NIR vantajosos em aplicações de bio-imagem.

Pontos quânticos sob a pele podem guardar histórico de vacinação, além de formar desenhos bonitos (Foto: Divulgação Kevin J. McHugh MIT)Pontos quânticos sob a pele podem guardar histórico de vacinação, além de formar desenhos bonitos (Foto: Divulgação Kevin J. McHugh MIT)

A invenção, que teria por finalidade rastrear a cobertura de vacinas de cada cidadão, padronizando registros de imunização e possibilitando rastrear a cobertura de vacinas em todo o mundo, funciona da seguinte forma: adesivos de microagulhas intradérmicas, de micropartículas emissoras de luz no infravermelho próximo à pele, injetam uma vacina em código; o padrão de partículas na pele pode servir como um registro de vacinação em cada pessoa. Em resumo: QDs intradérmicos podem ser usados ​​para codificar informações com segurança e podem ser entregues com uma vacina. Os padrões de partículas são invisíveis aos olhos, mas podem ser visualizados usando smartphones modificados. 

Sendo uma plataforma de codificação e detecção de informações intradérmicas, está capacitada para ser usada como instrumento de identificação, ainda que neste momento seja divulgado como algo benéfico à humanidade.

 

Veja esta reportagem:

Pontos quânticos sob a pele podem guardar histórico de vacinação, além de formar desenhos bonitos (Foto: Divulgação Kevin J. McHugh MIT)

Tatuagem invisível pode substituir carteira de vacinação

 

Um grupo de bioengenheiros no MIT (Instituto de Tecnologia Massachusetts) desenvolveu uma forma de armazenar o histórico de vacinação de um indivíduo em seu próprio corpo. Por meio de um adesivo com microagulhas, é possível inserir pontos quânticos sob a pele do cidadão. Qualquer pessoa com uma fonte de luz adaptada -- um smartphone, por exemplo -- consegue checar a "mensagem" deixada.

O sistema tem potencial para substituir as antigas carteiras de vacinação em papel e pode se mostrar mais eficiente que o registro digital. Em áreas pobres e países em desenvolvimento, profissionais de saúde frequentemente têm dificuldade para acessar o histórico de vacinas de cada pessoa.

"Começamos pensando em usar uma tinta invisível a olho nu", afirmou Ana Jaklenec, cientista no Instituto Koch de Pesquisa Integrada de Câncer, do MIT, em entrevista à IEEE Spectrum. A equipe acabou chegando a outra solução, o uso de pontos quânticos. Esses pontos agregam nanopartículas de semicondutores, com 2 a 10 nanômetros (1 milímetro é um milhão de vezes maior que um nanômetro). Eles podem absorver luz em um comprimento de onda e fazer a conversão para outro comprimento -- ou seja, absorver luz de uma cor e emiti-la em outra, ou emitir luz que seja visível somente em condições específicas. Por isso, vêm sendo usados em televisores, monitores variados, paineis solares e sensores biológicos.

Microagulhas permitem depositar pontos quânticos sob a pele (Foto: Divulgação Kevin J McHugh MIT)Microagulhas permitem depositar pontos quânticos sob a pele (Foto: Divulgação Kevin J McHugh MIT)

 

Para criar pontos quânticos que não fossem tóxicos para seres vivos os cientistas usaram um núcleo de cobre com uma casca de alumínio e sulfito de zinco (em outras aplicações, usam-se normalmente elementos como cádmio e chumbo).

Na experiência, publicada na quarta-feira (18/12) no Science Translational Medicine, a equipe do MIT uso adesivos com microagulhas para depositar os pontos sob a pele de cobaias e depois conseguiu reconhecer a mensagem com uso de um smartphone, alterado para detectar luz quase infravermelha, invisível a olho nu. Os testes foram feitos também com corpos humanos de vários tons de pele. A mensagem persistiu por nove meses. Os cientistas acreditam que, no estágio atual da pesquisa, a mensagem se mantenha estável por cinco anos.

Jaklenec acredita haver outra aplicação comercial para a tecnologia -- tatuagens invisíveis com função apenas estética, que possam ser percebidas sob alguma luz específica. "Se houver investimento, isso poderia acontecer em um ou dois anos", diz a cientista. O trabalho já tem apoio financeiro da Fundação Bill e Melinda Gates.

