‹ voltar



As 7 vacas gordas e 7 vacas magras do sonho do Faraó (Gn 41) e um curioso acontecimento dado ao mundo nestes tempos: o nascimento de 2 vacas com o número 7 em suas cabeças: ESCASSEZ ALIMENTAR GLOBAL A CAMINHO?

n/d

Deus, por meio sobrenatural, e também por meio da natureza por Ele criada, manda sinais e alertas sobre o que está para ocorrer no mundo. Foi assim, por meio de um sonho ao Faraó, que o Altíssimo fez um alerta para os sete anos de escassez e fome que se seguiriam após completados os sete anos de abundantes colheitas, e cuja simbologia foi interpretada, sob a Luz do Espírito Santo, por José. 

Em Genesis, 41, temos a descrição deste sonho:  

“Então disse Faraó a José: Eis que em meu sonho estava eu em pé na margem do rio, e eis que subiam do rio sete vacas gordas de carne e formosas à vista, e pastavam no prado. E eis que outras sete vacas subiam após estas, muito feias à vista e magras de carne; não tenho visto outras tais, quanto à fealdade, em toda a terra do Egito. E as vacas magras e feias comiam as primeiras sete vacas gordas;
E entravam em suas entranhas, mas não se conhecia que houvessem entrado; porque o seu parecer era feio como no princípio. Então acordei.
Depois vi em meu sonho, e eis que de um mesmo pé subiam sete espigas cheias e boas; e eis que sete espigas secas, miúdas e queimadas do vento oriental, brotavam após elas. E as sete espigas miúdas devoravam as sete espigas boas. E eu contei isso aos magos, mas ninguém houve que mo interpretasse.
Então disse José a Faraó: O sonho de Faraó é um só; o que Deus há de fazer, mostrou-o a Faraó.
As sete vacas formosas são sete anos, as sete espigas formosas também são sete anos, o sonho é um só.
E as sete vacas feias à vista e magras, que subiam depois delas, são sete anos, e as sete espigas miúdas e queimadas do vento oriental, serão sete anos de fome.
Esta é a palavra que tenho dito a Faraó; o que Deus há de fazer, mostrou-o a Faraó. E eis que vêm sete anos, e haverá grande fartura em toda a terra do Egito. E depois deles levantar-se-ão sete anos de fome, e toda aquela fartura será esquecida na terra do Egito, e a fome consumirá a terra; E não será conhecida a abundância na terra, por causa daquela fome que haverá depois; porquanto será gravíssima.”
(Gênesis 41:17-31 )

A primeira vaca nasceu no último dia de sábado antes do início do ano de Shemitah.A primeira vaca nasceu no último dia de sábado antes do início do ano de Shemitah.

Nos nossos dias, algo curioso ocorreu, e talvez esteja relacionado ao mesmo significado da mensagem divina que outrora foi passada aos homens, conforme nos narrou o Livro acima.

No ano de 2014, duas vacas nasceram com o número sete claramente exibido em suas cabeças. E se tornaram conhecidas devido ao fato de uma delas ter participado de uma exposição onde sua imagem foi registrada e divulgada na mídia. Vamos aos fatos.

Em 25 de setembro de 2014, na exposição Vale Wood Farms em Loretto, Pensilvânia (EUA), um bezerro muito estranho estava em exibição, que exibia um número 7 bem destacado em sua cabeça.

Surpreendentemente, um segundo bezerro nasceu com o número sete marcado em sua cabeça cinco dias após o nascimento do primeiro bezerro. A segunda vaca nasceu exatamente no primeiro dia do ano de Shemitah hebraico.A segunda vaca nasceu exatamente no primeiro dia do ano de Shemitah hebraico.

O primeiro bezerro nasceu no sábado, 20 de setembro de 2014, na área de Pittsburgh, e recebeu o nome de Baby Ben. O sábado é o dia do sábado hebraico, o sétimo dia da semana, que é designado como o dia de descanso. Ele não só nasceu em um sábado, mas foi o último sábado do ano, com base no calendário hebraico. O novo ano começou em Rosh Hashana, que caiu em 25 de setembro de 2014.

O segundo bezerro nasceu exatamente no primeiro dia do novo ano hebraico. Assim, entre os dois eles marcaram o sábado, o último sábado do ano, e o primeiro dia do novo ano.

 

O sete grande e o sete pequeno: os 7 anos de fartura e os 7 anos de escassez?

Algo que chama a atenção é o tamanho do número sete na cabeça do primeiro bezerro. É um número grande que cobre desde a ponta da cabeça e vai até o focinho do animal, sendo bem desenhado, até mesmo nos detalhes das pontas do número. Ele contrasta com o tamanho do número que aparece na cabeça do segundo animal, que é pequeno, com as pontas não chegando até as orelhas nem ao focinho.

Estariam associados, com base no tamanho dos sinais, a fartura e a escassez dos sete anos que se seguiriam a partir de 2014, que foi o ano de nascimento daqueles dois animais?

 

A marca temporal e os eventos dos tempos atuais

Se somarmos 7 anos a partir de 20 de setembro de 2014, que é a data de nascimento do primeiro bezerro, o qual seria, em tese, sinal dos anos de abundância, este período próspero global se encerraria em 20 de setembro de 2021.

Nessa data, então, começaria a ser contado o período de sete anos de escassez.

Analisando tudo que vem acontecendo no mundo e todas as suas implicações, deveríamos estar nos preparando para estes próximos sete anos de fome. O cavaleiro da fome se aproxima...

 

"Quando abriu o terceiro selo, ouvi o terceiro ser vivente dizendo: Vem!

Então, vi, e eis um cavalo preto e o seu cavaleiro com uma balança na mão.

E ouvi uma como que voz no meio dos quatro seres viventes dizendo:

Uma medida de trigo por um denário; três medidas de cevada por um denário;

e não danifiques o azeite e o vinho." (Apocalipse 6, 5-6)

 

Fontes: https://z3news.com/w/calf-born-number-seven-face/
https://www.fronteirasx.com.br/2021/07/a-profecia-das-7-vacas-um-colapso-do.html
https://www.dailymail.co.uk/news/article-2771662/Adorable-baby-calf-born-NUMBER-SEVEN-head-named-Big-Ben-honor-Pittsburgh-Steelers-quarterback-Ben-Ben-Roethlisberger-wears-number-seven-jersey.html
https://geekologie.com/2014/09/lucky-baby-cow-born-witha-giant-number-7.php
https://z3news.com/w/calf-born-number-seven-face/

Busca


Domingo, 28 de Novembro de 2021




Acessos








Mulher Vestida de Sol