‹ voltar



" ... OS ANIMAIS DO CAMPO, OS PÁSSAROS DO CÉU E ATÉ OS PEIXES DO MAR VÃO DESAPARECER." (Oséias 4, 3) Mais de um milhão de espécies de plantas e animais estão em risco de extinção, já nas próximas décadas

Não há sinceridade, nem amor ao próximo, nem conhecimento de Deus na terra.

Multiplicam-se imprecações, mentiras, assassinatos, roubos e adultérios.

Sangue derramado segue-se a sangue derramado.

Por isso, a terra está desolada e todos os seus habitantes desfalecem,

juntamente com os animais do campo e os pássaros do céu,

até os peixes do mar vão desaparecer. (Oséias 4, 1-3)

 

n/d Os cientistas anunciam que uma sexta extinção em massa pode ocorrer na Terra até o ano 2050. Considera-se extinção em massa quando 3 em cada 4 espécies desaparecem literalmente da face da terra, e é isso que a ação do homem vem provocando nos últimos séculos. A rede essencial e interconectada da vida na Terra está ficando menor e cada vez mais desgastada, conforme o cientista alemão Josef Settele. “Essa perda é o resultado direto da atividade humana e constitui uma ameaça direta ao bem estar do homem em todas as regiões do mundo”.

Josef é um dos 145 autores, de 50 países, que ao longo dos últimostrês anos, compilaram o trabalho de outros 310 pesquisadores e cerca de 15 mil artigos científicos, para elaborar o relatório, divulgado em 06-05-2019 pelo Intergovernmental Science-Policy Platform on Biodiversity and Ecosystem Services (IPBES), um órgão independente politicamente das Nações Unidas, criado para a biodiversidade do planeta.

O levantamento afirma que mais de um milhão de espécies de plantas e animais estão em risco de extinção, já nas próximas décadas. 

Também, um novo estudo conduzido por Gerardo Ceballos, da Universidade Nacional do México (México), Paul Erhlich, da Universidade de Stanford (EUA) e Peter Raven, do Jardim Botânico de Missouri (EUA) concluiu que o impacto humano tem levado centenas de animais selvagens à beira da extinção e que os ecossistemas regionais estão atualmente enfrentando um colapso.

A pesquisa observa que atividades como extração madeireira e caça furtiva diminuíram enormemente as populações de mais de 500 mamíferos, pássaros, répteis e anfíbios em todos os continentes do globo, exceto a Antártica. Essas espécies estão desaparecendo a uma taxa mais de 100 vezes maior do que a natural – e essa é mais uma evidência que sugere que o mundo está passando por sua sexta extinção em massa, desta vez não por causa de erupções vulcânicas massivas ou colisões de asteroides, mas sim por nossa própria culpa.

Para catalogar os animais em vias de extinção, os pesquisadores utilizaram dados da Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, na sigla original) sobre espécies ameaças, bem como do Birdlife (a autoridade de aves da IUCN).

O trio identificou nada menos do que 515 espécies animais das quais menos de 100 indivíduos ainda resistem na natureza, incluindo o mico-leão-dourado, o lobo-etíope, o rinoceronte-de-java, a águia-imperial-ibérica, o papagaio-de-crista-amarela, o gavial (um tipo de crocodilo) e o sapo venenoso verde (Andinobates viridis).

A pesquisa analisou 27.600 espécies de pássaros, répteis, anfíbios e mamíferos. Claro, uma amostra representativa da metade das espécies e a perda de população em 177 mamíferos entre 1900 e 2015. Os dados recolhidos mostram que mais de 30% das espécies de vertebrados estão diminuindo em número de indivíduos e em expansão geográfica. Mamíferos, em particular, perderam pelo menos 30% de sua cobertura geográfica, enquanto mais de 40% das espécies sofreram um sério declínio de população. Um fenômeno que, infelizmente, vai além dos exemplares desaparecidos no mundo. Falamos, por exemplo, dos morcegos das Ilhas Christmas, na Austrália, do Ciprinodonte Catarina (Megupsilon aporus), espécie de peixe de água doce ou mesmo do pinguim-imperador da Antártida que está em sério risco de extinção.

Utilizando a redução dos lugares onde se possa encontrar estes animais como um indicador de um número exíguo, os estudiosos concluíram que “o declínio demográfico é extremamente alto, mesmo nas espécies consideradas em baixo risco.” A sofrer mais estariam guepardos, elefantes, o leão africano, o orangotango, o rinoceronte, as girafas…Um cenário sombrio que não augura nada de bom.

