‹ voltar



ALBERT PIKE, o maçom satanista que recebeu sob inspiração demoníaca o plano para produzir 3 guerras mundiais e trazer a Nova Ordem Mundial

 

“Disse: Ó filho do diabo, cheio de todo o engano e de toda a malícia, inimigo de toda a justiça, não cessarás de perturbar os retos caminhos do Senhor?” (Atos 13, 10)

 

Há mais de 130 anos, um conhecido satanista e líder maçom, em uma carta endereçada a um outro maçom, revelou o plano que recebeu de seu “espírito guia”, que consistia em que fossem fomentadas três Guerras Mundiais, sendo que a terceira e última serviria para introduzir, entre outros, uma nova fé global cuja religião teria a Lúcifer como o deus a ser adorado por toda a humanidade. O diabólico plano deixava claro que deveria ser fomentado o enfrentamento de muçulmanos contra judeus e cristãos em todo o planeta, como estratégia para dar início à temível e funesta Terceira Guerra Mundial.   

Alguém pode se perguntar: e não é este o enfrentamento que está ocorrendo no momento?

n/d

Quem foi Albert Pike?

Albert Pike, no século XIX, estabeleceu o marco para realizar uma Nova Ordem Mundial. Baseando-se em uma visão que teve, Albert Pike escreveu um plano de acontecimentos que se desencadeariam no século XX, com ainda mais eventos por vir. É este plano que acreditamos que líderes ocultos estão adotando hoje em dia para provocar a Terceira Guerra Mundial.

Pike nasceu em 29 de Dezembro de 1809 em Boston, estudou em Harvard, após serviu como General-Brigadeiro no Exército Confederado. Depois da Guerra Civil foi encerrado na prisão por traição, mas foi perdoado por um maçom, o Presidente Andrew Johnson em 22 de Abril de 1866, e se reuniram no dia seguinte na Casa Branca. O dia 20 de junho de 1867, oficiais do Rito Escocês concederam a Johnson os graus 4º - 32ª, e após foi a Boston para consagrar um Templo Maçônico. O único monumento a um general Confederado em Washington, D.C. se erigiu em honra de Pike.

Pike foi um gênio, capaz de ler e escrever em 16 línguas diferentes. Entretanto, nenhum historiador encontrou um registro com a lista dos 16 idiomas que supostamente sabia falar. Ademais, foi acusado de plágio e em distintas etapas de sua vida ficou conhecido como poeta, filósofo, soldado, humanista e filântropo. Um maçon de grau 33, ele foi um dos pais fundadores e chefe do Rito Escocês Antigo e Aceito da Maçonaria, sendo o Grande Comandante da Maçonaria norte-americana de 1859 a 1891. Em 1869, foi um líder destacado dos Cavaleiros da Ku Klux Klan. Em 1871, escreveu as 861 páginas do Manual Maçônico, conhecido como “Morals and Dogma of the Ancient and Accepted Rite of Freemasonry”.

Diz-se que Pike foi um satanista, que se submergiu no oculto e aparentemente possuía uma pulseira que usava para convocar a Lúcifer, com quem tinha constante comunicação. Foi o Grande Mestre de um grupo luciferino conhecido como A Ordem do Palladium (o Conselho Soberano da Sabedoria), que havia sido fundado em Paris em 1737. O “Palladismo” foi levado à Grécia desde o Egito por Pitágoras no século VI antes de Cristo, e foi este culto de Satanás introduzido no círculo interno das lojas maçônicas. Alinhavam-se com o Palladium dos Templários. Em 1801, Issac Long, um judeu, trouxe uma estátua de Baphomet (Satã) a Charleston, Carolina do Sul, aonde ele ajudou a estabelecer o “Rito Escocês Antigo e Aceito da Maçonaria”. Issac Long aparentemente escolheu Charleston porque geograficamente estava situado no paralelo 33 (como Bagdá, curiosamente) e este Conselho é considerado o Conselho Supremo de todas as Lojas Maçônicas do Mundo.