 

Veja também:   https://www.genengnews.com/topics/drug-discovery/quantum-dots-deliver-vaccines-and-invisibly-encode-vaccination-history-in-skin/

Pesquisadores liderados por uma equipe do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) criaram uma plataforma de microagulhas usando micropartículas fluorescentes chamadas pontos quânticos (QD), que podem fornecer vacinas e, ao mesmo tempo, codificar invisivelmente o histórico de vacinas diretamente na pele. Os pontos quânticos são compostos de nanocristais, que emitem luz infravermelha próxima (NIR) que pode ser detectada por um smartphone especialmente equipado. Testes usando a plataforma mostraram que QDs entregues a amostras de pele humana ainda eram detectáveis ​​após fotodegradação que simulavam cinco anos de exposição à luz solar e permaneceram detectáveis ​​por até nove meses quando testados em ratos.

(...)

Os pesquisadores encapsularam seus pontos quânticos em microesferas feitas de PMMA, um material que melhora a biocompatibilidade. [KJ McHugh et al. Medicina Translacional da Ciência (2019)]Os pesquisadores encapsularam seus pontos quânticos em microesferas feitas de PMMA, um material que melhora a biocompatibilidade. [KJ McHugh et al. Medicina Translacional da Ciência (2019)]Os pesquisadores encapsularam seus pontos quânticos em microesferas feitas de PMMA, um material que melhora a biocompatibilidade. [KJ McHugh et al. Medicina Translacional da Ciência (2019)]

"É possível um dia que essa abordagem 'invisível' possa criar novas possibilidades para aplicativos de armazenamento de dados, biossensores e vacinas que possam melhorar a forma como os cuidados médicos são prestados, principalmente nos países em desenvolvimento", disse o pesquisador sênior Robert Langer, PhD, David H Professor do Instituto Koch no MIT.

(...)

Há vários anos, a equipe do MIT decidiu criar um método para registrar informações de vacinação de uma maneira que não requer um banco de dados centralizado ou outra infraestrutura. Para criar um registro médico descentralizado "em paciente", os pesquisadores agora desenvolveram um novo tipo de ponto quântico à base de cobre, que emite luz no espectro infravermelho próximo. Os pontos têm cerca de 4 nm de diâmetro e são encapsulados em micropartículas biocompatíveis que formam esferas com cerca de 20 µm de diâmetro. Esse encapsulamento permite que o corante permaneça no lugar, sob a pele, após a injeção.n/d

Os pesquisadores projetaram seu corante para ser entregue por um adesivo de microagulha, em vez de usar uma seringa e uma agulha tradicionais. Agora, esses patches estão sendo desenvolvidos para fornecer vacinas contra sarampo, rubéola e outras doenças. “Ao usar um fator de forma de microagulhas, essa plataforma deve ser facilmente assimilada no cenário futuro de vacinação, porque atualmente existem microagulhas em desenvolvimento para várias vacinas e mostraram vantagens como economia de dose de antígeno, estabilidade aprimorada de antígeno e facilidade de (auto) administração comparada às injeções solúveis tradicionais ”, comentaram os pesquisadores.

A detecção dos micropontos é possível usando smartphones especialmente adaptados que podem detectar a fluorescência no infravermelho próximo. "Como esses telefones oferecem capacidade de processamento a bordo, aplicativos de câmera e módulos de câmera de baixo custo para consumidores, optamos por adaptar um smartphone existente para permitir a criação de imagens NIR em vez de criar um sistema de criação de imagens completamente novo", escreveram eles. "Além disso, acreditamos que a familiaridade com a função desses dispositivos diminuirá a curva de aprendizado das imagens NIR em um ambiente de campo".

As microagulhas usadas no estudo relatado são feitas a partir de uma mistura de açúcar dissolvível e um polímero chamado PVA, além do corante de pontos quânticos e, se apropriado, da vacina. Quando o adesivo é aplicado na pele, as microagulhas, com 1,5 mm de comprimento, se dissolvem parcialmente, liberando sua carga útil em cerca de dois minutos.