 

Vídeos:

 

 
Fontes: https://conexaoplaneta.com.br/blog/um-milhao-de-especies-estao-ameacadas-de-extincao-revela-novo-e-alarmante-relatorio-internacional/
https://hypescience.com/crise-de-extincao-em-massa-representa-ameaca-existencial-a-civilizacao-dizem-cientistas/
https://www.greenme.com.br/animais-em-extincao/5639-6-extincao-em-massa-ja-ocorre/

 

"Esta humanidade ingrata e pecadora cada vez se afasta mais de Mim. Se não fosse pela intervenção divina, vos asseguro que não restariam habitantes para a Nova Criação. A maldade e o pecado desta geração têm superado todos os limites; quebrar os Santos Preceitos é hoje um hábito. É tão grande o pecado desta geração destes últimos tempos que tem afetado o código do amor com o qual foi criado o universo, as criaturas e tudo quanto existe." (Jesus Sacramentado a Enoch, em 21-07-2017) Para ler a mensagem na íntegra, CLIQUE AQUI

 

“Dói-Me ver a degradação moral, social e espiritual em que caiu esta geração, que faz dela a mais perversa e pecadora de todas as gerações que existiram. Minha Criação a haveis convertido em uma cloaca de maldade e pecado, e ela clama Justiça. Quisera desabar sobre vós todo o rigor de Meu justo castigo, mas Me abstenho, porque se o fizesse não sobrariam sobreviventes para ocupar amanhã Minha Nova Criação. Se não vos enviasse primeiro Meu Aviso, asseguro-vos que se poderiam contar nos dedos das mãos os que se salvariam, porque o pecado e a maldade desta humanidade destes últimos tempos ultrapassou todos os limites. O código do Amor com o qual criei todas as coisas e as criaturas, o pecado e a maldade desta geração o tem manchado. Como Pai da Criação e das criaturas, nunca antes havia visto tanta maldade e pecado de parte de Minha criatura mais amada, o homem. A inteligência com a qual o dotei é hoje utilizada para serviço do mal. Minha Criação está sendo afetada por toda a maldade e pecado desta geração, e corre perigo de desaparecer. Se não vos enviar o Castigo, o homem de hoje destruirá Minha Criação.” (Deus Pai a Enoch, em 05-08-2018) Para ler a mensagem na íntegra, CLIQUE AQUI

 

"Humanidade obstinada, entendei que, como Pai, Me dói ver perderem-se Minhas criaturas, e ainda mais a vós, que sois os mais amados criados por Mim. Se soubésseis, humanidade ingrata, da tribulação que está por chegar, asseguro-vos que deixaríeis tudo e Me buscaríeis com sincero coração. A Tribulação que está por chegar nunca antes foi vista na Terra. Digo-vos que toda a Criação e o Universo estarão em agitação. Haverá escassez de tudo, tragédias e infortúnios se desenrolarão em cadeia. Vírus e doenças criarão pandemias, pragas e pestes dizimarão grande parte da humanidade. Os homens enlouquecerão e a fome fará perder a cabeça a muitos, até o ponto de que muitas mães comerão a seus filhos. (Lamentações de Jeremias 4, 10)." (Deus Pai a Enoch, em 24-09-2018) Para ler a mensagem na íntegra, CLIQUE AQUI

 

“Povo Meu, a água está se esgotando em vosso planeta, não a desperdiceis; protegei as reservas hídricas, os mananciais e as bacias dos rios para que não sequem, dai um bom uso a este bem natural essencial para a criação e para a sobrevivência de todas as criaturas, incluída a espécie humana. Valorizai este tesouro natural e protegei-o, porque se aproximam os dias em que este precioso líquido vai ser mais escasso que o ouro de Ofir. Protegei vosso planeta, não continueis contaminando-o nem desperdiçando os recursos naturais, para que não morrais de fome e de sede. Lembrai-vos que Minha criação é um organismo vivo, que sente dor e se ressente com vossos maus-tratos, se continuardes contaminando-a, se continuardes destruindo-a e derrubando suas árvores, muito em breve ficareis sem oxigênio e sem água e, se isto faltar, a vida da Terra com todas as suas criaturas desaparecerá. Faço-vos um chamado urgente, Reis das Nações e Habitantes da Terra, para que pareis de explorar impiedosamente Minha criação. Não continueis destruindo as reservas naturais, não continueis contaminando nem desperdiçando a água, porque se continuardes como vais, muito em breve Minha criação será um deserto.”  (Deus Pai a Enoch, em 16-09-2019)   Para ler a mensagem na íntegra, CLIQUE AQUI


Busca


Quinta-feira, 16 de Julho de 2020







Acessos



Rainha Maria

Mulher Vestida de Sol