Pike foi o sucessor de Isaac Long e trocou o nome da Ordem de Charleston para “Novo e Reformado Rito Paladiano”. A Ordem inclui os graus:

  • Adelph (o Irmão), e

  • Companheiro de Ulisses (ou de Penélope)

O braço direito de Pike foi o ex-ministro luterano suíço Phileas Walder. Pike também trabalhou com o italiano Giuseppe Mazzini (1805-1872), QH de grau 33, cabeça dos Illuminati em 1834 e fundador da Máfia em 1860. O próprio nome da Máfia é na realidade um acróstico da frase: Mazzini Autorizza Furti, Incendi, Avvelenamenti, que significa Mazzini autoriza furtos, incêndios e envenenamentos. Junto com Mazzini da Itália, Lord Henry Palmerston da Inglaterra (1784-1865, QH de grau 33) e Otto von Bismark da Alemanha (1815-1893, QH de grau 33), Albert Pike utilizou o Rito Paladiano como conexão transversal para unir e dirigir todas as Lojas.

Albert Pike morreu em 2 de abril de 1891 e foi enterrado no cemitério de Oak Hill. Entretanto, em 1944 o Congresso dos Estados Unidos autorizou que seus restos fossem transladados à “House of the Temple” (Quartel General do Concílio do grau 33 do Rito Escocês em Washington DC). Não conformados com isto, os QH conseguiram em 1953 transladar a cabeça de Albert Pike para um setor ainda mais sagrado.

Devido às atividades revolucionárias de Mazzini na Europa, os Illuminati tiveram que passar para a clandestinidade. Além do Conselho Supremo em Charleston, Carolina do Sul, Pike estabeleceu os Conselhos Superiores de Roma (dirigido por Mazzini), Londres (dirigido por Palmerston) e Berlin (dirigido por Bismarck). Estabeleceu 23 conselhos subordinados em lugares estratégicos em todo o mundo, incluindo cinco Grandes Diretórios Centrais em Washington DC (América do Norte), Montevideo (América do Sul), Nápoles (Europa), Calcutá (Ásia) e Maurício (África), que se utilizaram para recompilar informações. Todos estes ramos têm sido o quartel secreto das atividades dos Illuminati desde então. Depois da morte de Mazzini em 11 de março de 1872, Pike designou a Adriano Lemmi (1822-1896, maçon de grau 33) um banqueiro de Florença, para executar suas atividades subversivas na Europa. Lemmi era partidário do patriota e revolucionário Giuseppe Garibaldi, e pode ter sido ativo na Sociedade luciferina fundada por Pike.

 

O monumento a Albert Pike

Albert Pike deixou sua marca antes da guerra em Arkansas como advogado e escritor, mas como general de brigada confederado foi, segundo o Arkansas Democrat de 31 de julho de 1978, um completo “wash-out” (fracasso), não um herói. Entretanto, o general Albert Pike é o único general confederado com uma estátua em propriedade federal em Washington DC. Foi honrado não como comandante nem tampouco como advogado, mas como líder da região Sul do Rito Escocês da Maçonaria. A estátua foi colocada próxima do Capitólio, entre o edifício do Departamento de Trabalho e o edifício municipal, entre as ruas 3 e 4, em D Street, NW.

 

Moral e Dogma

Um dos principais livros de referência da doutrina maçônica é Moral e Dogma do Rito Escocês Antigo e Aceito da Maçonaria, escrito em 1871 por Albert Pike, que é considerado como o “guia do Maçom para a vida diária... Em que a maçonaria é uma busca da Luz...”

Em Moral e Dogma, Pike escreveu: “Cada loja maçônica é um templo da religião, e seus ensinamentos são o ensinamento da religião... a Maçonaria, como todas as religiões, todos os mistérios, o hermetismo e a alquimia, esconde seus segredos de todos exceto dos adeptos e Sábios, ou os escolhidos, e usa falsas explicações e vãs interpretações de seus símbolos para enganar... para ocultar a verdade, que se chama Luz, deles, e para afastá-los dela... a verdade deve ser mantida em segredo e as massas necessitam de um ensinamento proporcional à sua razão imperfeita... a concepção de cada homem de Deus deve ser proporcional à sua cultura mental e capacidade intelectual, e à excelência moral. Deus é, como o homem é, a imagem refletida do próprio homem concebido”.