Ao carregar seletivamente micropartículas nas microagulhas, os adesivos proporcionam um padrão na pele invisível a olho nu, mas podem ser digitalizados com um smartphone que remove o filtro infravermelho. O adesivo pode ser personalizado para imprimir diferentes padrões que correspondem ao tipo de vacina entregue. Testes usando pele de cadáver humano mostraram que os padrões de pontos quânticos poderiam ser detectados pelas câmeras dos smartphones após cinco anos de exposição solar simulada. Os pesquisadores também testaram a estratégia de vacinação em ratos, usando adesivos de microagulhas que liberavam os pontos quânticos junto com uma vacina contra a poliomielite. Eles descobriram que esses ratos geraram uma resposta imune semelhante à resposta de ratos que receberam uma vacina tradicional contra a poliomielite injetada. 

Embora os pesquisadores acreditem que os pontos quânticos são seguros para uso dessa maneira, porque estão encapsulados em um polímero biocompatível, mais estudos de segurança são planejados antes de avançar para testes em seres humanos. "Além do valor independente de uma plataforma de codificação e detecção de informações intradérmicas, esse sistema pode oferecer maiores vantagens quando co-administrado com vacinas", afirmam. “Ao entregar os dois agentes no mesmo adesivo de microagulhas, existe o potencial de obter vantagens no custo de produção e eliminar a possibilidade de uso indevido (como aplicar o adesivo de codificação sem a vacina) ... Por fim, acreditamos que esse corpo invisível ' 'tecnologia abre novos caminhos para aplicativos descentralizados de armazenamento e biosensor de dados que podem influenciar a maneira como os cuidados médicos são prestados, especialmente nos países em desenvolvimento. ”

 

Além destas biotecnologias acima, foi recentemente patenteado pela Microsoft um dispositivo conectado ao corpo humano que servirá para comprar e vender criptomoedas. Não há como ler uma reportagem como esta e não ter vindo à mente a parte da passagem bíblica que diz: “... não poderão comprar nem vender...”   

 

  • Patente de dispositivo conectado ao corpo humano para compra e venda de criptomoedas é registrado pela Microsoft e seu nº de patente é 060606

Veja aqui:  https://patentscope.wipo.int/search/en/detail.jsf?docId=WO2020060606&tab=PCTBIBLIO

n/d

n/dn/d

 

Agora veja o que mais temos:

  • Microsoft cria método para armazenar dados em cadeias de DNA (Notícia de 28-04-2019) -

Leia aqui: https://www.meupositivo.com.br/doseujeito/tendencias/microsoft-armazenar-dados-dna/
  • Armazenar dados em DNA? A Microsoft aposta nisso (Notícia de 2016)

Leia aqui: https://meiobit.com/342453/microsoft-twist-bioscience-parceria-pesquisa-uso-cadeias-dna-para-aramazenamento-de-dados/
  • Seis caminhos para o futuro não-cirúrgico das interfaces cérebro-máquina

“Esta pesquisa está dividida em duas faixas. As equipes estão buscando criar interfaces completamente não invasivas (que são totalmente externas ao corpo) ou sistemas de interface minimamente invasivas que incluem nanotransdutores que podem ser entregues temporariamente e sem cirurgia ao cérebro para melhorar a resolução do sinal. (...) Os nanotransdutores converteriam sinais elétricos dos neurônios em sinais magnéticos que podem ser registrados e processados pelo transceptor  externo e vice-versa, para permitir a comunicação bidirecional.”

Saiba mais aqui:    https://www.darpa.mil/news-events/2019-05-20

 

Enquanto todos os olhares (de quem observa as profecias bíblicas) se dirigem ao microchip RFID, fazendo pensar que ele seria o único invento com que devemos nos preocupar em não recebermos em nosso corpo para estarmos isentos da marca da besta, outros inventos tecnológicos estão sendo criados para fazer cumprir a mesma finalidade que teria um microchip RFID implantável.

 

E, por último, vamos relembrar o que foi divulgado aqui neste site sobre a união de vacinas com microchips implantáveis :

Big Pharma e Microsoft estão se unindo a algo chamado "ID2020 Alliance" que combinará vacinas com microchips implantáveis para criar sua identificação digital

 

Uma coisa é certa: não haverá apenas um marcador para as massas, mas três tecnologias distintas que funcionarão com a mesma finalidade apontada na Bíblia: o rastreamento e o controle da humanidade. Fique esperto!