A seguinte sentença reduz a filosofia maçônica a uma única premissa. Pike escreve: “O verdadeiro nome de Satanás, diz o Cabalista, é o de Yahveh invertido; pois Satã não é um deus escuro... Lúcifer, o portador da Luz! Estranho e misterioso nome dado ao Espírito da Escuridão! Lúcifer, o Filho da Manhã! É ele quem porta a luz... Não o duvides!”

Albert Pike explicou em Moral e Dogma como a verdadeira natureza da Maçonaria é manter o segredo aos Maçons dos graus inferiores: “Os Graus Azuis são apenas a corte externa ou o pórtico do Templo". Parte dos símbolos são representados ali ao Iniciado, mas ele é intencionalmente confundido com falsas interpretações. Não se deseja que ele os entenda, mas se deseja que ele acredite que os entende. Sua verdadeira explicação é reservada aos Adeptos, os Príncipes da Maçonaria... É bom para a massa dos maçons acreditar que tudo está nos graus Azuis; e as tentativas de desenganá-los fracassarão."

n/d

Uma Ordem Mundial

Em 1859, Albert Pike, que estava fascinado com a ideia de um Governo Mundial, foi escolhido para coordenar as atividades dos Illuminati nos Estados Unidos. Disse que teriam que criar um partido político que mantivesse o mundo lutando, até que pudessem trazer a paz. Pike disse que seria feito “com a língua e com a caneta, com todas as nossas influências públicas e secretas, com o poder do dinheiro e, se fosse necessário, com a espada..."

 

A Carta de Albert Pike a Mazzini - Três Guerras Mundiais

Como fazem a maioria dos ocultistas, Albert Pike tinha um “espírito guia” que dispensava “Sabedoria Divina” e o iluminava acerca de como alcançar a Nova Ordem Mundial. Um “espírito guia” é um “ser” que conhece a alguém que entrou na prática do oculto. Entretanto, as pessoas que são praticantes da religião da Nova Era não veem isto como uma coisa ruim. De fato, eles argumentam fortemente que estão cheios de felicidade e alegria ao interagirem com seus “guias espirituais”.

Uma mensagem que Albert Pike recebeu de seu “espírito guia” ele a transmitiu por carta em 15 de agosto de 1871 a Mazzini. Esta carta descreve graficamente os planos de três guerras mundiais que se viam como necessárias para a realização da Ordem do Mundo, e podemos admirar a precisão com que os eventos previstos já aconteceram. Isto não é devido a que o diabo tem poderes de profecia, mas porque seus agentes se comprometeram a manipular os acontecimentos políticos para seguir de perto seus projetos. Durante um breve período, esta carta esteve exibida na Biblioteca do British Museum de Londres, e William Guy Carr, ex-Oficial de Inteligência da Royal Canadian Navy, a copiou.

Aqui está:

‘A Primeira Guerra Mundial deve ser provocada a fim de permitir que os Illuminati derrubem o poder dos czares na Rússia e de tornar esse país uma fortaleza do comunismo ateu. As divergências causadas pelos ‘Agentur’ (agentes) dos Illuminati entre os impérios britânico e germânico serão utilizadas para fomentar essa guerra. No final da guerra, o comunismo será construído e utilizado, a fim de destruir os outros governos, e a fim de enfraquecer as religiões’.  

‘A Segunda Guerra Mundial deve ser fomentada, tirando partido das diferenças entre os fascistas e os sionistas políticos. Esta guerra deve ser provocada para que o nazismo seja destruído e que o sionismo político seja forte o suficiente para instituir um Estado soberano de Israel na Palestina. Durante a Segunda Guerra Mundial, o comunismo internacional deve tornar-se forte o suficiente para equilibrar a cristandade, que seria então restringida e mantida sob controle até o momento em que iria precisar dela para o cataclismo social, final.’ 

 ‘A Terceira Guerra Mundial deve ser fomentada, aproveitando as diferenças causadas pelos agentes dos Illuminati entre os sionistas políticos e os líderes do mundo islâmico. A guerra deve ser conduzida de tal forma que o Islã (o mundo árabe muçulmano) e o sionismo político (o Estado de Israel) se destruam mutuamente. Enquanto isso, as outras nações estarão cada vez mais divididas sobre esta questão, e serão obrigadas a lutar até sua exaustão física, moral, espiritual e econômica… Vamos desencadear os niilistas e os ateístas, e vamos provocar um cataclismo social formidável que em todo seu horror mostrará claramente às nações o efeito do ateísmo absoluto, origem da selvageria e da agitação mais sangrenta. 

Em seguida, em todos os lugares, os cidadãos, obrigados a defender-se contra a minoria mundial dos revolucionários, exterminará esses destruidores da civilização, e a multidão, desiludida com o cristianismo, cujo espírito deísta a partir desse momento seguirá sem bússola ou direção, ansiosa por um ideal, mas sem saber para onde proferirá a sua adoração, receberá a verdadeira luz através da manifestação universal da pura doutrina de Lúcifer, trazida finalmente na opinião pública. Esta manifestação resultará do movimento reacionário geral que seguirá a destruição do cristianismo e do ateísmo, ambos conquistados e exterminados ao mesmo tempo’.

n/d

n/d

Os estudantes de história reconhecerão que as alianças da Inglaterra por um lado, e da Alemanha por outro, forjadas entre 1871 a 1898 por Otto von Bismarck, co-conspirador de Albert Pike, tiveram um papel decisivo na realização da Primeira Guerra Mundial.

Depois da Segunda Guerra Mundial, o comunismo se fez forte o suficiente para começar a tomar conta dos governos mais fracos. Em 1945, na Conferência de Potsdam entre Truman, Churchill e Stalin, uma grande parte da Europa foi simplesmente entregue à Rússia.

A respeito do Nazismo, devemos mencionar que seu apogeu foi conseguido graças ao fato de que os “espíritos guias” da Sociedade Secreta de Thule ordenaram financiar a campanha política de Adolf Hitler, o desconhecido líder do insignificante Partido Nacional Socialista de Trabalhadores. Aqui podemos ver novamente a mão de nossos Amos Obscuros realizando manipulação histórica.   

Devemos ter claro que:

  • esse plano da escuridão para fomentar uma Terceira Guerra Mundial foi feito em 1870, quando Israel ainda não existia como país.

  • uma Terceira Guerra Mundial final, iniciará entre Israel e seus vizinhos árabes e se alastrará para todo o mundo.

  • Do meio da fumaça e da destruição dessa Terceira Guerra Mundial, o Anticristo entrará em cena!

 

EIS O GOVERNO DO MAL SE LEVANTANDO NO MUNDO!

Estamos vendo a concretização daquilo que foi passado pelos demônios aos servos de satanás e estes vêm se dedicando fielmente a dar cumprimento à orientação recebida.

Duas guerras mundiais já ocorreram e resultaram na concretização exitosa dos objetivos que o demônio tinha arquitetado para aplicar à humanidade.

Agora (Maio de 2021) estamos vendo a guerra que surgiu entre judeus e palestinos no Oriente Médio. Da mesma forma que as guerras anteriores, os fatos que estamos vendo no desenrolar deste conflito armado atestam que a condução dos destinos do mundo é feita de forma planejada e minuciosa pelo “poder acima dos governos”, sob inspiração e orientação do diabo, e todo este engendro resultará, no final, na implantação da Nova Ordem Mundial, sob a condução exclusiva do anticristo.  

 

“Por que tumultuam as nações? Por que tramam os povos vãs conspirações? Erguem-se, juntos, os reis da terra, e os príncipes se unem para conspirar contra o Senhor e contra o seu Cristo.” (Salmos 2, 1-2)

“Caíram as nações no fosso que cavaram; prenderam-se seus pés na armadilha que armaram, o Senhor se manifestou e fez justiça, capturando o ímpio em suas próprias redes.” (Salmos 9, 16-17)

 

Fontes: https://despierta-tu-que-duermes.blogspot.com/2016/05/quien-fue-albert-pike.html
https://jcverdadeverdadeira.blogspot.com/2014/02/giuseppe-mazzini-fundador-da-mafia.html

Busca


Domingo, 28 de Novembro de 2021




Acessos








Mulher Vestida de Sol