 

Fontes consultadas para elaboração deste artigo (Pesquise você mesmo e tire suas conclusões!)
https://epocanegocios.globo.com/Tecnologia/noticia/2019/12/tatuagem-invisivel-pode-substituir-carteira-de-vacinacao.html
https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/31852802
https://stm.sciencemag.org/content/11/523/eaay7162?rss=1
https://www.inverse.com/article/61822-medical-records-vaccines-quantum-dot
http://www.ctvacinas.ufmg.br/index.php/nanotecnologia/
https://www.nowtheendbegins.com/microsoft-patent-buying-selling-cryptocurrency-human-body-device-id2020-mark-of-the-beast-666/
https://oglobo.globo.com/sociedade/coronavirus-novidade-no-brasil-implante-de-chips-aposta-da-medicina-24312618
https://stm.sciencemag.org/content/11/523/eaay7162
https://www.genengnews.com/topics/drug-discovery/quantum-dots-deliver-vaccines-and-invisibly-encode-vaccination-history-in-skin/
https://patentscope.wipo.int/search/en/detail.jsf?docId=WO2020060606&tab=PCTBIBLIO
https://www.meupositivo.com.br/doseujeito/tendencias/microsoft-armazenar-dados-dna/
https://meiobit.com/342453/microsoft-twist-bioscience-parceria-pesquisa-uso-cadeias-dna-para-aramazenamento-de-dados/
https://www.darpa.mil/news-events/2019-05-20
https://dinamicaglobal.wordpress.com/2020/03/13/big-pharma-e-microsoft-estao-se-unindo-a-algo-chamado-id2020-alliance-que-combinara-vacinas-com-microchips-implantaveis-%E2%80%8B%E2%80%8Bpara-criar-sua-identificacao-digital/
https://www.nowtheendbegins.com/microsoft-patent-buying-selling-cryptocurrency-human-body-device-id2020-mark-of-the-beast-666/

 

“Rebanho Meu, cuidado com as campanhas massivas de vacinação, financiadas pelas Elites e amparadas e promovidas pelos organismos internacionais, porque estas vacinas têm como finalidade dizimar a população mundial. Anuncio-vos sobre uma vacina em especial, que, segundo as Elites a serviço do mal, irá proteger toda a humanidade das pandemias; cuidado com esta vacina porque ela vem com o Microchip, que ao ser injetada na população das nações irá marcar com a marca da besta. Os organismos internacionais e as Elites que governam este mundo no silêncio querem controlar a humanidade para prepará-la para a aparição do Anticristo.

Filhos Meus, quando os organismos internacionais vos anunciarem uma vacinação da população a nível mundial, para terem controle da humanidade, abstende-vos de vacinar-vos, porque irão vos introduzir o Microchip. Lembrai-vos que todo aquele que for marcado com a marca da besta perderá a vida do Espírito e deixará de ser ovelha de Meu rebanho.

Muito em breve, através dos meios midiáticos, começará a ser anunciada uma campanha de vacinação em massa de toda a população mundial, a qual estará patrocinada e financiada pelas Elites e pelos organismos internacionais. (...)

Rebanho Meu, os vírus e pandemias serão a desculpa para vacinar massivamente a humanidade; estas vacinas despertarão novas pandemias que dizimarão em grande quantidade a população mundial. No último reinado de Meu adversário, a humanidade marcada com o Microchip perderá sua identidade como ser humano; já não terão nome, mas serão conhecidos por um número, que será codificado na memória do “O Grande Irmão”.” (Jesus a Enoch, em 06-05-2020. Para ler a mensagem na íntegra, CLIQUE AQUI )

 

"Filhos Meus: as nações a serviço do Meu adversário já começaram a implantação do chamado Microchip. Inicialmente dirão que é um controle para dar uma maior cobertura nos serviços de saúde e financeiros. Muitos cairão no engano e serão marcados com o selo da besta. A chamada Nova Ordem Mundial, próxima de ser implantada na terra, imporá de modo obrigatório o microchip. Aquele que se recusar a deixar-se implantar não terá acesso a nenhum serviço do Estado, nem poderá comprar, nem vender, nem ter acesso aos serviços de saúde, financeiros, emprego, educação, etc. Será a cédula que implantará a Nova Ordem Mundial, para ter controle da humanidade. Tudo isto sob a direção de Meu adversário." (Jesus o Bom Pastor a Enoch, em 04-02-2011 – Para ler a mensagem na íntegra, CLIQUE AQUI )

 

 

“Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á.” (Mateus 16, 25)


Busca


Quarta-feira, 03 de Junho de 2020







Acessos



Rainha Maria

Mulher Vestida de Sol